Domingo, 7 de Outubro de 2012

Seguro não se deixa ir na conversa de comunistas

Quando a CGTP e a Fenprof apelam à violência, Seguro consegue manter a distância dos criminosos que têm assassinado Portugal desde o 25 de Abril.

Comandadas pelo Partido Comunista, a CGTP e a Fenprof, estão a ser lançadas para a desobediência civil e provocar a arruaça, que nunca ninguém sabe como termina. Julgo que a resposta deve ser dada pelo próprio povo para não deixar que o copo se parta sem que os militares se metam no assunto. A conversa será entre civis, já que os comunistas assim querem.

Em 1975 o Partido Comunista foi salvo "in extremis" pelo comuna fingido, Melo Antunes, mas neste momento já ninguém suporta a seita comunista e, os militares, nem devem pensar defendê-los quando são os comunistas os provocadores e os maiores causadores do sofrimento do povo português. Foram eles que destruíram toda a indústria, comércio e agricultura com as perseguições e roubos causados desde a chegada do Cunhal e dos ex-comunistas.

A situação em que o país se encontra não é só devido a Governos de videirinhos que querem estar a bem com Deus e com o Diabo, mas aos infiltrados comunas que estão nos organismos do Estado e nas rádios e televisões públicas que de barriga cheia insinuam e publicitam o que o camarada, barriguista, Jerónimo lhes sopra para eles ventilarem.

António José Seguro ao propor a redução de Deputados, o que é urgentíssimo pela inoperância de mais de oitenta cabeças que consomem o erário público sem qualquer benefício, está a dar uma ajuda para que o equilíbrio deste desgraçado país se faça de maneira normal.

Os comunistas do PC e do Bloco já vieram berrar que vão desaparecer e o CDS também tentará travar a eliminação dos chamados Deputados parasitas que sugam milhares de euros ao povo português.

O CDS-PP tem de mostrar que com mais ou menos Deputados a proporcionalidade será a mesma desde que o povo acredite nos Partidos que concorrem a eleições. Se o CDS se opuser à diminuição de Deputados, o povo vai reduzi-los outra vez ao táxi e espero que os Partidos comunistas não passem da bicicleta de dois lugares.

Não é pelo número de Deputados ser maior ou menor que a proporcionalidade é quebrada. É pelo valor que o povo lhes concede e gratifica com o seu voto.

Querem o BE, o PC e o CDS terem os mesmos ou mais votos? Provem ao Povo que são os melhores e mais úteis para a recuperação de Portugal. Ao impedirem a diminuição dos Deputados, estes Partidos confessam a sua impotência e o mau serviço prestado ao país, por esse motivo é forçoso que a sua inutilidade seja castigada com o menor número de votos possível.

Fez bem o António José Seguro ao sugerir a limpeza parlamentar e a não se impressionar com a balofa conversa comunista. Esperemos que o Portas acredite no próprio valor e aceite o desafio que poupará todos os anos milhões de euros ao erário público e ruido escusado no hemiciclo de S. Bento.

C.S

publicado por regalias às 05:59
link | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Janeiro 2023

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
13


24
25
26
27
28

29
30
31


.posts recentes

. Portugal, País de marinhe...

. Acredito na inteligência ...

. Todos mandam, ninguém se ...

. “Liga” perde combate na c...

. Em 146 a.C destruíram Car...

. O fim da guerra com estro...

. Estupidez criminosa alime...

. Tanto quis ser pobre, que...

. Português -Russo, 145

. Português -Russo. 144

.arquivos

. Janeiro 2023

. Dezembro 2022

. Novembro 2022

. Outubro 2022

. Setembro 2022

. Agosto 2022

. Julho 2022

. Junho 2022

. Maio 2022

. Abril 2022

. Março 2022

. Fevereiro 2022

. Janeiro 2022

. Dezembro 2021

. Novembro 2021

. Outubro 2021

. Setembro 2021

. Agosto 2021

. Julho 2021

. Junho 2021

. Maio 2021

. Abril 2021

. Março 2021

. Fevereiro 2021

. Janeiro 2021

. Dezembro 2020

. Novembro 2020

. Outubro 2020

. Setembro 2020

. Agosto 2020

. Julho 2020

. Junho 2020

. Maio 2020

. Abril 2020

. Março 2020

. Fevereiro 2020

. Janeiro 2020

. Dezembro 2019

. Novembro 2019

. Outubro 2019

. Setembro 2019

. Agosto 2019

. Julho 2019

. Junho 2019

. Maio 2019

. Abril 2019

. Março 2019

. Fevereiro 2019

. Janeiro 2019

. Dezembro 2018

. Novembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Agosto 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

blogs SAPO

.subscrever feeds

Em destaque no SAPO Blogs
pub