Segunda-feira, 4 de Outubro de 2021

Cada vez tenho mais admiração pelas mulheres

O “Público”, na sua edição de Domingo, dia 3, deu a resposta às insinuações que um escriba, despeitado e a soldo, tentou verter para a praça dos compadrios contra Raquel Varela

A resposta veio direta:

A Faculdade de Ciências Sociais e Humanas (FCSH) assegura que as provas de Raquel Varela “seguiram os trâmites normais”: foram avaliados por um júri, que ”considerou estarem cumpridos todos os requisitos necessários para o efeito”.

Não só a historiadora foi aprovada por unanimidade como “não foi levantada qualquer questão ou dúvida durante todo o processo”.

Escuso-me de mais comentários a este assunto para não perder a calma e o tempo num País que anda perdido desde o 25 de Abril de 1974.

As mulheres têm sido tratadas como coisas dispensáveis. E elas são o melhor que há no mundo.

Lembro-me de Maria de Lurdes Pintasilgo que em 1961, na Noruega ou na Suécia, já não me lembro bem, um casal de cientistas a elogiou de maneira excecional, quando eu ainda não sabia que ela existia.

Mas, assim de repente, lembra-me de uma Leonor Beleza, uma Manuela Ferreira Leite, uma Helena Roseta, uma Maria João Rodrigues, uma Assunção Cristas, que só elas valem uma Nação inteira.

Em 17 de Agosto de 1979, quando a Assembleia da República se preparava para chumbar Lurdes Pintasilgo, fiz uma intervenção extremamente irritado.

Comecei por situar o momento que previa catastrófico. Depois de fazer as saudações habituais, comecei:

“Seja quem for o Primeiro-Ministro que aqui venha a apresentar Governo há sempre quem lhe descubra a lepara e a maleita, nem que para isso se recorra à mentira e à calúnia.

Esta Assembleia nunca Governou Portugal!

Esta Assembleia nunca ajudou a Governar Portugal!

Esta Assembleia nunca deixou que ninguém o Governasse!

“Mais à frente acrescentei ao meu desespero e à minha tristeza”:

Agora são as últimas telhas arremessadas pelo PSD contra a Engenheira Maria de Lurdes Pintasilgo e contra todos os membros deste Governo, os quais estão conscientes da ingratíssima missão para que foram chamados, num momento difícil e por um período curtíssimo.

Tenho, pois, a certeza de que mesmo que Cristo aqui viesse havia de lhe ser pedido adiantado o dinheiro e o menu da Última Ceia.

Coloque a máscara. O País não mudou. Piorou. O número de mulheres à frente das Câmaras Municipais, em vez de aumentar, diminuiu.

Dá Deus nozes a quem não tem dentes.

 

Anterior “Gastam em palavras, o que falta em obras”

C.S

publicado por regalias às 08:03
link | comentar | ver comentários (1) | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Dezembro 2021

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


.posts recentes

. Chinês, números até 100

. Old friends, se rirem men...

. Todos acreditam nos portu...

. Dezembro e Janeiro que fa...

. Chiinês. pronomes e verbo...

. Costa e Rio combatem por ...

. PSD faz a festa, PS ainda...

. O Mundo entrou em pânico

. Chinês, ,meses

. Marcelo e a Democracia ca...

.arquivos

. Dezembro 2021

. Novembro 2021

. Outubro 2021

. Setembro 2021

. Agosto 2021

. Julho 2021

. Junho 2021

. Maio 2021

. Abril 2021

. Março 2021

. Fevereiro 2021

. Janeiro 2021

. Dezembro 2020

. Novembro 2020

. Outubro 2020

. Setembro 2020

. Agosto 2020

. Julho 2020

. Junho 2020

. Maio 2020

. Abril 2020

. Março 2020

. Fevereiro 2020

. Janeiro 2020

. Dezembro 2019

. Novembro 2019

. Outubro 2019

. Setembro 2019

. Agosto 2019

. Julho 2019

. Junho 2019

. Maio 2019

. Abril 2019

. Março 2019

. Fevereiro 2019

. Janeiro 2019

. Dezembro 2018

. Novembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Agosto 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

blogs SAPO

.subscrever feeds

Em destaque no SAPO Blogs
pub