Sexta-feira, 28 de Novembro de 2008

Dinheiro maldito

Desde a entrada do século XXI que o mundo acelerou a velocidade. Entrámos numa era perturbadora.

O ser humano, deslumbrado com a inovação diária e a facilidade como é possível fazer dinheiro e enriquecer de um dia para o outro, tem-se esquecido dos menos cultos e por via disso dos mais pobres, daqueles que por falta de instrumentos não sabem criar riqueza nem prazer, nem gosto de viver, mas criam ódio, inveja e destruição como aconteceu com as Torres Gémeas nos Estados Unidos e agora em Bombaim, na Índia.

A falta de dinheiro e de cultura que destruiu, em poucos minutos, alguém que tinha dinheiro e o gastava a seu belo prazer sem cuidar das dificuldades dos seus semelhantes, tornou-se em dinheiro maldito que desfez os seus possuidores.

Fazer dinheiro é fácil. Fazer dinheiro é um acto de cultura, de imaginação e de trabalho.

O bem-estar concedido pelo dinheiro é proporcional ao saber e o saber pode ser levado a todas as partes do mundo e aos recantos mais atrasados por algo que é acessível a todos: a Internet.

Por que não usam os Governos a Internet para incrementar o saber nas escolas? Por que, em vez de concederem subsídios para inutilidades, os Governos não utilizam os computadores e a Internet para ensinar como se rentabiliza uma região e se cria riqueza?

Se não seguirem esta linha, ou outra semelhante, de nada valerá o dinheiro porque haverá sempre quem considere maldito aquele que o possui e por isso tenha de ser destruído.

C.S

publicado por regalias às 13:42
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9


21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


.posts recentes

. Incompetência ou falta de...

. Isto não é um mundo de ge...

. Esplendor de Portugal atr...

. Catalunha é mais poderosa...

. No País dos loucos salvem...

. Profissionalismo, a admir...

. O ser humano comete erros...

. Não deixem morrer a exper...

. Direita e Esquerda domina...

. Aproveitem a ocasião: ins...

.arquivos

. Outubro 2019

. Setembro 2019

. Agosto 2019

. Julho 2019

. Junho 2019

. Maio 2019

. Abril 2019

. Março 2019

. Fevereiro 2019

. Janeiro 2019

. Dezembro 2018

. Novembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Agosto 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

blogs SAPO

.subscrever feeds