Terça-feira, 27 de Agosto de 2013

O Deputado exemplar e o Presidente da República

Um Deputado amarrotado, quase corcunda e bastante baboso acusa, levianamente, o Presidente da República por não ter publicitado o seu pesar pelas mortes dos valorosos e sempre sacrificados Bombeiros, devido ao desleixo das populações, Câmaras Municipais e diferentes organismos que têm as matas e as bermas dos caminhos e das estradas a seu cargo, acrescento eu. Mas isto, ao gotoso Deputado, não lhe interessa dizer.

O Semedo é mais pelo folclore, pela mentira encapotada, pelo passar do tempo, pelo passar da mão pelas costas dos gestores dizendo que não são eles que gastam em excesso. Tem razão Semedo. São os Deputados e outros que tais que recebem exageradamente. Se os Deputados cortarem os ordenados para metade e esse dinheiro for entregue à Cinemateca, os problemas ficam logo resolvidos. 

Continuo a afirmar: os Deputados devem ser pagos pelo trabalho apresentado.

Cavaco Silva, perdeu muito da afabilidade e da confiança que os portugueses depositavam nele. E tudo por causa de uma frase infeliz sobre as dificuldades a que o seu ordenado o obrigava.

Não pensou bem no que disse. Ninguém gostou e só mantém algum élan porque o Portugalex lhe dá um ar simpático no tratamento das brincadeiras em que o envolve.

Já me esquecia do estonteante Semedo e daquilo que me irritou pelo cinismo mostrado.

O Semedo é um incendiário profissional da política.

O Semedo devia estar junto dos outros 43 energúmenos que foram apanhados com as mãos no fogo.

Estas bestas humanas assassinam bombeiros, e queimam aquilo que também lhes faz falta. São ignorantes, incultos, são a escória da sociedade.

O Semedo tem um curso e insiste no erro por contumácia. Sabe que o Presidente contactou as Corporações de Bombeiros e os familiares das vítimas para demonstrar o seu pesar e a sua solidariedade, mas este Semedo continua a lançar achas neste país que arde por incúria e pela ignorância e demagogia dos políticos.

O Presidente quis ser mais discreto, mais humano. Se calhar, se colocasse as condolências no Facebook, o Semedo viria dizer que ele o que queria era fazer propaganda. Enfim, preso por ter Semedo, preso por não ter.

O Semedo, em vez de fazer algo de útil prefere o inútil, espelho dele e dos Blocos onde é magnata exemplar pela conta que saca em S. Bento, e por ser o iluminado gaguejador do bota-abaixo.

C.S

publicado por regalias às 06:42
link do post | favorito
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9

17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


.posts recentes

. No País dos loucos salvem...

. Profissionalismo, a admir...

. O ser humano comete erros...

. Não deixem morrer a exper...

. Direita e Esquerda domina...

. Aproveitem a ocasião: ins...

. Portugal, políticos, poli...

. Portugal nas mãos de Cost...

. Cavaco e os pindéricos co...

. Legislativas foram uma de...

.arquivos

. Outubro 2019

. Setembro 2019

. Agosto 2019

. Julho 2019

. Junho 2019

. Maio 2019

. Abril 2019

. Março 2019

. Fevereiro 2019

. Janeiro 2019

. Dezembro 2018

. Novembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Agosto 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

blogs SAPO

.subscrever feeds