Sexta-feira, 1 de Maio de 2015

O bom senso nunca mais chega a Portugal

O Golpe do 25 de Abril, que tinha todas as condições para ser um sucesso em todos os aspetos, descambou, passados dias, na maior das canalhices a que Portugal nos seus 875 anos de história nunca tinha sofrido.

Os II, III, IV e V governos comunistas ao desbaratarem a pesada herança e ao armadilharem o país metendo nos ministérios, rádios, jornais e televisão toda a corja de arrivistas que ficaram ligados à seita e lhes continua a obedecer como qualquer vira-latas obedece ao dono e ladra. Fazem a propaganda abjeta que confunde os menos letrados e estes sabujos egoístas afundam os mais pobres na miséria execrável e infame.

Quer dois exemplos de manipulação?

O Paulo Figueiredo, Deputado do PS, ao falar, ontem, na Antena Aberta, da Antena1, culpa o Governo de esconder contratos e negociações e de impedir a sua verificação. A seguir o Deputado do CDS diz que o cavalheiro tem acesso a tudo. Mas no Noticiário do meio-dia só o Paulo aparece com a sua versão, sem o contraditório do outro Deputado. É uma das maneiras da Rádio sonegar a parte que desmente o demagogo e o povo ser induzido no engano.

No dia anterior ouvi duas mulheres que escreveram um livro sobre mulheres. Cantam loas à Primeira República, com muitas mulheres cultas e que a Constituição de 1911 tinha apoiado. Mentira. As mulheres cultas conhecidas são três e a Primeira República que tinha prometido dar-lhes direito a voto, até esse direito lhes retirou.

A seguir atacam a Constituição de 1933, essa sim que foi a primeira a dar Direito ao voto das mulheres, mas que não foi culpada da mentalidade daquela época. No entanto, na Assembleia Nacional (Parlamento) entraram várias mulheres, coisa que não tinha acontecido na Primeira República. E as mulherzinhas, sem coluna vertebral, omitem a verdade.

Quanto à Constituição de 1976 é um mar de rosas. Dá para tudo e por isso a gente deslavada e frustrada diz o que entende para cativar uma esquerda composta de arrivistas que mais não pretendem do que sacar o máximo nos lugares onde se encontram sem a mínima preocupação pelo povo que vive a miséria do 25 de Abril quando lhe foi prometido o melhor dos mundos.

A Helena Pereira e a Irene Pereira, as autoras do livro, são estrábicas de isenção e de confiança.

E os Governos? Que fazem os Governos? São uns bonecos nas mãos dos Sindicatos e mendigam o fim das greves numa humilhação degradante quando deviam responsabilizar os pilotos pelas consequências desta que já causou prejuízos enormes.

Perdeu-se o bom senso. Os portugueses podem perder Portugal.

C.S

publicado por regalias às 06:03
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9


21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


.posts recentes

. Incompetência ou falta de...

. Isto não é um mundo de ge...

. Esplendor de Portugal atr...

. Catalunha é mais poderosa...

. No País dos loucos salvem...

. Profissionalismo, a admir...

. O ser humano comete erros...

. Não deixem morrer a exper...

. Direita e Esquerda domina...

. Aproveitem a ocasião: ins...

.arquivos

. Outubro 2019

. Setembro 2019

. Agosto 2019

. Julho 2019

. Junho 2019

. Maio 2019

. Abril 2019

. Março 2019

. Fevereiro 2019

. Janeiro 2019

. Dezembro 2018

. Novembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Agosto 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

blogs SAPO

.subscrever feeds