Sábado, 28 de Julho de 2012

Os brancos e os vermelhos em Portugal

A verde é vermelha comunista. E tal como os comunistas portugueses tudo nela é mentira de esforço a favor de Portugal. A verde vermelha, esganiçada, feiosa e ululante é uma fazedora de jeitos ao PC e trejeitos ao BE, os Partidos antiportugueses que temos de sustentar no Parlamento porque a democracia obriga a proteger todos os animais.

Todos votaram contra o Prof. Hermano Saraiva. Votariam a favor do resto de criminosos regimes comunistas. Que patriotas, estes pantomineiros!

São brancos e vermelhos os que existem em São Bento. A verde não conta na cor, que é fraude.

A redução de Deputados é urgente. Mas tanto os brancos como os vermelhos, defensores dos trouxas que lhes dão mama, recusam a limpeza.

Nem o PSD nem o PS querem chatices. Este é o país do não-te-rales que isto passa. São todos muito democratas. Mandam que o povo pague enquanto tiver um cabelo para entregar.

Vem isto a propósito daquela rapariga branca, a Isabel, que se absteve no voto de pesar ao Professor Hermano Saraiva. Até podia ter votado contra, o efeito era o mesmo, ou saído do hemiciclo para não votar, que o pai Adriano Moreira compreendia. Saraiva teve algumas discordâncias com Adriano. O pai fez saltar o Prof. da cadeira. Este não gostou da atitude. Um de Trás-os-Montes, outro da Beira, dois de antes quebrar que torcer. Tornaram-se inimigos. A Isabel votou pelo pai contra o defunto.

A direita, vestida à socialista, luta por dinheiro e princípios. A esquerda luta por dinheiro e destruição sem princípios.

Adriano fez saltar Hermano como Freitas fez saltar Narana para garantir a reforma. O dinheiro, sempre o dinheiro de quem tem dinheiro e quer mais dinheiro.

Estes brancos e vermelhos valem zero.

Os brancos e vermelhos são a desgraça deste país de fingidos que vota em anedotas parlamentares, que chamam Ministros para lhes fazer perder tempo quando eles não conhecem o conteúdo da matéria a discutir, como aconteceu há dias com o Ministro da Saúde ou com o erro das Freguesias em Lisboa.

Duzentos e trinta Deputados. Quatrocentos e sessenta olhos vidrados na fortuna que recebem todos os meses.

Como terminará a desgraça? Em drama, ou em tragédia?

C.S

publicado por regalias às 06:00
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9

17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


.posts recentes

. No País dos loucos salvem...

. Profissionalismo, a admir...

. O ser humano comete erros...

. Não deixem morrer a exper...

. Direita e Esquerda domina...

. Aproveitem a ocasião: ins...

. Portugal, políticos, poli...

. Portugal nas mãos de Cost...

. Cavaco e os pindéricos co...

. Legislativas foram uma de...

.arquivos

. Outubro 2019

. Setembro 2019

. Agosto 2019

. Julho 2019

. Junho 2019

. Maio 2019

. Abril 2019

. Março 2019

. Fevereiro 2019

. Janeiro 2019

. Dezembro 2018

. Novembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Agosto 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

blogs SAPO

.subscrever feeds