Segunda-feira, 31 de Janeiro de 2022

Chinês para digerir

Depois das Eleições Legislativas, nada melhor do que os verbos chineses para digerir as dificuldades.

Coloco dois verbos.SER e Estar, para descansar os mais medrosos, aqueles que não acreditam em si e por isso são uns falhados.

Acredite em si. Nisso, somos todos iguais. Todos temos medo. Todos pensamos que somos mais inaptos que outros. Quando nos esforçamos. um pouco, verificamos que alcançamos os mesmos resultados e às vezes até somos muito melhores que eles.

Em Fevereiro e Março vou insistir nos verbos chineses, para em Abril e Maio começar frases onde integre os verbos aqui colocados.

Vá fixando os caracteres, ou hanzi,não custa nada. Insista.

Verifica que nos verbos portugueses as palavras vestem roupagens diferentes. São as flexões. Os chineses são mais sóbrios. Veste tudo de igual no mesmo verbo. Até nas palavras são poupados.  

 

SER 要成为 Yào chéngwéi

Eu sou  我是     Wǒ shì

Tu és   你是   Nǐ shì

Ele é  他是  Tā shì

Ela é   她是   Tā shì

Nós somos   我们是  Wǒmen shì

Vós sois  你是 Nǐ shì

Eles são    他们是  Tāmen shì

Elas são     她们是 Tāmen shì

 

 

 ESTAR 要成为 Yào chéngwéi

Eu estou  我是   Wǒ shì

Tu estás  你是    Nǐ shì

Ele está   他是     Tā shì

Ela está   她是    Tā shì

Nós estamos  我们是  Wǒmen shì

Vós estais   你是 Nǐ shì

Eles estão     他们是  Tāmen shì

Elas estão  她们是 Tāmen shì

 

Coloque a máscara. Não facilite. Com calma, reveja as lições de chinês. Repita os caracteres. Repita para solidificar a memória.

Amanhã vamos à política para ajudar quem ganhou.

Temos de estar unidos e deixar de teimosias.

Eu não sou socialista. Mas sou Português. Temos de estar unidos.

Anterior “Reforma de mentalidades”

C.S

publicado por regalias às 09:15
link | comentar | favorito
Sexta-feira, 28 de Janeiro de 2022

Reforma das mentalidades

“Qué es la Reforma Política” de Josep Melà, foi o livro matinal para começar a preparar-me para depois do resultado das eleições.

Já percebi que os portugueses não estão para se incomodar a estudar Inglês tal como eu tinha oferecido.

Mas eu não sou de desistir a favor do que penso útil para aprendermos a ser felizes. Se eu sou, tenho de, pelo menos, dar a minha opinião.

Em vez de Reforma política, resolvi falar sobre Reforma de mentalidades.

A mentalidade é uma inclinação ou disposição de cada um de nós para lidar com os outros.

Uns são mais agressivos, outros mais contidos nas respostas e nos atos.

Podia até agarrar em cada um dos artistas que lutam por um lugar ao Sol como Deputados ou membros de um futuro Governo e despir um a um

para todos compreenderem o feitio e a mentalidade destes jogadores políticos. Mas deixo isso para, enquanto eles fazem contas às percas e aos ganhos, o leitor se distrair a aprender psicologia, mesmo sem a ter estudado. Olha para cada um ou cada uma e pela maneira como falam e reagem vai saber se são confiáveis ou não. Sem esforço está a aprender psicologia coletiva que estuda o comportamento das pessoas quando há eleições, pandemias, contágios, boatos, alegrias exageradas...

A partir da atenção que lhes presta pode verificar como é a sua mentalidade para apreciar factos. Porque é que se inclina mais para uns do que para outros.

O ser humano é um mistério, quase tão grande como o mistério de Deus, que nunca se deixou encontrar e cada religião ou seita lhe dá o nome que mais lhe convém.

Ser feliz é muito simples. É não querer mais para si do que pode faltar aos outros.

 

Coloque a máscara. Esperemos pelo resultado das eleições, com calma e mentalizando tudo quanto aconteceu.   

Os Blogues continuam em Fevereiro com lições de Chinês, pois para Inglês não há apetite.

Anterior “CHEGA a esperança”

C.S

publicado por regalias às 09:06
link | comentar | favorito
Quinta-feira, 27 de Janeiro de 2022

CHEGA a esperança

Os políticos ainda não compreenderam que, quanto mais atacam o CHEGA, melhor o povo compreende as suas intenções.

Depois do 25 de Abril, o PCP, com  lenga-lenga demagógica teve de imediato quase o apoio geral, com que iludiu povo e trabalhadores. Ao entrar para os Governos em 1974 e 1975 nos II,III, IV e V Governos do Comunista, General Vasco Gonçalves, Os governos foram tão desastrosos e a provocação às pessoas era tão grande que o CDS apelidado por eles de Partido fascista imediatamente os ultrapassou em número de Deputados, 42. nas primeiras eleições Legislativas, Logo a seguir ao PS e ao PPD - PSD e fez o II Governo Constitucional com o PS.

