Segunda-feira, 18 de Outubro de 2021

Livro à procura de autor, 5

SEGUNDO CAPÍTULO

No escritório, Daniel recordou a noite anterior

Estávamos em pé, de braços estendidos sobre a campa de Octávio. Fazíamos a meditação preparatória para entrar no espaço de onde acreditávamos que tínhamos saído em feixes de luz, ligados uns aos outros e a tudo quanto existe.

Karin iniciou a cerimónia:

"Foram muitos os trabalhos por que passámos.

Unidos pela amizade soubemos ultrapassar as dificuldades. Mas sabemos que não conseguimos vencer a morte.

Este mundo só tem de válido a amizade. O capital da amizade rende incalculáveis dividendos. Chegámos a esta posição porque utilizámos a nossa amizade, as nossas capacidades e os nossos conhecimentos.

Ao tentarmos este contacto com Octávio, para nos desligarmos deste mundo teremos de nos desprender de todos os sonhos, de todas as vontades e ter a coragem suficiente para entrar no Pensamento Universal de onde tudo o que existe saiu ao mesmo tempo em forma de luz.

Vamos mergulhar no infinito e regressar ao átomo inicial.

Transparentes, felizes e lúcidos ficaremos gravitando pelos Céus dezenas ou centenas de milhares de anos até voltarmos à encarnação.

As energias cósmicas tornaram-nos homens poderosos, mas insatisfeitos.

Com a morte física de Octávio a união fragilizou-se. Já nada nos dá prazer.

Usufruímos tudo quanto esta vida nos pode dar.

Para entrarmos na outra dimensão, temos de o fazer na primeira noite de lua cheia, só assim essa força nos envolverá e levará para o infinito que nasceu e aumenta desde há mais de catorze mil milhões de anos."

O silêncio, o cemitério iluminado pela lua, as nuvens de vapor que subiam das sepulturas faziam do local um cenário belo e macabro.

Karin continuou:

"É necessário dirigir as ondas mentais para o infinito onde se encontra o Espírito de Octávio.

Nenhum de nós pode temer algo do que acontecer. O receio, em qualquer dos momentos desta comunicação, desligá-lo-á imediatamente da corrente de que somos os elos. A hesitação ou o medo implicará o caos, a confusão e o tormento enquanto viver. 

Fomos firmes, audaciosos e crentes em tudo aquilo que fizemos. Vencemos o desafio da vida. Venceremos o desafio da morte, morrendo para a vida terrena

As nossas mentes são centrais de energia muito potentes.

Coloque a máscara. Até ao final do Inverno temos a gripe. O Covid teima em passar férias em Portugal.

 

Anterior “Livro à procura de autor, 4”

C.S

publicado por regalias às 08:03
link | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Dezembro 2021

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


.posts recentes

. Chinês, números até 100

. Old friends, se rirem men...

. Todos acreditam nos portu...

. Dezembro e Janeiro que fa...

. Chiinês. pronomes e verbo...

. Costa e Rio combatem por ...

. PSD faz a festa, PS ainda...

. O Mundo entrou em pânico

. Chinês, ,meses

. Marcelo e a Democracia ca...

.arquivos

. Dezembro 2021

. Novembro 2021

. Outubro 2021

. Setembro 2021

. Agosto 2021

. Julho 2021

. Junho 2021

. Maio 2021

. Abril 2021

. Março 2021

. Fevereiro 2021

. Janeiro 2021

. Dezembro 2020

. Novembro 2020

. Outubro 2020

. Setembro 2020

. Agosto 2020

. Julho 2020

. Junho 2020

. Maio 2020

. Abril 2020

. Março 2020

. Fevereiro 2020

. Janeiro 2020

. Dezembro 2019

. Novembro 2019

. Outubro 2019

. Setembro 2019

. Agosto 2019

. Julho 2019

. Junho 2019

. Maio 2019

. Abril 2019

. Março 2019

. Fevereiro 2019

. Janeiro 2019

. Dezembro 2018

. Novembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Agosto 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

blogs SAPO

.subscrever feeds

Em destaque no SAPO Blogs
pub