Domingo, 13 de Novembro de 2011

Carvalho, Jerónimo e Louçã de boca no trombone

A ganância e a insanidade mental obscurecem a razão. Louva-se uma Manifestação de descontentamento dia 12, rejeita-se uma Greve-Geral dia 24.

A primeira tem os mesmos fins que a segunda, mas realizou-se num sábado sem prejuízo para os manifestantes, serviços públicos, ou empresas. A segunda vai realizar-se numa quinta-feira, dia de trabalho e consequentemente prejudica tanto trabalhadores como afecta gravemente o País.

Carvalho, Jerónimo e Louçã metem, todos os dias, a boca no trombone de televisões e rádios para influenciar os mais débeis a aderir a uma greve que os prejudica gravemente.

O Carvalho, o Jerónimo e o Louçã garantem os seus enormes proventos à custa da ignorância do povo que vai nesta conversa desde o 25 de Abril quando a destruição do País se processou desde o comércio à indústria à agricultura com a orientação e participação do Partido Comunista, da UDP, da FUR, da FUP, do COPCON e da CGTP.

E são estes três, C.J.L, mais a Comunicação Social que hão-de desfazer o País tal como o espúrio e infame Cunhal tentou fazer ao querer entregar Portugal aos ditames da URSS.

Se me perguntam se estou satisfeito com todas as medidas do Governo é evidente que não estou, mas como não sou economista, hesito.

Embora me pareça que a TROIKA exagerou em tempo e juros, tenho esperança que haja acertos para que o doente não morra da cura.

Uma coisa tenho certa é que estes três ganham muitas vezes mais do que os trabalhadores que dizem defender e que, se os políticos, os sindicalistas e todos aqueles que ganharem mais do que o Primeiro-Ministro virem reduzidos, durante três anos, os seus salários em dois terços do que recebem, os mais frágeis podem ver os seus aumentados e o processo de regeneração do País concretizado.

Mas estes três e os outros que bebem do fino e comem do melhor descobriram a mina que os alimenta. Vivem da nova escravatura e gritam-lhes aos ouvidos Liberdade e Democracia para os confundir.

Mas LIBERDADE E DEMOCRACIA, com a barriga vazia, é gaita que não assobia.

C.S

publicado por regalias às 07:30
link | comentar | favorito
Sábado, 12 de Novembro de 2011

Pendão, caldeira, asneira e bandalheira

Os valentes militares que descolonizaram e fugiram, alguns em cuecas, das ex-colónias, insurgem-se agora contra as medidas que os afectam depois de se terem calado das generosas promoções e dos fartos vencimentos. Foi por eles e só por eles (serve a cantiga do Fausto) que fizeram o levantamento do 25.

Estes antigos senhores de pendão e caldeira ainda acabam a pedir esmola. As benesses e as regalias foram tantas que os generais, promovidos aos magotes são tantos que os batalhões de milhares de homens, comandados por suas excelências, hoje em dia pouco passam de 200 homens por cabeça estrelada.

Capitães e sargentos são mais que as praças e ganham bem mais que elas.

O País está na bancarrota? Pois está, e nestes 37 anos de euforia, demagogia e liberdade, muita liberdade sem qualquer autoridade e agora muita fome e muito aperto, já antes, por duas vezes, lhe aconteceu o mesmo, mas não aprendeu. Nem aprendeu nem se importa que milhões estoirem de fome e aflições para uns milhares de militares, sindicalistas, golpistas e políticos insistirem em viver à tripa forra.

Estas inteligências ainda não perceberam que ao matarem os desgraçados que vivem com 185 € por família, também eles morrem. São preciso escravos para trabalhar.

Juntam-se a estes heróis os comunistas, os bloquistas e os sindicalistas. Este magote deve dar para uma greve geral e para rebentar Portugal.

A demagogia mais sórdida e mais violenta vai jorrar de altifalantes, de alguns jornais e de algumas televisões. O povo semianalfabeto e que rebenta de fome, ignorância e estupidez poderá acorrer ao chamariz. Se não acorrer, também não tem importância. Os dos Caminhos-de-ferro e dos restantes transportes públicos farão o mesmo para paralisar o País e continuar a aumentar os quase vinte mil milhões de euros que devem e que todo o povo tem de pagar.

