Sexta-feira, 13 de Outubro de 2017

Os jovens que estudam ficam mais inteligentes

Gostaria de dizer bem desta Democracia de arroto e demagogia, mas não consigo quando vejo gerações que continuam a viver a libertinagem instilada por políticos que, pensando só nos seus interesses, puseram em causa as gerações futuras.

Os jovens portugueses são generosos, sensíveis e bastante ingénuos.

São doces de coração e correm atrás da inocência que perdem por causa de um monturo de gente que continua a aproveitar-se da sua curiosidade.

Os primeiros anos depois do 25 de Abril foram de confusão e caos.

Os professores não tinham condições para ensinar e os alunos nunca foram motivados para aprender.

Tenho pensado imenso sobre este assunto. Fiz experiências para ver se tinha razão e cheguei à conclusão que os alunos portugueses podem ser tão bons ou melhores do que os dos países mais prósperos do mundo. Basta incentivá-los, dar-lhes os livros essenciais para os despertar e passam de projetos falhados, a alunos interessados e muito mais inteligentes do que eles se pensavam.

Cito só um caso, para não pensarem que estou a falar por falar. Escrevo sobre dados e experiência de muitos anos.

Um dos jovens, perdido na selva da ignorância era o David, desistiu de estudar no 8º ano. Aos 27 anos, a pedido da mãe, há distância de mais de 140 quilómetros e de um clique no SKYPE, consegui que entrasse no Politécnico de Portalegre, devido ao seu valor e vontade despertados através da leitura e da orientação no estudo.

O que era um jovem sem interesse, medroso pela incapacidade, é hoje um ser inteligente. Mesmo trabalhando, de noite, numa Fábrica, consegue avançar no intrincado das disciplinas e estar no 2º ano do Politécnico.

O estudo faz as pessoas inteligentes. Abre-lhes horizontes. Quanto saboreiam as letras, compreendem que afinal a vida é mais simples do que alguma vez tinham imaginado. Aquilo que antes era um problema, agora é um desafio agradável.

Seguindo a matéria à distância e praticamente sem qualquer interajuda ao David, verifico que o Politécnico de Portalegre tem docentes competentes e interessados. É isso que se pede a todas as Escolas. Competência e capacidade para reverter uma situação, que tarda a ganhar equilíbrio.

Estou convencido que o Ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues, compreendeu as dificuldades e os azedumes dos velhos do Restelo que têm medo de ser ultrapassados.

O tempo do Magister Dixit está a passar.

Entrámos na era da Internet, do Professor que ensina a pensar e serve de escada para os voos dos seus alunos.

 

Anterior “Portugal perdeu o rumo, vai a caminho da grande Ibéria”

C.S

publicado por regalias às 09:05
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Novembro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9


19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30


.posts recentes

. Os jovens têm de saber ti...

. Saber ouvir, saber pensar...

. Exército Europeu para aca...

. O Panteão e os Pantaleões...

. Os bacanais dos Bispos em...

. Um país de pataratas e a ...

. Salvar Portugal: divulgar...

. Aprender naturalmente, se...

. Robots, bem-vindos a Port...

. Os 80% dos médicos que fi...

.arquivos

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

blogs SAPO

.subscrever feeds