Sábado, 6 de Janeiro de 2018

Autoeuropa em risco de colapso por causa de PCP e BE

A infâmia, a mediocridade mental, a malvadez de Cunhal e a estupidez dos que seguiram a seita fez que Portugal tenha hoje mais de quinhentos mil desempregados, quando antes de 1974 o desemprego era residual.

A miséria, com dois milhões e seiscentos mil pobres, assemelha-se aos calamitosos números da Primeira República, 1910-1926 e que a Ditadura Militar incapaz de resolver a situação, teve de chamar Salazar em 1928 para solucionar o que parecia impossível, depois da Sociedade das Nações ter recusado o pedido urgente de um empréstimo que salvasse da fome e da morte os milhões que percorriam o País, rotos, descalços e de mão estendida.

A Sociedade das Nações impôs as mesmas condições que a TROIKA. Os militares vexados não aceitaram. Foi assim que apareceu Salazar que garantiu que, com ordem e muito trabalho, se resolveria o problema.

O 25 de Abril de 1974 recebeu o País em pleno progresso. A choldra comunista, capitaneada pelo General Vasco Gonçalves e pelo maior canalha que veio ao mundo, Álvaro Cunhal, desfizeram em dois anos aquilo que tinha levado a refazer o país destruído pela confusa e conturbada Primeira República.

Aquilo que acontece nestes dias é o espetro do que aconteceu no PREC apoiado nos II,III,IV e V Governos comunistas do Vasco Gonçalves e que a UDP ajudava. UDP, que agora se chama BE.

A ignorância que em 1974 podia desculpar o oportunismo e o engano dos trabalhadores, passados estes 43 anos já não se justifica depois do avanço tecnológico a partir de 1980 e que desde 2002 atinge o seu ponto alto através da era Digital, de um ensino mais fácil, maior conhecimento e maior entendimento dos trabalhadores.

É verdade que o PCP está em pouco mais de 3 por cento, mas o veneno alastra através da CGTP através de infames manobras que fazendo dos trabalhadores tipos altamente estúpidos, os manipula como bonecos de feira dizendo-lhes que é para bem deles, quando aquilo que pretendem é insuflar o descontentamento e, trabalhadores com ótimos salários os perderem, ao mesmo tempo arrastarem Portugal para a desgraça.

Não querer compreender isto é de uma infâmia sem limites.

A Democracia não pode ser esfaqueada por canalhas sem escrúpulos.

Se a Autoeuropa desaparecer, que o Partido Comunista, o Bloco de Esquerda e CGTP sejam obrigados, pelos trabalhadores a pagar-lhes os salários que lhes fizeram perder.

Deixar esmagar a Democracia, nada fazer para salvar o Povo, é obrigá-lo a mais quarenta anos de fome e miséria.

Recordo Machado dos Santos, o único herói da implantação da República e António Granjo, Primeiro-Ministro, políticos que foram barbaramente assassinados em 19 de Outubro de 1921, devido ao descontentamento dos trabalhadores sempre manipulados pela infâmia organizada.

 

Anterior “ Portugal tem de desenvolver novas fontes de riqueza”

C.S

publicado por regalias às 10:50
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Maio 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9

13
14
15
17
18
19

21
23
24
25
26

27
28
29
30
31


.posts recentes

. A orquestra da infâmia e ...

. Na lixeira onde vivemos r...

. A Ditadura portuguesa na ...

. Soares e Leite, entre o g...

. Lifestyle do Observador; ...

. Donald Trump no ponto de ...

. Zhou Qunfei, louvor e adm...

. A morte saiu à rua nas aç...

. Carlos Xistra, um problem...

. Manada; o sexo e o homem,...

.arquivos

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

blogs SAPO

.subscrever feeds