Hoje com o CHEGA está a passar-se o mesmo.

O povo sente-se enganado. Todas as vezes que os outros Partidos, da Esquerda. Extrema Esquerda - Direita falam contra o CHEGA, mais votantes este Partido obtém.

Com Salazar, o Partido Comunista fez o mesmo e conseguiu convencer que Salazar era um Ditador. Ficou com o rótulo, mas não com um desempenho ditatorial. Fez tudo como quis, apesar de Cunhal, com o apoio da URSS, ter montado a máquina da propaganda que o Comunista Francisco Ferreira, (o Chico da CUF), desmontou no Livro “Álvaro Cunhal” Herói Soviético”

A ele se deve muitas das grandes dificuldades porque os trabalhadores e o povo português, em geral, passa.

A repugnância por Cunhal era tão grande que eu, na Assembleia da República, num dia em que ele estava na primeira fila da bancada comunista o comparei ao bandido Americano, Al Capone.

Por isso, como a campanha para estas Legislativas vai, de modo geral, parar ao CHEGA e as conversas de rua e de Café vão também sempre dar ao CHEGA e insultos a todos os outros, até eu, não sei ainda em que Partido vou votar..

 

Coloque a máscara. Agora os cientistas, já dizem que vale quase tudo pois o bicho não é tão mau como parece. Não vá na conversa. Coloque a máscara e passe umas gotas de álcool nas mãos.

Anterior “A inércia entupiu o entendimento”

C.S

publicado por regalias às 09:13
link | comentar | favorito
Quarta-feira, 26 de Janeiro de 2022

A inércia entupiu o entendimento

O ser humano ainda não entendeu que esta pandemia é um aviso sério a todo o planeta.

Ela insiste, insiste e cientistas e políticos não compreendem, por mais que piquem, que não chegarão a lado nenhum.

O vírus pretende chamar a atenção para o sufoco em que se encontra o mundo. Mas só quando a merda entupir o nariz de todas as pessoas e acabar com os erros de um planeta falhado, só dois ou três casais se safem.

Os mares estão atulhados de quantidades de lixo inimagináveis: desde os plásticos aos produtos químicos, às madeiras e aos dejetos  de toda a espécie. Os mares, desde o Indico ao Mediterrâneo estão transformados em latrinas e em cemitérios que morrem com o ser humano.

E o ser Humano está a transformar-se na besta humana que não entende que o seu fim está próximo ou o  tendo entendido provoca as guerras para desaparecer rápido em piras de dor e sofrimento horrível de uma ou duas horas como aconteceu em Dresden, Hiroshima, Nagasaki.

Mas a besta humana quer incendiar a Europa, incendiando a Ucrânia e a Rússia.

Hoje, comer uma refeição saudável é quase impossível. Tanto o peixe como a carne estão contaminados, os produtos agrícolas vão pelo mesmo caminho.

Todos se lembram dos pepinos que mataram os seus amantes. Na Alemanha morreram várias pessoas.

Mas os políticos entraram na inércia, na preguiça mental, porque ganham muito bem e a barriga lhes embota o entendimento.

 

Coloque a máscara. Mantenha as distâncias.

Anterior “Intriga Americana, não olha a meios”

C.S

publicado por regalias às 09:05
link | comentar | favorito
Terça-feira, 25 de Janeiro de 2022

Intriga Americana não olha a meios

A política americana parece mais uma brincadeira de garotos endiabrados do que uma maneira séria de estar num mundo global e fraterno.

Enquanto não separaram a União Europeia do Reino Unido não descansaram. Tanto insistiram que os Ingleses lhes fizeram a vontade e lhes sofrem as consequências de um Brexit mal pensado e de uma subserviência vexatória que os obriga também a sair da Ucrânia, juntamente com eles, para depois forçarem a Ucrânia a atacar as tropas Russas. A seguir virão outras exigências mais degradantes.

Um preto americano quase destruiu a Síria. O mesmo e dois brancos, um Francês e outro Inglês, esmagaram a Líbia e causaram a maior avalanche de refugiados que invadiu a Europa, depois de um Bush, branco, ter invadido o Iraque e humilhar, um povo culto, que também procura a Europa, para sacudir o pesadelo e aqui encontrarem refúgio.

Agora pretendem envolver a União Europeia no novelo Rússia-Ucrânia. Já tentaram tudo. Neste momento dizem que vão fazer sair os seus Diplomatas da Ucrânia porque... a guerra está por dias e querem levar a União Europeia a fazer o mesmo

À América só lhe falta sarna para se coçar. O excesso de dólares, escudados na proteção de quem compra e vende petróleo, pode acabar de repente. Eles acham que têm de vender armamento a uns e a outros, mesmo que isso não sirva para nada.

Hoje as guerras acabam rápido, quando um país, relativamente pequeno, como a Coreia do Norte, tenha meia dúzia de bombas nucleares e não se ensaie muito para as despejar onde entender e comece a eliminação de todos os vírus do Planeta, incluindo a eles próprios e aos políticos Americanos e seus conselheiros.

