Sábado, 10 de Fevereiro de 2018

Bicharada parlamentar

À falta de assuntos válidos para discutirem, e sarna para se coçar os eméritos Deputados que ganham bem e trabalham pouco resolveram dar voz às bichas.

Ninguém está contra os animais. O povo está é contra a vida de cão que leva, com mais de dois milhões de pobres que continuam a saga dos caixotes do lixo que vasculham à noite para sobreviverem envergonhados, mas incapazes de estender a mão à caridade tal como aconteceu na Primeira República, 1910-1926, e que Salazar, depois de um esforço Nacional enorme conseguiu voltar a dar dignidade.

Os mais debilitados, destes dois milhões de pobres, habitam as ruas das cidades. São tantos milhares que o Presidente Marcelo, apesar do seu voluntarismo, quase caiu no desespero por ver a dificuldade em os salvar.

O país está podre, cheio de bichas que o contaminam e arruínam.

São 230 os que deputam. Cento e vinte ou cento e trinta chegariam e sobrariam para, em vez de se distraírem com assuntos resolvidos se debruçarem sobre o essencial.

Muitos, dos milhões de Pobres Portugueses gostariam de ter o que sobra aos cães e gatos dos milionários Abrilistas.

Portugal é pobre em tudo: pobre em juízo, pobre em decência, pobre em imaginação criativa.

É rico em folclore, em esconder a miséria de 43 anos de desassossego.

Alguns parlamentares esfregam as mãos de contentes. A partir de agora podem levar os cães, os gatos, os ratos e as ratas para o restaurante do Parlamento onde as bichas se dão bem e onde daí podem lançar ao vento e ao ventre os seus apetites.

O exemplo influenciará os donos, mais renitentes, dos Restaurantes que recusam meter entre as pernas os animais de estimação dos clientes, com medo das pulgas e dos vícios escondidos.

Amem.

 

Anterior “União Europeia e o crime contra a Venezuela”

C.S

publicado por regalias às 06:34
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Junho 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

11
12
15
16

19
20
23

25
26
27
28
29
30


.posts recentes

. No meio da salsicharia po...

. É desumano que os países ...

. Melania, inteligência e s...

. Crime contra a humanidade...

. Já que ninguém me ouve, o...

. O elogio da indigência pa...

. Catarina Martins, 5 arrob...

. Trabalhar pelo prazer de ...

. Um país de velhos e de ca...

. Costa, salve os trabalhad...

.arquivos

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

blogs SAPO

.subscrever feeds