Quinta-feira, 15 de Junho de 2017

Turistas e aprendizagem de línguas estrangeiras

Aprender qualquer língua estrangeira é mais fácil do que aprender a cozinhar.

Quando me sentia muito cansado, descansava a aprender uma língua e, quanto mais difícil, mais gozo e descontração sentia.

Há dez anos aprendi chinês com dois irmãos, um rapaz e uma rapariga, a quem ensinei Português e Inglês.

A partir do primeiro ano falava com o Fing sempre em chinês. O Fing, os pais e a irmã foram para Lisboa, deixei de praticar; a língua foi-se. Há uns tempos uma chinesa pediu-me para lhe dar lições de português, rapidamente, o chinês regressou a casa.

Serve a conversa para fundamentar a ideia: os portugueses têm o mundo, os turistas e as línguas à disposição.

Já tinha verificado que a maioria dos chineses com mais idade não sabia ler chinês, com esta chinesa tive a certeza porque ela o confessou quando, dos meus textos em português e chinês, ela olhava para o português, mas não verificava o chinês.

Revelo este caso para dizer uma coisa muito natural:

Aprenda primeiro a falar a língua que quiser e passados três meses escreva, se isso lhe interessar e for necessário.

Com o espanhol, já uma vez, num Blogue, sugeri que os locutores da Antena1, nunca deviam traduzir, no fim dos jogos, as entrevistas dos jogadores de língua espanhola para estimular os ouvintes a ganharem ouvido e, passado pouco tempo, arranharem o castelhano como qualquer Valenciano. Como de costume os inteligentes fizeram ouvidos de mercador.

Mas hoje, às 4 da matina, ouvi o António Costa, em castelhano, no Chile.

Resumindo de maneira simples: aprender línguas, com um pequeno esforço é mais-valia que traz dividendos.

Perguntem aos estudantes que aproveitam o programa Erasmus.

 

Anterior: “Valorsul e Amarsul são lixo e greves”

C.S

publicado por regalias às 05:46
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Junho 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9


22
23

25
27
28
29
30


.posts recentes

. Estupidez não tem limites...

. Terrorismo aumenta na Eur...

. Castanheira de Pera, poem...

. Drones, o voo da próxima ...

. Prevenção e prudência pal...

. Greves. Bruxelas dá sinal...

. Cristiano Ronaldo, a dign...

. Felizmente há Marcelo

. Turistas e aprendizagem d...

. Valorsul e Amarsul são li...

.arquivos

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

blogs SAPO

.subscrever feeds