Domingo, 12 de Novembro de 2017

Salvar Portugal: divulgar o bem, denunciar o mal

O bom da Democracia é todo o cidadão poder dar a sua opinião sem ser chamado a tribunal.

Os dois primeiros anos depois do 25 de Abril nos II, III,IV e V Governos, do comunista Vasco Gonçalves, o chamado PREC, não foram democráticos. Foram presas centenas de pessoas inocentes e outras por criticar o Governo ou as Forças Armadas, o MFA.

Eu próprio fui a Tribunal por chamar a atenção dos militares que estavam a ser enganados pelos políticos. Em vez de agradecerem, castigaram.

O Estado Novo não pode ser considerado uma Ditadura por manter a Censura da Ditadura Militar entre 1926 e 1933 quando saiu a Constituição e o tornou Constitucional. E muito menos por manter a autoridade que alimentou o povo faminto e permitiu a recuperação de Portugal.

A censura já vinha da Primeira República, 1910-1926, e servia para proteger os mais simples, os ignorantes que acreditavam em todas as patranhas irrealistas das seitas que faziam campanha contra os Governos.

Os Sindicatos, e o Partido Comunista, este, depois de 1921, encostado à Bandeira Vermelha foram os mais perseguidos na Primeira República.

Afonso Costa e os seus colegas políticos tinham prometido tudo ao povo quando da implantação da República em 1910; como não cumpriram, o povo e os Sindicatos desencadearam tantas greves que Afonso Costa os mandava prender e desterrar para as colónias às centenas. Por esse motivo foi apelidado de racha-sindicalistas.

As promessas incumpridas, a ignorância do povo e as constantes revoltas militares transformaram Portugal no país mais miserável da Europa.

Para esta Terceira República o caminho também não está fácil.

Mas há solução: divulgar o que está bem, aquilo que dá conhecimento, saber e abre as portas a um trabalho qualificado e denunciar a corja de charlatães que continuam a comer as papas na cabeça dos tolos que acreditam em políticas falhadas e que o desmoronar do muro de Berlim e a Perestroika puseram a nu, pelo falhanço de um comunismo obsoleto.

Ao ouvir ontem na Antena 1, entre as 15 e as 16 horas, o programa “Os dias do Futuro” que passa aos sábados e pode ser escutado sempre na Internet, mais uma vez chamo a atenção para programas de interesse como o “Ponto de Partida” às terças entre as 19h e as 20, simples de memorizar e que despertam a vontade de sair da miséria, estudar, avançar na vida, agarrar a vida, sem estar à espera das migalhas que os Governos deitam àqueles que não sabem tirar partido da sua vontade e da sua inteligência.

Leia o que faz o Colégio Pedro Arrupe. Está online.

É preciso salvar Portugal, para salvar os portugueses.

 

Anterior “Aprender naturalmente, sem qualquer esforço”

C.S

publicado por regalias às 06:52
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Novembro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9


19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30


.posts recentes

. Os jovens têm de saber ti...

. Saber ouvir, saber pensar...

. Exército Europeu para aca...

. O Panteão e os Pantaleões...

. Os bacanais dos Bispos em...

. Um país de pataratas e a ...

. Salvar Portugal: divulgar...

. Aprender naturalmente, se...

. Robots, bem-vindos a Port...

. Os 80% dos médicos que fi...

.arquivos

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

blogs SAPO

.subscrever feeds