É o fartar vilanagem. É a asneira e a bandalheira mais desbragadas que começou a 25 de Abril de 1974, encheu no PREC e vai rebentar com o TREC ou a TROIKA ou lá o que é isso de pôr o pé em cima do cachaço dos povos para os obrigar a tomar juízo.

C.S

publicado por regalias às 07:19
link | comentar | favorito
Sexta-feira, 11 de Novembro de 2011

Apontar à esquerda e ir para a direita

Marcelo Caetano, numa das suas "Conversas em família" na Televisão, onde dava regularmente conta da situação do País disse, a propósito de Esquerda e Direita, que muitas vezes apontava para a Direita e ia para a Esquerda e vice-versa. Significando com isto que o Governante tanto governa à Esquerda como à Direita segundo a direcção que mais beneficia os portugueses naquele momento.

O caso mais evidente, e sabujamente escondido tanto pela Esquerda como pela Direita folclóricas que têm desgovernado o País nestes 37 anos, é o de Oliveira Salazar.

O Professor Oliveira Salazar escolheu sempre os seus ministros entre homens de Esquerda ou da Direita. Só a inteligência, o saber e a honestidade contavam. 

Mais, num dos seus primeiros discursos aponta o caminho que havia de seguir durante toda a vida: "Tomar resolutamente nas mãos......os frutos da experiência própria e alheia.... sem excluir aquelas verdades substanciais a todos os sistemas políticos, e que melhor se afastam do nosso temperamento e às nossas necessidades". A confirmar esta posição está a recusa de assinar o Pacto Anticomintern contra a ameaça da Internacional Comunista e os Planos de Fomento iguais aos da URSS.

Os comunistas só são perseguidos porque atacam as organizações estatais e matam os seus próprios camaradas etc, etc. Eram perseguidos como quaisquer ladrões ou assassinos escondidos na capa de políticos.

Viu-se o que aconteceu depois do 25 de Abril. O País está nesta situação dramática por causa dos roubos e das destruições sem sentido que foram feitas no tempo do PREC e pelos resíduos por ele deixados em Ministérios, escolas, agrupamentos associativos e sindicatos.

Alguma Direita não está isenta de culpas. Nem denunciou nem se opôs aos desmandos de uma Esquerda desmiolada, oportunista, arranjista e ignorante.

Alguma Direita cala-se para seu próprio benefício. Para quê estar a chatear-se e a dar o corpo ao manifesto, se pode tirar partido da situação sem arriscar nada?

Foi por esse motivo que o levantamento corporativista da Esquerda militar, que antes era da Direita militar, beneficia a Direita cívil culta, inteligente e que tem mais estudos e conhecimentos.

A Direita "albarda o burro à vontade do dono" e monta-o ocupando os postos mais rentáveis e ganhando escandalosamente o que muito bem entende.

O caso da Assembleia da República é o exemplo mais evidente. Os Deputados apontam para a Esquerda e vão todos para a Direita aumentando-se a seu belo prazer, mas todos gritando a favor do povo que trituram tanto com os dentes da esquerda como com os da direita. 

Enquanto muito povo morre de fome, os Deputados ganham em meio dia, aquilo que quase dois milhões não ganha por mês.

Grande País! Que sacanagem.

C.S

publicado por regalias às 07:27
link | comentar | favorito
Quinta-feira, 10 de Novembro de 2011

O descaramento dos sindicalistas

O sindicalista da CGTP é de uma ousadia sem limites, próprios da sua fraca cultura e do seu doutoramento de penico.

Ao reverberar o Alberto João Jardim por dar tolerância de ponto para possibilitar aos funcionários públicos, que assim entendessem, assistir a uma cerimónia de tomada de posse, o Carvalho enfurece-se e ofende quem lhe apetece. Façamos-lhe provar um pouco do seu veneno. 

