Segunda-feira, 7 de Agosto de 2017

Antena1, Línguas, Ensino e Turismo

A Antena1 pode ter dado hoje um passo muito importante na aprendizagem do Espanhol sem esforço.

Ao ouvir as entrevistas aos jogadores de futebol, depois do jogo, Desportivo das Aves-Sporting verifiquei, com agrado, que o repórter tinha deixado o jogador de língua espanhol exprimir-se à vontade e só depois, e naturalmente, repetiu em português a ideia para que todos ficassem esclarecidos, caso não tivessem entendido o que ele disse.

Esta maneira simples, contrariamente às traduções simultâneas até aqui usadas, têm uma vantagem enorme não só para os jovens que nas Escolas têm o Espanhol como disciplina curricular, como para o Turismo.

Os jovens desenvolvem a aprendizagem e os turistas de língua espanhola ficam felizes por serem compreendidos e poderem ouvir as respostas de forma inteligível.

Mais tarde ouvi o Presidente da Venezuela Nicolás Maduro a falar sobre o ataque a uma base de Valência e de quem lhe interessa a instabilidade no país.

Também desta vez a tradução não foi simultânea. Maduro expressou-se como entendeu e só depois, julgo que pelo jornalista Filipe Gouveia, ao serviço da Antena1, naquele país falou sobre o que o Presidente Venezuelano disse.

Isto sim é prestar um bom serviço público, sem qualquer dispêndio de capital e com a vantagem de cada vez atrair mais ouvintes que, por necessidade ou prazer, aprendem línguas para se deliciarem e viajar com mais confiança se tiverem necessidade de sair para fora de Portugal.

Parabéns Antena1.

Oxalá seja para continuar. É tempo de usar a inteligência não a flatulência de jornalistas de pataqueira.

 

Anterior “União Europeia e as sanções à Rússia”

C.S

publicado por regalias às 02:10
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Novembro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9


19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30


.posts recentes

. Os jovens têm de saber ti...

. Saber ouvir, saber pensar...

. Exército Europeu para aca...

. O Panteão e os Pantaleões...

. Os bacanais dos Bispos em...

. Um país de pataratas e a ...

. Salvar Portugal: divulgar...

. Aprender naturalmente, se...

. Robots, bem-vindos a Port...

. Os 80% dos médicos que fi...

.arquivos

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

blogs SAPO

.subscrever feeds