Sábado, 3 de Fevereiro de 2018

Natureza preocupada com a Democracia

Gerado o mundo no ventre da Natureza, esta, desde sempre tem velado para que ele continue feliz e próspero. Só não o é porque o ser humano no seu egoísmo descabido complica o que é simples.

Não é sem razão que muitas vezes se ouve falar na mãe Natureza.

O pai, a força Criadora, ao explodir ligou todos os seres que a Natureza protege e encaminha para assegurar a eternidade terrena.

Mas o ser humano nunca foi fácil. Desde que ganhou consciência de si sempre tentou ultrapassar as baias que o encurralavam.

Aquilo que é um palco mais que suficiente para ele, nunca o satisfez. O mundo nunca lhe chegou. Teve sempre mais olhos que barriga.

Quando atingiu o pico do deslumbramento com todas as possibilidades das Técnicas de Informação, da era Digital, dos hologramas e da possibilidade de viajar pelo infinito dos céus e vasculhar toda a Natureza, espartilhada por outros Planetas, mesmo assim, o ser humano não se contentou. Ultrapassou em quantidade antinatural, o que era pequeno incidente.

O ser humano, esperança da Natureza, para a sua continuidade sem o esforço incomensurável de voltar a encher e a rebentar passados milhões de anos de gestação; a Natureza está preocupada com a Democracia permissiva, escandalosa e inconsciente na libertinagem que empurra o ser humano para a sua autodestruição ao casar homens com homens e mulheres com mulheres. Aquilo que era exceção passou a ser norma.

A Natureza sente o perigo. Os seus trabalhadores inteligentes acabam, e tudo termina. Por esse motivo o clima começou a piscar desesperado. Sol quente, quente, quente. Chuvadas torrenciais e imprevistas.

As campainhas, batidas pelo vento tentam acordar o ser humano insatisfeito e que teima no suicídio engolindo dos escrotos a trampa dos esgotos.

O meu amigo CM, para confirmar o que acabo de escrever, enviou-me um vídeo com o casamento na Academia Militar de West Point, em Nova Iorque, dos capitães Daniel Hall e Vincent Franchino.

A propósito destes desconchavos recorda o pedido de demissão ao Primeiro-Ministro Inglês, John Major, de um Almirante, herói na “Guerra das Maldivas”.

John Major quis saber o porquê da inusitada decisão. Ele respondeu:

“Quando vim para o serviço Militar, a homossexualidade era proibida, depois e durante todo o meu serviço militar, passou a ser tolerada, agora é consentida… Vou-me embora, antes que passe a ser obrigatória”.

 

Anterior “Obama, Cameron e Sarkozy criaram na Líbia assassinos”

C.S

publicado por regalias às 07:36
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Junho 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

11
12
15
16

19
20
23

25
26
27
28
29
30


.posts recentes

. No meio da salsicharia po...

. É desumano que os países ...

. Melania, inteligência e s...

. Crime contra a humanidade...

. Já que ninguém me ouve, o...

. O elogio da indigência pa...

. Catarina Martins, 5 arrob...

. Trabalhar pelo prazer de ...

. Um país de velhos e de ca...

. Costa, salve os trabalhad...

.arquivos

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

blogs SAPO

.subscrever feeds