Sábado, 16 de Março de 2019

Sexo e loucuras das fascistas de Esquerda

A desconsolada Ministra da Cultura, que em dia de grande excitação sexual e ninguém que lhe olhasse para a cara, se declarou lésbica, é dos casos mais ridículos e tontos que uma governante pode cometer.

Não tenho nada contra as deliciosas lésbicas. Tenho é contra a estupidez dos governantes. Podem ser aquilo que quiser, não podem é fazer chamariz para saciar apetites. São Governantes, não são corruptos que se vendem por sexo. Se fazem propaganda a algo que ninguém lhes perguntou, todos desconfiam e dão azo às mais diversas conjeturas.

A polémica gerada pela Leonor, uma artista portuguesa com certeza, com parto antes do 25 de Abril e criada no meio da fogueira de enganos, droga, sexo indefinido e de fascismo de esquerda, leva a lembrar-lhe que muitos jovens cresceram na ignorância do que foi a Primeira República, 1910-1926, que deu origem à Ditadura Militar da segunda República, 1926-1974, sem que houvesse um resquício de Fascismo.

Se houve fascismo foi o trazido pelos sociais-fascistas Comunistas do sacripanta Cunhal e que o MRPP, tão bem escalpelizou.

Quando os fascistas de Rolão Preto lhe quiseram dar visibilidade, Salazar imediatamente o proibiu.

A palavra fascista era praticamente desconhecida e as suas ideias nunca praticadas, a menos que consideremos todos os Governos do mundo fascistas por governarem segundo regras de segurança.

Sem essas regras, com autoridade, polícias e leis obrigadas a seguir por todos os cidadãos, acontecem atos terroristas inexplicáveis como o de ainda há menos de 48 horas na Nova Zelândia.

A Leonor Antunes é pois fruto desse PREC de idiotas, e do Portugal considerado pelos outros países como “Um manicómio em autogestão”.

A Leonor da costura, da dobradiça e do nó fez-me recordar o saudoso Vasco da Gama Fernandes que, várias vezes, me repreendeu por eu responder à letra e mais uns pós, à Esquerda desmiolada, pateta e arrogante que no Parlamento dizia sandices.

Tantas vezes me repreendeu que resolvi vasculhar os seus escritos e, num Jornal de Leiria, onde Vasco da Gama tinha sido advogado, num dos seus escritos vinha “que as mulheres deviam estar em casa a cuidar do marido a cozer as meias e a limpar o ranho aos filhos.” Pode verificar o que afirmo.

Tirei uma fotocópia e, numa noite de sessão Parlamentar, quando o encontrei a fumar nos Passos Perdidos, mostrei-lhe a prosa. Disse-me que eram coisas da juventude. Nessa altura já devia andar perto dos 50.

Nunca mais me tornou a dar reprimendas. Mas com elas ou sem elas, Vasco da Gama Fernandes teria sempre a minha admiração e amizade.

A Leonor Antunes, artista consagrada, aproveite as noites de insónia para ler o que foi o Portugal de Salazar, a inteligência, o sacrifício, a solidariedade e o amor a Portugal. Consulte jornais e revistas portugueses e estrangeiros. Não vá atrás dos estúpidos cretinos que preferiam que Salazar não governasse bem e tirasse o povo da miséria e do desespero em que vivia.

Deixe-se de falar em fascismos sem saber o que diz.

Cunhal e Soares podem ter sido fascistas. O Estado Novo não sofreu dessa maleita, a menos que considere os militares que sempre o apoiaram de fascistas. Foi um Estado seguro. Em todos os Estados tem de haver autoridade, caso contrário o terrorismo e a infâmia instala-se.

Desejo-lhe grande sucesso para a exposição na bela e enigmática Veneza de sonhos, gôndolas e amores.

 

Anterior “Americanos e o plano maquiavélico contra a Europa”

C.S

publicado por regalias às 06:12
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Abril 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9


24
25
26
27

28
29
30


.posts recentes

. 25 de Abril, liberdade pa...

. A invasão da Europa, os i...

. Democracia dos Amarelos p...

. Papa no meio de homossexu...

. Maria João Rodrigues e a ...

. Ricardo Chibanga:o touro ...

. Piquetes de greve são mil...

. Museu em Peniche recorda ...

. Aumentar a produção e aum...

. 25 de Abril produz mais a...

.arquivos

. Abril 2019

. Março 2019

. Fevereiro 2019

. Janeiro 2019

. Dezembro 2018

. Novembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Agosto 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

blogs SAPO

.subscrever feeds