O sindicalista revolta-se porque os funcionários não vão trabalhar, mas ele e o outro seguidista, que ganham muitíssimo mais do que os milhões de trabalhadores que são impedidos de trabalhar durante dias porque estes chupistas os impedem de o fazer ao imporem greves, já acha isso natural porque elas lhe garantem o posto de trabalho e os chorudos proventos.

Um dá tolerância de ponto e paga, os outros dois pagam-se como entendem, mas impedem que milhões sejam pagos. Que grandes socialistas! Que enormes democratas, estes e os seus cães de fila; os sindicalistas mais pequenos e todos aqueles a quem Cunhal promoveu só para lhe servirem de altifalantes e de arregimentadores de idiotas que não sabem onde estão metidos.

O descaramento dos sindicalistas é enorme. Mesmo conhecendo o estado em que o País chegou por culpa dos erros cometidos por comunistas, sindicalistas, oportunistas e alguns socialistas, estes dois e o resto da matilha continuam a querer acabar com Portugal e com os portugueses.

Espero que estes dois vivam muitos anos para poderem verificar o horror dos seus erros e morrerem de vergonha como hoje já acontece ao Otelo e a outros inocentes que se viram com o País nas mãos porque Marcelo Caetano não esteve para aturar as fanfarronadas do General de caco no olho.

Longe nos vai levar a história. Os episódios são fartos em histeria, vandalismo, estupidez e gamanço.

C.S

publicado por regalias às 07:16
link | comentar | ver comentários (1) | favorito
Quarta-feira, 9 de Novembro de 2011

Mentecaptos destroem o ideal democrático

Meia dúzia de milhar paralisam milhões que querem trabalhar e semeiam a pobreza e o desespero por todo o País.

Os grevistas estão a esticar a corda perigosamente. Acobertados pela democracia que a todos quer proteger por igual, estes mentecaptos destroem o ideal democrático porque os do P.C e a Intersindical lhes diz que a Ditadura do Proletariado ainda é mais vantajosa para cobrir todos os dislates dos comunas.

A ignorância é muito triste e muito perigosa.

Quando o odioso Cunhal, verdadeiro capitão de ladrões, de ocupações selvagens, de destruições e de vendavais de demagogia quis impor a Ditadura do Proletariado, cometeu um erro clamoroso: amesquinhou, em público e no Campo Pequeno, o seu ex-aluno, amigo e pupilo Soares.

Soares lançou o grito do Ipiranga na Fonte Luminosa. A partir daí, aquela caveira comunista e ambulante, perdeu a embalagem, mas não perdeu o ódio e a maldade. Infiltrou o Governo, ele próprio fez parte de governos impostos por inocentes capitães. As colónias são imediatamente tornadas independentes sem ser assegurada a sua estabilidade. 

O General Spínola acusa Cunhal, Melo Antunes e outros infames de terem traído Portugal e os territórios descolonizados.

A Caveira Cunhal matou, por cumplicidade, em Angola, Moçambique, Guiné e Timor centenas de milhar de habitantes desses territórios.

E é neste exemplo, do que é a desonra, que os comunistas de hoje se revêem.

O PREC terminou, mas ainda sangra da gangrena.

O desespero pode sair muito caro àqueles que hoje fazem greves porque querem continuar a ganhar aquilo que não merecem.

Cuidado grevistas do egoísmo e da ignorância. A Democracia pode de repente transformar-se numa manta rota e enrolar nos seus farrapos os sindicalistas e os carneiros que os seguem.

Por que não dizem ao Jerónimo, ao Louçã e a todos os beneméritos da Assembleia da República que reduzam os seus ordenados, aumentados discricionariamente? Que os diminuam para um terço e assim contribuam para a igualdade e para a saída da crise. É pouco? Não chega? É de pouco a pouco que a montanha cresce.

Prejudicar milhões só para engordar algumas centenas de sindicalistas e de arranjistas da Assembleia da República é que é asneira grossa e de resultado imprevisível para os valentes e irresponsáveis grevistas.

C.S

publicado por regalias às 07:45
link | comentar | favorito
Terça-feira, 8 de Novembro de 2011

Sucateiros, ignorantes e parasitas chupam Portugal

Sucateiros, não são só os da sucata, são os gestores das empresas públicas e particulares que as deixam afundar no desleixo, na baixa produtividade, nas horas em que ignorantes e parasitas passam de corpo ao alto fingindo que trabalham.

