Quinta-feira, 7 de Outubro de 2010

Um refinado safado na ANTENA 1

Verdadeiro rafeiro cobarde, mas sem qualquer vergonha para roer o osso gordo da esmola que recebe da ANTENA 1, o Nulo foi aqui colocado por alguém, que não cuidou da sua isenção e capacidade mental para desempenhar uma tarefa que exige bom senso. É alguém, certamente da mesma laia que o homúnculo ou então foi enganado por este "jornalista" feito de lixo.

Hoje a data dos "27 mil dias de Rádio" foi até 1945. O seu alvo preferido, o Doutor Oliveira Salazar, e o discurso sobre as eleições, a consulta directa à Nação.

O chorrilho de asneiras que o refinado safado mais os dois infelizes debitam para continuar a incendiar o país são espantosas. Aconselho a ouvir o pobre comentarista e os seus apêndices. Fica tudo gravado na Antena 1.

Começou a rapariga, que participa nestas farsas, falando" num denso aranzel". Sabe lá ela o que é um aranzel ou se a palavra existe. Mas o Nulo manda e ela, coitada, tem de dizer. Depois foi a vez do Nulo espraiar toda a sua cegueira, ignorância e maldade, própria dos desgraçados. Refere-se a mais uma "hipócrita e acabada desfaçatez". O Nulo estava a pensar nele próprio. É capaz de pensar nos 42 presos ligados ao PCP que faleceram, por doença, nas prisões da época. Mas em 40 anos de governação. Hipocritamente esquece que o número é ínfimo mesmo para os dias de hoje. Se os compararmos à democrática União Soviética, onde morreram cerca de 60 milhões, só um nulo pode insistir naquilo que os comunas insistiam no tempo do PREC, donde o Nulo saiu e conseguiu arranjar as gamelas onde cospe.

Um dos criados do nulo fala no "Economista de Santa Comba". O infeliz desconhece que o Economista de Santa Comba foi o maior político português e o Homem mais honesto que alguma vez passou pelo Governo do Estado Português.

O Jovem não sabe que entre 1950 e 1973 Portugal foi dos países que mais cresceu em todo o mundo. Que Salazar, logo no primeiro Orçamento, acabou com o deficit crónico da Primeira República, ao comprimir todas as despesas inúteis e ao aumentar as receitas. A partir desse momento e até ao 25 de Abril todos os Orçamentos foram sempre equilibrados. A desgraça começa quando nulos, comunistas, udepistas e sindicalistas forçam os Governos ao erro e aos gastos supérfluos. Veja-se a situação em que hoje o país se encontra. Mas para o nulo a situação é óptima, porque ganha dezenas de vezes o que um esforçado trabalhador nunca ganhará. Por isso, ao Nulo, interessa a confusão e a bagunça.

Só acrescento mais duas notas.

Salazar, ao decretar a amnistia geral para os presos políticos, quis integrá-los na sociedade com todos os direitos. Muitos recusaram porque não quiseram declarar que não voltavam a lançar bombas ou a destabilizar o Estado. A história já foi várias vezes contada.

Quanto à PIDE, ela é a sucessora da PSE, criada na Primeira República, que esta sim, era de uma violência temível e terror de todos os comunistas e sindicalistas. O seu comandante era o major Marreiros. À PSE (Polícia de Segurança do Estado), sucedeu a PDS, depois a PVDE, seguiu-se a PIDE, a DGS etc. Tudo polícias para segurança do Estado e dos cidadãos. Há-as em todo o mundo e nenhum Estado, alguma vez deixará de as possuir. Agora com mais razão, devido às ameaças terroristas.

Ainda bem que o nulo debita tanto ódio. Mal por um lado que pode influenciar outros ignorantes como ele e bem por outro. Assim poderemos falar sobre os factos verdadeiros da nossa história, de modo a rebater a indigência mental de quem se aproveita da Rádio Pública para fazer a propaganda da mentira e é um escarro de ingratidão.

C.S

 

publicado por regalias às 12:03
link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 2 de Outubro de 2010

O Jerónimo Coca-Cola

O Jerónimo vomita o seu inconsciente e volta à Coca-Cola com Sócrates, tal como em Fevereiro de 1958, o Partido Comunista divulgou um manifesto contra o General Humberto Delgado, apelidando-o de General Coca-Cola e tratando-o de maneira torpe.

Os comunistas nunca foram férteis em imaginação, são mais pela destruição e pela asneira.

Apesar de Sócrates ter descido na esperança que em si tinha posto, não esqueço que foi o PCP, que nunca, ou raramente, aprova no Parlamento uma Lei a favor do Povo Português, que aprovou a lei que casa os invertidos, não porque a desejasse aprovar, mas porque assim mais arrastaria Sócrates, o PS e Governo para o descrédito e para a vergonha.

Custa-me apoiar o Governo, mas não tenho alternativa. É Portugal que está em causa.

Não esqueço que foram os comunistas, com a sua central Sindical, que arrastaram os trabalhadores para a miséria, iludindo-os e enganando-os de maneira infame. E continuam.

Quando o Coca Jerónimo fala no aproveitamento das rádios e Televisões para o Primeiro-Ministro encharcar o país de propaganda, o PCP fez bem pior. A propaganda, em 1974/75/76 foi de tal modo difundida que muito povo julgou que era verdade, a mentira tantas e tantas vezes espalhada.

O PCP arranjou chavões mentirosos que, videirinhos amedrontados, papagueavam nas rádios, nos jornais e na televisão.

Quando se deu o 25 de Abril, Portugal era um País organizado, seguro e com 847 toneladas de ouro em cofre. Mais de cem milhões de contos em caixa. Não havia dívidas. Marcello Caetano deixou tudo preparado para que o País continuasse sem quaisquer problemas. Os comunistas destruíram o que puderam e deitaram sempre as culpas sobre os outros.

Os Governos nunca mais conseguiram segurar o desvario. Só no Governo de Cavaco Silva houve um surto de progresso. 

Apesar desta berraria toda, não posso esquecer que Sócrates conseguiu reformas assinaláveis na área da Educação e na Segurança Social. Mas também é verdade que tem cometido erros inexplicáveis para um homem inteligente.

Confesso que ando preocupado pelo que possa acontecer. Sócrates é alvo de insultos muito ordinários. Já pedi várias vezes a quem me envia tudo o que de mau se diz sobre Sócrates, que não enviem. Eu leio jornais portugueses e estrangeiros. Vejo televisão, oiço rádios, sou eu que faço o juízo do que acontece, não preciso nem dos coscuvilheiros caseiros nem sou influenciável.

É certo que estou aborrecido com o Governo, mas garanto que ser Ministro num tempo destes, é castigo que não desejaria ao meu pior inimigo.

C.S

 

publicado por regalias às 20:06
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Junho 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9


22
23

25
27
28
29
30


.posts recentes

. Estupidez não tem limites...

. Terrorismo aumenta na Eur...

. Castanheira de Pera, poem...

. Drones, o voo da próxima ...

. Prevenção e prudência pal...

. Greves. Bruxelas dá sinal...

. Cristiano Ronaldo, a dign...

. Felizmente há Marcelo

. Turistas e aprendizagem d...

. Valorsul e Amarsul são li...

.arquivos

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

blogs SAPO

.subscrever feeds