Segunda-feira, 24 de Junho de 2019

As imoderadas exigências das artistas do Bloco

Felizmente que o Executivo travou a aprovação das taxas moderadoras que os Deputados arrastados pelos cantos da sereia Catarina aprovaram.

Só o CDS não concordou. E por que o teria feito? Se essa atitude lhe pode custar uns milhares de votos nas próximas legislativas?

Ninguém me disse a razão e suponho bem que não foi por causa dos mais de 175 milhões de euros que o Governo teria de ir desencantar em qualquer lado para compensar a demagogia insensata.

A razão principal deve ter-se prendido com a avalanche de utentes que acorreria aos hospitais para encontrar as amigas. A grande maioria são mulheres que vão pôr a conversa em dia e depois aproveitam para dizer ninharias aos médicos e receber deles o conselho para lá voltarem.

Daqui a pouco haveria um médico para cada doente.

Os médicos são insaciáveis. Não há Orçamento que os vede.

O meu saudoso amigo Vasco da Gama Fernandes, perante a avidez desta classe, chamava-lhe os tubarões da medicina.

Já contei o episódio com o ex-Presidente da Assembleia da República. Na altura tomei a defesa desta classe. Bem arrependido estou. Julgo que só o fiz porque não gosto de ver bater em ninguém. Democracia é Democracia. Quando havia autoridade sempre gostei de jogar à pancada; apanhei muitas, também dei algumas, mas isso não me fez diferente.

Quando chegou a Democracia demagógica, com todas as mariquices, copinhos de leite e proibição de bater nos maiores safados, respeitei as regras. Minto, só as quebrei no 25 de Novembro, que apesar de não ser militar estava, eu e muitos outros, dispostos a fazer pagar muito caro a libertinagem, os roubos e o caos que o social-fascista Cunhal tinha instalado em Portugal e que ainda hoje subsiste com Bloco, CGTP, Comunistas e outros pobres de espírito.

As taxas Moderadoras servem para travar a enxurrada de utentes que não têm doenças e que enchem hospitais sem necessidade.

Julgam que é mentira o que afirmo, perguntem às clientes mais assíduas. Estou convencido que no meio da risota, confessam a verdade.

É por isso que este povo é adorável. Confessa sem temor o que acontece e não se importa de o declarar.

Costa e Centeno fazem bem. É fundamental travar o despesismo demagógico.

Ouvi o Jerónimo ao lado da Catarina. O homem não chega para ela.

O PC vai ser comido pelas mulheres Bloquistas. Paz à sua alma.

 

Anterior “A saúde mental dos portugueses continua a diminuir”

C.S

publicado por regalias às 05:46
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Julho 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9


24
25
26
27

28
29
30
31


.posts recentes

. O cheiro abominável do di...

. Viver com as leis da Natu...

. Influência dos jornalista...

. Greves e ameaças desfazem...

. Tony Carreiras, Cinemax, ...

. Ruinas, grafitis, simpati...

. Ursula preside, finalment...

. Conselhos dos pais rarame...

. Escreva um livro, fique n...

. Depressão III e a neurose...

.arquivos

. Julho 2019

. Junho 2019

. Maio 2019

. Abril 2019

. Março 2019

. Fevereiro 2019

. Janeiro 2019

. Dezembro 2018

. Novembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Agosto 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

blogs SAPO

.subscrever feeds