Quarta-feira, 26 de Junho de 2013

Greves comem o dinheiro dos trabalhadores

A ignorância torna os trabalhadores subalternos e facilmente manipuláveis.

As greves comem-nos e torna-os submissos a quem os convence com meias mentiras, e agressivos contra quem os pretende defender.

O Partido comunista tanta vez afirmou que era o Partido dos trabalhadores que conseguiu arrastar para as dificuldades e para a miséria os milhares que acreditam nas loas de quem no Parlamento, nos Sindicatos e nos organismos onde trabalham ganham milhares de euros por mês, enquanto os trabalhadores, que dizem defender, continuam a receber ordenados que mal lhes dão para comer.

Como é que estes benfeitores, nunca conseguiram reverter a situação? Não conseguiram não, por não terem estado no Governo, pois nos primeiros anos da Revolução podiam ter feito tudo quanto quisessem e não fizeram. Não fizeram, porquê? Porque pensaram sempre... trazer à trela os trabalhadores.

Em 1976, 1977 e 1978 houve quem tentasse desmascarar a mentira e o roubo que os Deputados encobriam e eram os próprios Deputados Comunistas e da UDP que insultavam o Deputado chamando-lhe fascista e tentando-o fazer calar. O resultado que ele previra está hoje à vista, mas o trabalhador que não estuda, que não lê, que não compara o que se passa em outros países democráticos, como sejam a Grã Bretanha, a Holanda, a Dinamarca, a Noruega, a Suécia, insiste no erro e faz greves que depauperam o país e o fragilizam cada vez mais.

Isto está mal e muito mal porque os trabalhadores, logo a seguir ao 25 de Abril, destruíram e atacaram os meios de produção a mando do facínora Cunhal, que, escondido atrás dos Sindicatos e dos ingénuos trabalhadores da Cintura Industrial, quis, dessa maneira, dominá-los como aconteceu até aos dias de hoje.

É fácil verificar o que digo. Basta ler os Diários da República das datas supramencionadas e verificar como os Deputados comunistas faziam perder horas e horas com votos contra ou a favor de outros países e o Deputado, lhes chamava a atenção de que tinham era de defender os trabalhadores portugueses. Era insultado e tentado calar. Têm também os jornais e revistas da época, 1974-1980, onde podem ajuizar, porque vivem mal e a razão porque chegaram a tal situação. Mas tanto Comunistas, Bloquistas e alguns socialistas e direitistas não lhes convém que se saiba. Dessa maneira têm sempre disponíveis os burros que os carregam.

Estas greves tornaram-se mais gravosas porque o Governo deixou de mandar em Portugal. A TROIKA é que manda cortar salários e reformas sempre que haja greves e consequentemente falta de rendimento.

Continuam teimosos, para não aplicar outra palavra, então professores, maquinistas da CP, das transportadoras viárias, dos portos, das fábricas e dos campos vão todos à greve do dia 27. Como não aprenderam nada, só têm aquilo que merecem.

C.S 

publicado por regalias às 06:14
link | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Janeiro 2023

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
13


24
25
26
27
28

29
30
31


.posts recentes

. Portugal, País de marinhe...

. Acredito na inteligência ...

. Todos mandam, ninguém se ...

. “Liga” perde combate na c...

. Em 146 a.C destruíram Car...

. O fim da guerra com estro...

. Estupidez criminosa alime...

. Tanto quis ser pobre, que...

. Português -Russo, 145

. Português -Russo. 144

.arquivos

. Janeiro 2023

. Dezembro 2022

. Novembro 2022

. Outubro 2022

. Setembro 2022

. Agosto 2022

. Julho 2022

. Junho 2022

. Maio 2022

. Abril 2022

. Março 2022

. Fevereiro 2022

. Janeiro 2022

. Dezembro 2021

. Novembro 2021

. Outubro 2021

. Setembro 2021

. Agosto 2021

. Julho 2021

. Junho 2021

. Maio 2021

. Abril 2021

. Março 2021

. Fevereiro 2021

. Janeiro 2021

. Dezembro 2020

. Novembro 2020

. Outubro 2020

. Setembro 2020

. Agosto 2020

. Julho 2020

. Junho 2020

. Maio 2020

. Abril 2020

. Março 2020

. Fevereiro 2020

. Janeiro 2020

. Dezembro 2019

. Novembro 2019

. Outubro 2019

. Setembro 2019

. Agosto 2019

. Julho 2019

. Junho 2019

. Maio 2019

. Abril 2019

. Março 2019

. Fevereiro 2019

. Janeiro 2019

. Dezembro 2018

. Novembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Agosto 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

blogs SAPO

.subscrever feeds

Em destaque no SAPO Blogs
pub