Quarta-feira, 30 de Agosto de 2017

A natureza da bestialidade sindical na Autoeuropa

Os Sindicatos e os seus piquetes de greve forçam os trabalhadores mais incapazes a entrarem na miséria para que os Partidos da extrema-esquerda sobrevivam a eleições.

É o que acontece com os trabalhadores da Autoeuropa, tratados como lixo pelos seus camaradas sindicalistas que deste modo recusam a organização empresarial que luta pelo bem dos trabalhadores assegurando-lhes trabalho e melhores salários com um pequeno esforço suplementar.

Os Sindicatos portugueses não passam de seitas de terror organizado, com pele de cordeiro e intenções canalhas. Têm prejudicado sempre os trabalhadores e ajudado os burlões.

Portugal saiu da Primeira República quase desfeito. Foi salvo com muito sacrifício, trabalho, poupança e honestidade.

O 25 de Abril, que ninguém contestou, apresentou-se como o modelo da Democracia e Liberdade. Aquilo que aconteceu foi a destruição da família, a libertinagem desenfreada e o aproveitamento da incompetência.

Três classes desgraçaram Portugal:

Militares semianalfabetos apoiaram as primeiras ocupações de herdades, cerco de Comícios, roubos e saques como o da Embaixada de Espanha.

Políticos que montaram os ignorantes e difundiram a mentira e o engano encheram os bolsos, dizendo sempre sim a todas as reivindicações, por mais disparatadas e lesivas do interesse dos trabalhadores e de Portugal.

Sindicatos que através da escória violenta fazem greves que impedem o desenvolvimento de Portugal.

Com esta canalha a minar a Autoeuropa, os Sindicatos voltam a mostrar as suas intenções. Jogam no quanto pior melhor para que sindicalistas, a alto soldo nos Sindicatos e Partidos, mantenham a sua sobrevivência.

A infâmia desta gente não tem explicação. Portugal está perdido.

 

Anterior “Portugal, país de palermas inconscientes e apressados”

C.S

publicado por regalias às 07:09
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Novembro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9


19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30


.posts recentes

. Os jovens têm de saber ti...

. Saber ouvir, saber pensar...

. Exército Europeu para aca...

. O Panteão e os Pantaleões...

. Os bacanais dos Bispos em...

. Um país de pataratas e a ...

. Salvar Portugal: divulgar...

. Aprender naturalmente, se...

. Robots, bem-vindos a Port...

. Os 80% dos médicos que fi...

.arquivos

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

blogs SAPO

.subscrever feeds