Quarta-feira, 22 de Maio de 2013

A capa democrática dos novos capitalistas

Tal como aconteceu na Primeira República (1910-1926), os políticos serviram-se da palavra Democracia para iludir o povo. O resultado foi que, tal como está hoje quase a acontecer, a palavra democracia passou a ser tão odiada que deu origem à Ditadura Militar. Seis anos depois, quando Salazar foi convidado a formar Governo, a Ditadura estava instalada a contento de mais de 95% da população.

Em 11 de Abril é publicada a Constituição de 1933, onde no artigo 8º se asseguravam todos os direitos e garantias essenciais, próprias de um regime democrático.

Os poucos opositores, ou seja os restos daqueles que tendo ocupado cargos de Governo, e que os tinham perdido, sabiam quais os seus direitos, se não os reclamavam era porque lhes interessava viver com um pé em cada lado.

O Estado Novo, aquilo que não permitia era que Portugal voltasse a cair na desordem da Primeira República onde o povo era sempre o maior sacrificado.

A frase de Salazar é elucidativa: ter "Um Estado suficientemente forte para não ser violento".

Os políticos, depois do 25 de Abril voltaram a servir-se dos conceitos: "democracia e via para o socialismo" para com eles se protegerem de todos os erros cometidos.

Cunhal, o defensor da Ditadura do Proletariado, não teve pejo de se servir da palavra democracia para enganar o povo.

Como é que se podem chamar democratas àqueles capitalistas que ontem e hoje receberam e recebem milhares dos cofres públicos e arranjam todos os subterfúgios para não devolveram ao povo um vigésimo daquilo que pelos seus próprios atos lhe sonegaram?

Como é possível declararem-se democratas e continuarem com ordenados e reformas escandalosas sem terem o decoro para prescindir de parte do que indevidamente se apropriaram?

Cada vez me convenço mais que Salazar foi o político mais honesto e mais inteligente que colocou Portugal e os portugueses muito acima dos interesses dos políticos.

Sem a sua capacidade, honestidade e previsão do que nos estava reservado no futuro, hoje estaríamos bem pior.

Salazar e Marcelo Caetano souberam gerir de maneira correta Portugal. Comparem-se os problemas da Europa e do mundo, desse tempo, e verificarão quão injustos e infames foram os impropérios lançados contra quem serviu Portugal e nunca se serviu dos seus cargos nem para enriquecer nem para O defraudar.

O jornal "Expresso" tem incluído os volumes da História do Século XX. Leiam os volumes 4 e 5 para compreenderem melhor o que afirmo. O historiador Martin Gilbert, pelo trabalho apresentado, é merecedor dos nossos maiores agradecimentos. A investigação e coordenação dos fatos é um trabalho ciclópico, mas muito bem orientado.

Só para terminar. Quem continua a cantar loas ao canalha Cunhal e aos outros da sua igualha não faz mais do que tentar proteger os seus chorudos ordenados sem se preocupar com a miséria e o desespero à sua volta.

É urgente desmontar o engano para onde o povo continua a ser empurrado. 

A história tem finais trágicos. Ninguém quer que isso possa acontecer.

C.S     

publicado por regalias às 06:03
link | favorito
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Junho 2020

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30


.posts recentes

. O que faz vacilar o Homem...

. Democracia, oportunistas,...

. Conversa de corda e propa...

. Jovens mais felizes e mai...

. Trump se for eleito ofere...

. Obama, Sarkozy, Cameron, ...

. Locutores era o tema, mas...

. Salazar acabou com a Dita...

. O tempo da educação muscu...

. A rotunda Ana Gomes e o A...

.arquivos

. Junho 2020

. Maio 2020

. Abril 2020

. Março 2020

. Fevereiro 2020

. Janeiro 2020

. Dezembro 2019

. Novembro 2019

. Outubro 2019

. Setembro 2019

. Agosto 2019

. Julho 2019

. Junho 2019

. Maio 2019

. Abril 2019

. Março 2019

. Fevereiro 2019

. Janeiro 2019

. Dezembro 2018

. Novembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Agosto 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

blogs SAPO

.subscrever feeds