Domingo, 20 de Janeiro de 2013

Comunistas portugueses tentam branquear herói soviético

Bem podem os Deputados comunistas capitalistas, que vivem à custa do Parlamento, gritar que Álvaro Cunhal foi um estrénuo defensor de Portugal e dos trabalhadores portugueses, que toda a gente, com dois palmos de testa, sabe que isso é uma redonda mentira. Cunhal foi um lacaio ao serviço do Império Soviético.

A “descolonização exemplar” que ele forçou e os sabujos Melo Antunes e Rosa Coutinho apressaram é a prova, mais que evidente, que o herói Soviético foi um asqueroso traidor português.

Na celebração dos cem anos teremos a oportunidade de relembrar os caminhos que Cunhal percorreu, a maneira como apunhalou o seu próprio país e os trabalhadores que dizia defender.

Passados poucos dias depois de ter aterrado em Portugal, principiou o terror e as perseguições a tudo quanto estava organizado e era produtivo.

As escolas entraram em autogestão e as Escolas Comerciais e Industriais, com o labéu de serem armazéns para gente pobre, fez que as eliminassem, deixando o ónus do odioso para videirinhos que aceitavam tudo o que ele sugeria, por ignorância e desatenção ao que era feito na Europa mais evoluída.

O resultado, da chegada deste “herói”, foi aquele por que o país está a passar: dois milhões de pobres e sete milhões a caminhar para lá.

A ignorância, insuflada através da Comunicação Social da época, continua a dar frutos.

Ainda há gente que pensa que as Escolas Comerciais e Industriais eram uma separação dos Liceus. Tinham, na verdade, uma função diferente, mas todos os alunos podiam mudar de um lado para o outro sem quaisquer problemas.

Muitos dos nossos melhores economistas e Ministros foram oriundos das Escolas Comerciais. O terminar abruptamente com elas levou a que a falta de quadros, juntamente com a insegurança provocada pelos comunistas, atirasse com o país para o lodaçal em que presentemente se encontra.

Não foi a entrada na União Europeia que levou Portugal ao estado em que se encontra, foi a atitude do comunista Cunhal e dos Deputados comunistas, mais o conjunto de ignorantes que os seguem, para lamber os restos que lhes deitam, que colocou Portugal na cauda da Europa e com a possibilidade de rebentar de fome e de ódio.

Vamos seguir e desmontar as loas dos cem anos do herói soviético e dos labruscos que insistem nos erros para assim desgraçar os trabalhadores através do embrutecimento continuado, enquanto eles, Deputados e sindicalistas comunistas, enchem os bolsos.

C.S

publicado por regalias às 06:50
link | favorito
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Junho 2021

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9


22
23
24
25
26

27
28
29
30


.posts recentes

. Nascimento, reis e cresci...

. Nascimento, reis e cresci...

. Sociais Fascistas à beira...

. Nascimento, reis e cresci...

. Nascimento, reis e cresci...

. Nascimento, reis e cresci...

. Nascimento, reis e cresci...

. Nascimento, reis e cresci...

. Nascimento, reis e cresci...

. Nascimento, reis e cresci...

.arquivos

. Junho 2021

. Maio 2021

. Abril 2021

. Março 2021

. Fevereiro 2021

. Janeiro 2021

. Dezembro 2020

. Novembro 2020

. Outubro 2020

. Setembro 2020

. Agosto 2020

. Julho 2020

. Junho 2020

. Maio 2020

. Abril 2020

. Março 2020

. Fevereiro 2020

. Janeiro 2020

. Dezembro 2019

. Novembro 2019

. Outubro 2019

. Setembro 2019

. Agosto 2019

. Julho 2019

. Junho 2019

. Maio 2019

. Abril 2019

. Março 2019

. Fevereiro 2019

. Janeiro 2019

. Dezembro 2018

. Novembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Agosto 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

blogs SAPO

.subscrever feeds

Em destaque no SAPO Blogs
pub