Quinta-feira, 31 de Outubro de 2013

Portugal recuou obscenamente 85 anos

Portugal está a viver uma situação igual àquela a que a Revolução de 28 de Maio de 1926 pôs termo e que só Salazar conseguiu resolver quando entrou, dois anos depois, para Ministro de Finanças.

A Revolução do 28 de Maio foi feita a pedido do povo, de intelectuais e de todos os restantes estratos sociais. E todos exigiram um Governo de Ditadura firme que pusesse fim ao caos e à fome que grassava como uma epidemia de Norte a Sul do país.

Hoje, a fome ganhou a mesma extensão, mas é bem mais obscena e criminosa porque o mundo evoluiu como nunca tinha acontecido. Não havia razão nenhuma para chegarmos a este estado.

Os revolucionários de Abril de 1974 tinham recebido um país próspero, com os cofres a abarrotar de ouro, todas as contas em dia, mais ainda cem milhões de contos disponíveis.

Os revolucionários e os políticos do 25 de Abril tiveram tudo aquilo que os de 1926 não tiveram para além de encontrar um país sem estradas, sem dinheiro e sem pontes necessárias ao desenvolvimento de Portugal.

Tal como os bandoleiros desbarataram a pesada herança, roubaram a ponte Salazar, batizaram-na de Ponte 25 de Abril e a seguir deixaram destruir todo o tecido produtivo e empalmar o que entendessem, os próprios militares colaboraram na ocupação de muitas herdades.

Em 1983 já o Governo está em falência e tem de recorrer ao Fundo Monetário Internacional (FMI) para garantir pagamentos.

As FP, cujo chefe era o mesmo que planeara o 25 de Abril, roubam 108 mil contos ou seja, 540 mil euros de hoje.

Com tanto roubo, camuflado pela Comunicação Social, as empresas não aguentam as ameaças e as dificuldades.

Seiscentas empresas deixam de pagar salários porque as greves, a diminuição de vendas e o caos as engolem.

Em 12 de Janeiro de 1985 Portugal entra na Comunidade Económica Europeia (CEE). Voltava a entrar dinheiro fresco em Portugal e voltava-se a gastar naquilo que não é reprodutivo e a pagar empreitadas adjudicadas por 10 e que no final dos trabalhos se pagava 50.

É o fartar vilanagem. É a corrupção mais sórdida e mais infame.

Finalmente é preso o chefe das FP 25 de Abril, depois de 18 crimes de sangue, vários pequenos atentados e roubos para encher o saco e a boa vida. Afinal o chefe era nem mais nem menos o estratega da Gloriosa Revolução do 25 de Abril, o ex-candidato a Presidente da República: Otelo Saraiva de Carvalho.

Nem as descobertas tecnológicas que chegaram a Portugal, praticamente ao mesmo tempo que aos outros países, salvaram o País.

Os libertadores e os políticos continuaram a gritar liberdade, como se ela não existisse antes.

Só que esta gente enganou o povo e enganaram-se a eles. Em vez de Liberdade eles espalharam a Libertinagem. Os estupros e as gravidezes indesejadas foram às centenas, a droga inundou o país e até um dos principais e talvez o único inteligente, mas sinistro, dos ministros viu uma filha drogada suicidar-se julgando que era capaz de voar.

O país recuou 85 anos.

O povo que ainda vai em greves e em cantigas, ou é ignorante, ou é vadio ou é pago para incitar às greves e à desestabilização do país.

E a desestabilização é feita pelos infiltrados e que ganham bons ordenados como na Antena 1. E digo porquê. Ontem quando o Paulo Portas ia apresentar um esquisso de Reforma do Estado, a Antena1 disse que logo que começasse a conferência, cerca das 19h15, a colocava no ar. O locutor fingiu que o homem não tinha aparecido, pôs umas músicas sem pés nem cabeça, meteu um comunista a cantar, que de canto e harmonia sabe tanto como eu, e assim passou o tempo até ao noticiário das 20 horas quando o telejornal apresentou, finalmente, uns excertos dos quase sessenta minutos que o vice-Primeiro-ministro tinha falado.

Sempre gostaria de saber qual é a desculpa que o locutor vai dar.

A Antena1 não engana ninguém. Os submarinos estão lá para a melhor ocasião, que é a vinda do homem novo comunista, bronco e malabarista.

C.S

publicado por regalias às 06:48
link | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Maio 2021

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


.posts recentes

. António Costa, o Navegado...

. A ignorância mata a vida

. Radicais Livres ou Radica...

. Árbitros desmascarados pe...

. Extinguir o SEF seria um ...

. Portugalês salvou o futeb...

. Sporting e o Conselho da ...

. Se difícil é o caminho, m...

. As desigualdades entre os...

. As greves que Salazar não...

.arquivos

. Maio 2021

. Abril 2021

. Março 2021

. Fevereiro 2021

. Janeiro 2021

. Dezembro 2020

. Novembro 2020

. Outubro 2020

. Setembro 2020

. Agosto 2020

. Julho 2020

. Junho 2020

. Maio 2020

. Abril 2020

. Março 2020

. Fevereiro 2020

. Janeiro 2020

. Dezembro 2019

. Novembro 2019

. Outubro 2019

. Setembro 2019

. Agosto 2019

. Julho 2019

. Junho 2019

. Maio 2019

. Abril 2019

. Março 2019

. Fevereiro 2019

. Janeiro 2019

. Dezembro 2018

. Novembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Agosto 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

blogs SAPO

.subscrever feeds

Em destaque no SAPO Blogs
pub