Terça-feira, 26 de Junho de 2012

Em paleio ninguém bate os Deputados Portugueses

Ao Partido Comunista ninguém o vence no engano, na burla, nos roubos praticados a seguir ao 25 de Abril, mas quem ouviu os camaradas na Moção de Censura contra o Governo há-de julgar que só falta colocá-los no altar.

Ainda hoje o País está a sofrer as consequências dos desmandos do PREC, mas todos os seus colegas de Parlamento tapam a crise com uma série de desculpas sem pés nem cabeça.

Em 1929 houve a maior crise financeira mundial, despoletada nos Estados Unidos, tal como esta que hoje estamos a sofrer, e se estendeu pelos outros países. Foi a chamada de Grande Depressão, com falências e suicídios por todo o lado. Durou até à Segunda Guerra Mundial.  

Salazar que entrou para Ministro das finanças em 1928, em plena Ditadura Militar, com uma situação semelhante a esta ou pior, herdada da desgraçada Primeira República, conseguiu não só recuperar do descalabro e passar incólume no furacão de miséria que avassalou todos os outros países na década de 30. Em 1940 faz a Exposição do Mundo Português com o intuito de comemorar duas datas, a Fundação do Estado Português em 1140 e a Restauração da Independência em 1640.

O milhão de fugitivos que por aqui passou julgou viver um sonho. Só a ignorância e a malvadez comunista e o oportunismo e perversidade dos outros abutres arrogados em salvadores da Pátria conseguem lançar a infâmia sobre um Homem que foi de muito longe superior a todos estes libertadores da mentira, da corrupção, do roubo e que voltaram a colocar Portugal na sargeta da Europa.

Ao ouvir ontem os Deputados, tanto da esquerda como da direita, sinto-me francamente apreensivo. Em paleio ninguém bate estes papagaios. Perderam horas a bater pedra, e o povo a pagar a quem lhe desbarata o dinheiro porque o ganha de palheta.

Os falsários do PC insistem em falar nos ricos para tapar a própria riqueza.

Estes e os outros que estão em São Bento, todos defensores do povo trabalhador, são incapazes de propor uma redução de 50% de quanto ganham para que a divida seja paga quanto antes, ao mesmo tempo que os ricos de que falam a comprem ou ofereçam ao Estado 10% do seu património. Tendo ainda uma cláusula suplementar sobre todos os políticos desde o 25 de Abril. Esses devem demonstrar o que fizeram de bom a favor de Portugal e mostrar e pagar sobre a riqueza que amontoaram com toda a liberdade apregoada. Liberdade de meter a mão no saco.

Ninguém bate os Deputados Portugueses em paleio. Até o pequeno bernardino grita que este Governo rouba o presente e o futuro. O Bernardino sabe perfeitamente que quem roubou o futuro aos Portugueses foi o canalha do Cunhal e toda a caterva de malabaristas que o seguiu.

C.S

publicado por regalias às 06:04
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9

15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


.posts recentes

. O ser humano comete erros...

. Não deixem morrer a exper...

. Direita e Esquerda domina...

. Aproveitem a ocasião: ins...

. Portugal, políticos, poli...

. Portugal nas mãos de Cost...

. Cavaco e os pindéricos co...

. Legislativas foram uma de...

. Diarreia mental de batráq...

. Votação, Câmaras, competê...

.arquivos

. Outubro 2019

. Setembro 2019

. Agosto 2019

. Julho 2019

. Junho 2019

. Maio 2019

. Abril 2019

. Março 2019

. Fevereiro 2019

. Janeiro 2019

. Dezembro 2018

. Novembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Agosto 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

blogs SAPO

.subscrever feeds