Quinta-feira, 1 de Janeiro de 2015

Chama-se Ditadura à ordem, à segurança, ao progresso

A partir deste ano de 2015, os portugueses têm de estar focados no desenvolvimento de Portugal, na criação de empregos e de riqueza para todos e não só para alguns como aconteceu nestes últimos e mentirosos anos onde atrás das palavras liberdade e democracia o povo foi enganado, com suporte a outras duas palavras: fascismo e Ditadura.

O fascismo português nunca existiu a não ser em mentes tortuosas de farsantes que hoje ganham bons ordenados ou vivem de lautas reformas. E refiro-me tanto à Esquerda como à Direita.

A Esquerda serviu-se das palavras de ataque fascismo e Ditadura e os da Direita oportunista aliaram-se ao folclore. Se não os podiam vencer pela palavra porque eles tinham ocupado os Meios de Comunicação, pagaram de maneira generosa aos serviçais das cantigas e do teatro para continuar a espalhar loas para enganar os incautos.

Em 2015, sejam os da Esquerda, da Direita ou daquilo que eles quiserem e entenderem, uma coisa têm de estar certos: todos os podres saltarão de tal maneira que tanto sindicalistas, como grevistas, sejam motoristas, médicos ou enfermeiros têm de perceber que há gente a passar fome e que o prejuízo que as greves deram ao país foi maior do que os 78 mil milhões de euros que nos foram emprestados para Portugal não ficar sem bens alimentares e outros artigos essenciais.

Acredito na Democracia e penso que é um bom sistema de Governo, mas não é para uns se encherem e não saber como gastar o dinheiro e o povo viver miseravelmente.

Não acha estranho uma Ditadura onde 90% das pessoas eram felizes e onde todos os países democráticos do mundo convidavam Portugal para se juntar a eles, o que não acontecia por exemplo com a Espanha?

Quando se formou a CEE, hoje União Europeia, Salazar foi convidado. Ao verificar que essa entrada só ia prejudicar os portugueses foi adiando a resposta e Marcello Caetano, depois de consultar os ministros, todos os empresários e os órgãos dos trabalhadores, recusou.

Era o interesse nacional que estava em jogo e Salazar que, com tanto esforço, tinha conseguido resolver a gravíssima crise que a Primeira República, 1910-1926, tinha deixado: o país na miséria, milhares de presos, centenas de mortos e Salazar, com trabalho, honestidade e inteligência consegue transformar um país de indigentes num País de gente alegre, feliz, próspero e seguro.

Estes vendedores de balelas que meteram a mão nos cofres e distribuíram o dinheiro como entenderam deixaram milhões a pedir. São democratas? E Salazar e Marcello Caetano são Ditadores? Só se chamarmos Ditadores a Homens honestíssimos e amantes do povo e de Portugal por quererem ordem, segurança, progresso de maneira a que o povo nunca fosse prejudicado.

Com trabalho, vontade e inteligência resolveremos todas as dificuldades.

Bom Ano de 2015.

C.S

publicado por regalias às 08:12
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9

15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


.posts recentes

. O ser humano comete erros...

. Não deixem morrer a exper...

. Direita e Esquerda domina...

. Aproveitem a ocasião: ins...

. Portugal, políticos, poli...

. Portugal nas mãos de Cost...

. Cavaco e os pindéricos co...

. Legislativas foram uma de...

. Diarreia mental de batráq...

. Votação, Câmaras, competê...

.arquivos

. Outubro 2019

. Setembro 2019

. Agosto 2019

. Julho 2019

. Junho 2019

. Maio 2019

. Abril 2019

. Março 2019

. Fevereiro 2019

. Janeiro 2019

. Dezembro 2018

. Novembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Agosto 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

blogs SAPO

.subscrever feeds