Domingo, 17 de Setembro de 2017

Demagogia contínua à solta no país de feiras e farturas

Os políticos e os seus aprendizes não têm emenda.

Portugal está transformado numa enorme feira de vendedores de ilusões e de crassas mentiras. Vive a demagogia que desde o 25 de Abril o abocanhou.

Os políticos, no início desta jornada, que leva 43 anos, prometeram o paraíso. Portugal está num Inferno.

Gestores que ganham sete mil euros ao dia e trabalhadores que recebem sete mil euros ao ano.

Gestores cuja senha de presença, três ou quatro horas de conversa, recebem cinco mil euros pelo paleio.

E o povo? O povo olha espantado para o que acontece e nem forças tem para desmontar os sátrapas.

A demagogia engole o povo. Enche-o de promessas para depois de eleições, para o ano, para sem nunca à tarde.

Oiçam os politicalhos. Um oferece hospitais, outro oferece salários a perder de vista, mas ninguém dá o que não tem.

Portugal é um país ingovernável. Os que têm mais, querem mais. Pouco se importam com os que têm muito menos.

E o exemplo vem de cima. Quando se lê sobre a fortuna do Mário Soares, o pai da democracia da treta, que arrecadou, e aquela que ainda está escondida,atinge  largos milhões, todos compreendem porque eles querem a Democracia.

A Democracia é boa, mas esta não presta. Só beneficia 19 ou 20% dos portugueses. E estes não querem largar nada. Protegem-se uns aos outros. Encarregam-se de iludir o povo; vender-lhe esperança e ilusões.

Oiçam os candidatos às autárquicas: aqueles que não fazem a mínima ideia do que é dirigir uma freguesia e os outros, os das grandes cidades. Todos prometem, todos são uns mãos largas, cheias de nada.

A demagogia entrou no país das farturas.

 

Anterior “O alvo a abater são os EUA”

C.S

publicado por regalias às 18:14
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Novembro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9


19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30


.posts recentes

. Os jovens têm de saber ti...

. Saber ouvir, saber pensar...

. Exército Europeu para aca...

. O Panteão e os Pantaleões...

. Os bacanais dos Bispos em...

. Um país de pataratas e a ...

. Salvar Portugal: divulgar...

. Aprender naturalmente, se...

. Robots, bem-vindos a Port...

. Os 80% dos médicos que fi...

.arquivos

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

blogs SAPO

.subscrever feeds