Segunda-feira, 24 de Junho de 2013

Soares o inimputável coveiro de Portugal

A facilidade que Mário Soares tem de fugir às responsabilidades e de lançar as culpas sempre sobre os outros tem sido eficaz e pede meças às escorregadias e gordas lampreias.

O auto elogiado e inimputável Mário, da democracia de lábia soarista, começou por fazer uma descolonização apressada, acéfala e anti humanitária: deixou Angola, Moçambique, Guiné e Timor sem se preocupar com as consequências que daí advieram, mais de um milhão de mortos e estropiados nas guerras que opôs, os naturais de cada um dos novos países, uns aos outros.

Desculpou-se com Salazar e Caetano que não tinham descolonizado a tempo. Não descolonizaram porque não tinham os quadros suficientes para o fazer. A Casa dos estudantes do Império tinha sido criada com essa finalidade. A Índia já estava com a categoria de Estado e os seus funcionários superiores eram todos indianos, por isso Nehru teve pressa em se apropriar do território para não ter ali mais um Estado independente.

Mas quem ouvir este gajo, e tenho de lhe dar este nome porque acha que tudo lhe é permitido, até destruir Portugal com os seus velados e melosos incitamentos à violência.

Soares foi e é um garoto com muita sorte. A complacência para com ele foi ilimitada. Com uma astúcia descomunal, o auto elogiado e convencido Soares cometeu crimes tremendos por egoísmo, ignorância e estupidez. Desde a precipitada descolonização, que mais incendiou ao apoiar Savimbi, no caso de Angola, e que José Eduardo dos Santos desmascarou, até se insurgir contra Durão Barroso com uma insistência incompreensível.

Mário Soares ou não tem consciência do que fez e do que lhe tem sido perdoado ou então é um perigoso irresponsável.

Os gastos de Mário Soares à conta do Tesouro Português não ficam atrás das Parcerias Público Privadas (PPP), das SCUTS, do BPN e por aí adiante. 

O Mário já fez as contas a quanto gastou em cinquenta e tal viagens à volta do mundo? Quanto recebeu do Governo de Guterres? Quanto recebeu para a Fundação Mário Soares? Quanto, quanto, quanto?...Foram milhões e milhões de euros que delapidou, que guardou, que comeu ao povo a quem tirou o pão da boca.

Perante toda a sua ação, com a capa da Democracia e da liberdade, que nunca faltou ao povo trabalhador e ordeiro, o Mário ainda acaba de juntar aos seus muitos atributos, o de coveiro de Portugal.

C.S

publicado por regalias às 05:59
link | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Janeiro 2023

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
13


24
25
26
27
28

29
30
31


.posts recentes

. Portugal, País de marinhe...

. Acredito na inteligência ...

. Todos mandam, ninguém se ...

. “Liga” perde combate na c...

. Em 146 a.C destruíram Car...

. O fim da guerra com estro...

. Estupidez criminosa alime...

. Tanto quis ser pobre, que...

. Português -Russo, 145

. Português -Russo. 144

.arquivos

. Janeiro 2023

. Dezembro 2022

. Novembro 2022

. Outubro 2022

. Setembro 2022

. Agosto 2022

. Julho 2022

. Junho 2022

. Maio 2022

. Abril 2022

. Março 2022

. Fevereiro 2022

. Janeiro 2022

. Dezembro 2021

. Novembro 2021

. Outubro 2021

. Setembro 2021

. Agosto 2021

. Julho 2021

. Junho 2021

. Maio 2021

. Abril 2021

. Março 2021

. Fevereiro 2021

. Janeiro 2021

. Dezembro 2020

. Novembro 2020

. Outubro 2020

. Setembro 2020

. Agosto 2020

. Julho 2020

. Junho 2020

. Maio 2020

. Abril 2020

. Março 2020

. Fevereiro 2020

. Janeiro 2020

. Dezembro 2019

. Novembro 2019

. Outubro 2019

. Setembro 2019

. Agosto 2019

. Julho 2019

. Junho 2019

. Maio 2019

. Abril 2019

. Março 2019

. Fevereiro 2019

. Janeiro 2019

. Dezembro 2018

. Novembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Agosto 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

blogs SAPO

.subscrever feeds

Em destaque no SAPO Blogs
pub