Terça-feira, 3 de Outubro de 2017

No limite da esperança, o PS pode fazer história

O povo deu, em desespero de causa, mais uma vez oportunidade ao Partido Socialista, talvez o mais desacreditado de todos os Partidos, de se redimir de todos os erros cometidos e das falências sempre perdoadas.

Nestas eleições ao entregar-lhe mais de metade das Câmaras do país, o povo espera que o PS olhe para todas elas, tanto as suas como as do PSD, PC e CDS de modo a acorrer a erros crassos, cometidos em muitas delas.

Como exemplo, lembro o que aconteceu na Câmara da Chamusca, da CDU, em que a Câmara Comunista vendeu uma Biblioteca inteira e valiosa por meia dúzia de euros.

O homenzinho fazia lotes de 100 livros vendidos por 20 euros, depois revendidos por centenas ou milhares. É a triste ignorância, para não lhe chamar grossa estupidez, de um autarca, que não foi apoiado nem aconselhado.

Foram esbanjados milhões de euros na construção de piscinas.

Num raio de 5 quilómetros há concelhos onde existem quatro piscinas.

Não advogo que o PS imponha nas autarquias a sua vontade, mas sim que aconselhe e faça ver que o desperdício prejudica as populações.

O dinheiro não é elástico e deve ser aplicado com rigor e utilidade.

Num ano que vai seco, o PS tem de emendar a mão. A sua e a dos outros,

Diplomática e simpaticamente.

Espero que o Costa e o César travem a proverbial demagogia e sejam capazes de dar ao país a confiança que perdeu e relembra Salazar com saudade, por mais que isso custe a estes democratas de fancaria que, em 43 anos de paleio, pouco fizeram para dignificar a classe política e melhorar a vida dos portugueses.

 

Anterior “O Costa foi mais eficaz do que o Jerónimo e a Catarina”

C.S

publicado por regalias às 07:55
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Novembro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9


19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30


.posts recentes

. Os jovens têm de saber ti...

. Saber ouvir, saber pensar...

. Exército Europeu para aca...

. O Panteão e os Pantaleões...

. Os bacanais dos Bispos em...

. Um país de pataratas e a ...

. Salvar Portugal: divulgar...

. Aprender naturalmente, se...

. Robots, bem-vindos a Port...

. Os 80% dos médicos que fi...

.arquivos

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

blogs SAPO

.subscrever feeds