O Godinho de Ovar serve de véu para tapar a corrupção dos verdadeiros corruptos.

O Godinho é homem do povo, ingénuo, simples mas que compreendeu onde estava a mina da sucata. Ele não roubou. Comprou, talvez a preços inferiores, para reverter esses lucros para os verdadeiros corruptos.

Qual é o corrupto, o homem sem instrução ou com muito pouca, ou o engenheiro e o doutor que conhecem as leis e as espezinham a seu favor?

Estes sucateiros multidisciplinares encontram-se nas empresas de Transportes que hoje tentam paralisar o País e roubar o pão a milhões de famílias.

Estes sucateiros são verdadeiros criminosos que recebem o que não merecem e querem continuar à babugem. Se o Governo não entender isto será cúmplice do que vier a acontecer.

No âmago desta insanidade e roubo está o P.C. Não digo P.C.P porque estes parasitas são internacionalistas de meia-tijela e arranjistas de bons ordenados na Assembleia da República.

É o P.C que comanda a horda da C.P e das outras companhias de transportes. Quanto mais confusão houver mais, julgam os camaradas da ignorância, o P.C os protegerá do nada. Os únicos protegidos são os da Assembleia da República, os sindicalistas, os doutorados à pressão e mais a parasitagem que consegue, através de golpes, sacar ao erário e ao povo o que eles puderem.

E tudo isto vem do PREC e do assalto ao aparelho de Estado que o facínora do Cunhal, apoiado no Melo Antunes e em tipos semi analfabetos levaram a cabo neste infeliz país que no seu seio alberga tanto imbecil e tanto traidor.

Não fora a "pesada herança" de 847 toneladas de ouro em cofre e tudo pago quando foi feito o levantamento do 25 de Abril, mais os milhões chegados de Bruxelas e, neste momento, nem erva haveria para comer em Portugal.

Mas os sucateiros estão bem e recomendam-se; pois que paguem a crise juntamente com os administradores, directores e chefes de secção das empresas de Transportes.

O Governo, se ceder a todas as ideias para resolver a crise nunca mais a resolverá. É preferível voltar ao burro do que andar montado nestes emproados que não andam e nos chupam. Burros por burros damos preferência aos que trabalham e comem palha.

C.S

publicado por regalias às 07:30
link | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Janeiro 2023

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
13


24
25
26
27
28

29
30
31


.posts recentes

. Portugal, País de marinhe...

. Acredito na inteligência ...

. Todos mandam, ninguém se ...

. “Liga” perde combate na c...

. Em 146 a.C destruíram Car...

. O fim da guerra com estro...

. Estupidez criminosa alime...

. Tanto quis ser pobre, que...

. Português -Russo, 145

. Português -Russo. 144

.arquivos

. Janeiro 2023

. Dezembro 2022

. Novembro 2022

. Outubro 2022

. Setembro 2022

. Agosto 2022

. Julho 2022

. Junho 2022

. Maio 2022

. Abril 2022

. Março 2022

. Fevereiro 2022

. Janeiro 2022

. Dezembro 2021

. Novembro 2021

. Outubro 2021

. Setembro 2021

. Agosto 2021

. Julho 2021

. Junho 2021

. Maio 2021

. Abril 2021

. Março 2021

. Fevereiro 2021

. Janeiro 2021

. Dezembro 2020

. Novembro 2020

. Outubro 2020

. Setembro 2020

. Agosto 2020

. Julho 2020

. Junho 2020

. Maio 2020

. Abril 2020

. Março 2020

. Fevereiro 2020

. Janeiro 2020

. Dezembro 2019

. Novembro 2019

. Outubro 2019

. Setembro 2019

. Agosto 2019

. Julho 2019

. Junho 2019

. Maio 2019

. Abril 2019

. Março 2019

. Fevereiro 2019

. Janeiro 2019

. Dezembro 2018

. Novembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Agosto 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

blogs SAPO

.subscrever feeds

Em destaque no SAPO Blogs
pub