Sexta-feira, 7 de Junho de 2019

As dificuldades espevitam a inteligência

Penso muitas vezes em todos aqueles que querem ser reformados antes dos 65 anos.

A verdadeira juventude começa aos 50. O homem aos 65 está na pujança da vida. Todas as forças estão intactas, a menos que seja um doente normal ou um dos milhares que foram reformados aos 35/40 anos e se tornaram profissionais da Segurança Social.

Hoje, velho só a partir dos 85. Até esta idade tenho encontrado gente nas mais diversas profissões e felizes como pardais.

Muito antes do 25 de Abril a quantidade de velhos era enorme. Todos trabalhavam até ao último dia de vida.

O meu amigo José Bento trabalhou até aos 95. Quando contrariado deixou de trabalhar, morreu.

O senhor José Bento gostava de falar de política. Era um apaixonado socialista, mas não ia na conversa do Soares e detestava Passos Coelho.

Elogiava Salazar sempre que alguém dissesse mal dele. Nascera no tempo da morte lenta da Primeira República, sabia como Oliveira Salazar tinha recuperado o País e o esforço despendido: os bairros sociais, a proteção concedida aos mais pobres, aos sindicatos e aos trabalhadores que podiam ficar com as casas ao fim de 40 anos pelo valor das rendas que pagavam e eram sempre mais baratas do que as rendas normais. Ele conhecia isso tudo.

Como era muito meu amigo ofereceu-me um folheto, de 1940 a incitar o arrendamento dessas casas.

A situação de Portugal contínua péssima e pior seria se os velhos já tivessem perdido o hábito do “produzir e poupar manda Salazar”.

Nos dias de hoje ninguém manda. É proibido mandar e é proibido proibir. Cada um faz o que quer.

Só há direitos, não há deveres. O país navega ao sabor do vento.

Os Governos vão fazendo andar o barco enquanto o Banco Europeu emprestar dinheiro a custo zero. Quando fechar a torneira e os prestamistas aumentarem os juros, ou o país se despovoa ou os campos voltam a florir e as searas a despontar porque a fome aguça o engenho.

Mas haverá sempre quem esqueça “que a preguiça morreu à fome”.

Espero que não seja preciso trabalhar até aos 80 ou 90.

Acredito que as dificuldades espevitam a inteligência e o trabalho dá saúde.

 

Anterior “Observador, o prazer de bem escrever e informar”

C.S

publicado por regalias às 05:14
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Novembro 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
13
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30


.posts recentes

. Fascismo sem fascistas e ...

. Cunhal teve ideias premon...

. António Ferro, como era d...

. Deputados palhaços ou Dep...

. Quanto tens, quanto vales

. Incompetência ou falta de...

. Isto não é um mundo de ge...

. Esplendor de Portugal atr...

. Catalunha é mais poderosa...

. No País dos loucos salvem...

.arquivos

. Novembro 2019

. Outubro 2019

. Setembro 2019

. Agosto 2019

. Julho 2019

. Junho 2019

. Maio 2019

. Abril 2019

. Março 2019

. Fevereiro 2019

. Janeiro 2019

. Dezembro 2018

. Novembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Agosto 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

blogs SAPO

.subscrever feeds