Sábado, 20 de Julho de 2019

Greves e ameaças desfazem o país dos loucos

No Parlamento os ameaçadores foram postos na rua com o desprezo dos ilustres Deputados que não querem ser incomodados neste país de babacas e loucos..

Longe vai o tempo em que  os cercados em S. Bento, ali ficaram a pão e água, fome, desespero e medo.

Hoje, os senhores Deputados já arrebitam cachimbo.

Pior é a greve dos camionistas de matérias perigosas, que perigosamente arrastam todos os outros que não brincam com o fogo, mas morrem de fome com os salários que lhes pagam.

O Pardal viu a oportunidade e exige, perante um Governo de inocentes e ignorantes, dignidade.

Transportar líquidos inflamáveis não é para amadores.

O Governo tem de saber que estes profissionais são homens treinados durante meses para lidarem com todos os imprevistos.

Imaginem que há um acidente, deflagra o incêndio, há perigo de explosão.

O Governo acautelou os amadores da boa vontade e obediência às ordens, com fatos especiais para eles combaterem as chamas e os fumos?

Levam as botijas próprias para debelar o fogo e se protegerem?

O Governo tem de pensar muito bem no que vai fazer, a menos que arrisque agravar uma situação que é explosiva.

Já pensaram em impor, em vez dos serviços mínimos, a Requisição civil e quem não obedecer ir para o desemprego?

Aquilo que os Sindicatos estão a obrigar a fazer, com o número exagerado de greves, é que aconteça o mesmo que fizeram os ingleses há muitos anos; passam a contratar emigrantes da India e do Paquistão que mantém todos os serviços de maneira impecável e sem quaisquer problemas para a saúde pública.

Tudo o que acontece hoje é fruto dos tremendos erros do PREC que esbanjou a fortuna amealhada e os Governos, uns a seguir aos outros, quiseram ser mais papistas que o Papa.

Ninguém contestou a Revolução e os homens que hoje reclamam salários dignos podiam eles e todos os outros estar a receber quase o dobro da miséria que recebem.

Bastava continuar o trabalho feito pelo Estado Novo, com as liberdades que entendessem, mas sem os insultos, as destruições das indústrias, do comércio e da agricultura para Portugal ser um país de paz e prosperidade.

Que temos hoje? Dois milhões e seiscentos mil pobres e outros tantos à beira da pobreza com uma dívida de 245 mil milhões de euros.

De quem é a culpa? De Governos e Sindicatos.

 

Anterior “Tony Carreira, Cinemax, Costa e Gabriel na Antena1”

C.S

publicado por regalias às 05:23
link | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Fevereiro 2020

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
12
13
14
15

16
18
19
21
22

23
24
25
26
27
28
29


.posts recentes

. O pior para os velhos não...

. A falsa liberdade despert...

. A fragilidade do ser huma...

. Proibido proibir e usar a...

. Contraditório da Antena1 ...

. Vírus, a fragilidade do s...

. O problema dos velhos

. Vender saber e prazer pel...

. Curso simplificado para t...

. Joacine, independente de ...

.arquivos

. Fevereiro 2020

. Janeiro 2020

. Dezembro 2019

. Novembro 2019

. Outubro 2019

. Setembro 2019

. Agosto 2019

. Julho 2019

. Junho 2019

. Maio 2019

. Abril 2019

. Março 2019

. Fevereiro 2019

. Janeiro 2019

. Dezembro 2018

. Novembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Agosto 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

blogs SAPO

.subscrever feeds