Sexta-feira, 20 de Outubro de 2017

Moção de Censura, suicídio de CDS, PSD, BE, PC V. Pum!

O CDS apresenta a Moção de Censura porque tem a certeza que é rejeitada.

Nem o BE nem o PCP votarão a favor, embora lhes apetecesse deitar abaixo um sócio que faz deles, gato-sapato enquanto lhes passa a mão pelo lombo e lhes retira o pão da boca.

O PC ainda não digeriu as nove Câmaras que o PS lhe comeu.

Bem pode o Partido Comunista dar por paus e por pedras, que o grande culpado é ele próprio. Perdeu credibilidade, desleixou-se, baqueou.

O PC não vai arriscar outro desaire. A terceira vez dobraria a finados. A primeira foi com aquele padre convencido que a exposição o guindaria ao cardinalato Comunista depois dos bons resultados nas Presidenciais; o tonsurado arrastou o PC para o descalabro, evidente, nas eleições autárquicas.

O Partido Comunista, na Moção de Censura, podia jogar o tudo ou nada:

Fazia crítica cerrada ao amigo socialista e garantia que, com ele no Governo, todas as promessas seriam cumpridas e que todos sairiam beneficiados, menos aqueles que já têm o saco tão cheio, pelo saque e corrupção, que nunca serão capazes de o gastar, nem a bem deles, nem a bem de Portugal.

Moção de Censura, um falhanço? Nem por isso. Assunção Cristas, sabendo que perde, ganha credibilidade. Muito mais ganhará se o António Costa não conseguir responder com eficácia às promessas.

Este país de mortos, de fogos, de roubos e descontentes levantaria Cristas.

 

Anterior “Andam a brincar com o fogo e aos polícias e ladrões”

C.S

publicado por regalias às 07:25
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Novembro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9


19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30


.posts recentes

. Os jovens têm de saber ti...

. Saber ouvir, saber pensar...

. Exército Europeu para aca...

. O Panteão e os Pantaleões...

. Os bacanais dos Bispos em...

. Um país de pataratas e a ...

. Salvar Portugal: divulgar...

. Aprender naturalmente, se...

. Robots, bem-vindos a Port...

. Os 80% dos médicos que fi...

.arquivos

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

blogs SAPO

.subscrever feeds