Sábado, 14 de Abril de 2012

As consequências do massacre Líbio

Depois do genocídio, do povo Árabe da Líbia, provocado pelas três bestas que o instigaram e forneceram o sofisticado equipamento destruidor, e os assassinos militares da NATO que levaram a efeito o massacre Líbio com uma crueldade própria dos piores facínoras, a Rússia e a China tiveram a certeza que os infames aproveitariam a melhor oportunidade e logo que dessem sinais de fraqueza seriam os próximos alvos a abater.

Os chacais cegam à vista do primeiro sangue. Ninguém mais consegue deter a carnificina.

Napoleão e Hitler só não venceram a poderosa e imensa Rússia porque o general Inverno os petrificou. A própria Natureza teve de ir em socorro do colosso Russo, caso contrário este teria soçobrado apesar da valentia e do sacrifício de todo o povo.

Os canalhas, que eu matei no meu pensamento e por isso já não lhes cito os asquerosos nomes, perderam toda a credibilidade entre os povos russos, chineses e árabes. Estes últimos suportam-nos e dizem-lhes amem porque os temem. Com Putin e Hu Jintao, o caso é diferente. São homens inteligentes, cordatos e compreendem o valor da vida e o seu sentido. Os que destruíram a Líbia e o seu progresso não passam de monstros que a história repudiará para que o seu exemplo não frutifique.

Os distúrbios e as mortes causadas na Síria, tanto pelo Governo como por opositores ao mesmo, e que segundo a Comunicação Social já provocou cerca de 8 mil mortos, não se comparam às centenas de milhares de mortos e deslocados que os aviões da NATO fizeram em território Líbio, por um acontecimento sem qualquer importância e que certamente poderia ser resolvido através das vias diplomáticas se a Comunicação Social tivesse sido isenta e não uma corja de vendidos ao capital e à ignomínia.

Os três chacais, deste homicídio em massa, aproveitaram o momento para, com uma penada, atingirem dois objectivos: matar o maior número de árabes e roubar-lhes tudo quanto pudessem, tal como estão fazendo com os poços de petróleo, hipotecados durante dezenas de anos pela "ajuda" concedida à meia dúzia de opositores a Kadhafi.

Esta infâmia pôs a China e a Rússia de sobreaviso. Por este motivo vai ser muito complicado parar conflitos em zonas sensíveis. A desconfiança instalou-se em todo o mundo. 

As grandes potências podem explodir de um momento para o outro. Elas sabem que o primeiro a atacar levará vantagem, mas também estão conscientes que poucos ou nenhuns ficarão para contar a história.

O mundo encontra-se neste dilema porque o massacre dos árabes da Líbia deixou a nu a irracionalidade do ser humano.

C.S

publicado por regalias às 06:26
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9

15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


.posts recentes

. O ser humano comete erros...

. Não deixem morrer a exper...

. Direita e Esquerda domina...

. Aproveitem a ocasião: ins...

. Portugal, políticos, poli...

. Portugal nas mãos de Cost...

. Cavaco e os pindéricos co...

. Legislativas foram uma de...

. Diarreia mental de batráq...

. Votação, Câmaras, competê...

.arquivos

. Outubro 2019

. Setembro 2019

. Agosto 2019

. Julho 2019

. Junho 2019

. Maio 2019

. Abril 2019

. Março 2019

. Fevereiro 2019

. Janeiro 2019

. Dezembro 2018

. Novembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Agosto 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

blogs SAPO

.subscrever feeds