Sábado, 31 de Julho de 2010

Isabel Alçada e as cortesias

Desde a saga dos invertidos tinha decidido desinteressar-me totalmente do que acontece neste país. O pior é que sou português. Isso é mais forte do que a revolta e o nojo.

Morrer é fácil, deixar morrer Portugal não é exequível.

Para voltar à liça tive de me convencer que o Primeiro-Ministro é um génio. Deu luz verde ao casamento dos pederastas para acabar com a propaganda dos ignorantes e daqueles que deles se aproveitam e ao mesmo tempo ficam referenciados. Assim cada um sabe quem são e, democraticamente, os aceita ou os despreza.

Obrigado a conformar-me resolvi ser peão de brega da Ministra da Educação e ficar de olho nas feras enquanto ela está nas cortesias e nas hesitações.

Os do contra preferem o Sócrates. É duro de roer, dá-lhes mais gozo, mas estão certos que o desfazem.

Estes valentaços de polichinelo, ignorantes do progresso que anda atrasadíssimo por estes lados, ainda não compreenderam ou até compreendem muito bem que:

Os jovens não são para reprovar.

Quantos pais reprovam os filhos?

Deixo a resposta para os desnaturados e para aqueles que duvidam da sua própria paternidade.

Aquilo que a Ministra quer levar avante tem quase dois séculos de sucesso na Alemanha onde todos os produtos são de qualidade e o pessoal tem fama e proveito de bons trabalhadores.

E isto porquê? Porque todos os jovens são apoiados desde tenra idade por professores competentes que depois de testarem, durante alguns anos, os conhecimentos dos alunos e não conseguindo que eles entendam o programa curricular dos anos iniciais, os encaminham para o sistema profissional ou para um percurso alternativo, segundo a tendência e capacidade do aluno.

Na França este método aplica-se há dezenas de anos. Na Ucrânia qualquer reprovação é uma vergonha para o professor e para o aluno. As retenções são quase inexistentes. É aqui que a Ministra quer chegar.

Os opositores de Sócrates, que não da Ministra Isabel Alçada, irão continuar a insistir no atraso dos menos capazes em se defender e em fazer deles gato-sapato.

Hoje fico por aqui, amanhã dedicar-me-ei, se for necessário, aos "inteligentes" do PSD e do CDS-PP, aos broncos do PC e aos que investirem contra os mais desfavorecidos. Contra os que a ninguém deita a mão e os da oposição pretendem espezinhar e escorraçar, com medo que, algum deles, um dia lhes tire o tacho e as mordomias.

C.S   

publicado por regalias às 19:26
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Agosto 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11

14
15
16

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


.posts recentes

. Trump na boca dos repugna...

. João Soares preferia a de...

. Bush, Obama e outros imbe...

. Democracia desculpa corru...

. Trampadisenteria contra o...

. Antena1, Línguas, Ensino ...

. União Europeia e as sançõ...

. CDS, no futebol dá toques...

. Autoeuropa: pica a cevada...

. Os loucos irresponsáveis ...

.arquivos

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

blogs SAPO

.subscrever feeds