A União Europeia, ficou de estudar o assunto. Pelo sim, pelo não, emprestou uns milhões de Euros à Ucrânia que tem fama de boas contas e de gente ser trabalhadora e séria.  A Rússia está atenta e não admite que Os Estados Unidos da América a cerquem de bases militares e a obriguem a gastar dinheiro em armamento, em vez de o investir em tratores, produtos agrícolas, estradas e industrias menos poluentes.

Portugal, como membro da União Europeia votará sempre contra qualquer cenário de guerra, sabendo que a Rússia fará o mesmo porque não quer sacrificar o povo.

 

Coloque a máscara. O Inverno não acabou nem o Covid e a estupidez acabaram.

Anterior “Temos de nos mentalizar para apoiar quem ganhar”

C.S

publicado por regalias às 09:09
link | comentar | favorito
Segunda-feira, 24 de Janeiro de 2022

Tenos de nos mentalizar para apoiar quem ganhar

Tal como não estamos contra os nossos amigos quando ganham os seus clubes de futebol ou tenham ideias diferentes das nossas, sobre os mais diversos assuntos, assim tem de acontecer com os resultados das próximas eleições Legislativas e do Governo que delas sair.

Todos os portugueses sabem da situação critica em que nos encontramos. Só os inconscientes e os que fizeram roubos ao Estado têm a certeza que, quanto pior estiver o País, melhor para eles.

Não há nenhum Governo, seja da Esquerda ou da Direita que não queira dar o máximo ao povo. Se não o faz é porque não pode e a situação agrava-se em cada dia que passa. Sofrem sempre mais os que têm menos. Por isso é fundamental que durante os próximos meses até ao fim do ano de 2022, os trabalhadores não façam greves porque eles são sempre os grandes prejudicados assim como o resto do povo que está dependente dos seus serviços. O Governo, em vez de ganhar perde milhões de Euros que a União Europeia não lhe perdoa.

Foi por esse motivo, que ainda há dias escrevi um blogue onde disse que Portugal não é um país pobre, mas sim mal Governado. Agora, todos os portugueses podem ir trabalhar ou estudar para os onze países mais ricos da União Europeia e usufruírem dos mesmos direitos e deveres como se neles tivessem nascido.

Por isso exorto, peço, imploro a que, todos, durante um ano apoiem o Governo que sair do resultado destas eleições, seja de Direita ou de Esquerda. Somos todos portugueses.

Coloque a máscara, mantenha a distância e siga as regras de limpeza. Se fizer isso não há vírus que se aproxime.

Anterior “Educação permanente, o sabor da vida”

C.S

publicado por regalias às 08:46
link | comentar | favorito
Domingo, 23 de Janeiro de 2022

Educação permanente, o sabor da vida

Ontem, a propósito da palavra “Nazi”, dita por uma apoiante de António  Costa contra Rui Rio, o Café virou reboliço e o Costa perdeu, pelo que percebi, umas dúzias de apoiantes.

A maratonista disse aquilo, pensando que o ia ajudar para arranjar a maioria absoluta. O efeito foi precisamente o contrário.

A corrida e as palavras podem coabitar sem problemas, desde que a Educação, ao lado das capacidades físicas, junte o conhecimento da vida.

A rapariga sabe mais com os pés do que com a cabeça.

Nos tempos que correm tem de haver uma Educação permanente para o ser humano ter consciência da própria vida e para a gozar com prazer. Ou seja tirar da vida tudo o que ela tem de bom e saboroso.

A Educação forma o ser humano. Por  esse motivo a Declaração Universal dos Direitos do Homem, no artigo 26, reconhece o direito de todas as pessoas à educação gratuita tanto no ensino primário como no elementar.

A partir daqui, o ser humano deve procurar ter uma educação permanente lendo romances, livros de história e estar sempre informado do que se passa no mundo. Isso, hoje é muito fácil através da Internet, das televisões e daquilo que lhe é oferecido.

Durante uns anos resolvi ensinar ciganitos a ler e a escrever. O sucesso foi total. Com os mais velhos é muito complicado. Os hábitos estão de tal maneira arreigados, que eles próprios reconhecem enormes dificuldades. Tantas, que eu próprio tentei escrever um livro sobre ciganos e nunca consegui. Escrevi muito sobre eles em Jornais e fiz uma intervenção na Assembleia da República sobre “A criança cigana”

 

Coloque a máscara. Eu vou preparando o Chinês para Depois das eleições. A oferta do Inglês está sem clientes.

Depois do 25 se Abril, Portugal foi infetado com o vírus do PREC que atacou a mente e provoca a preguiça e o desinteresse.

Anterior “Os portugueses e o que interessa”

C.S

publicado por regalias às 09:14
link | comentar | ver comentários (1) | favorito
Sábado, 22 de Janeiro de 2022

Os portugueses e o que interessa

Até ao dia das Eleições Legislativas vamos falar daquilo que nos interessa e o que devemos conhecer  para evitar passar por ignorantes.

A ignorância não interessa a ninguém.

As Eleições chamam-se Legislativas porque aqueles que são eleitos ficam com o poder para fazer Leis.

E o que é a LEI? A Lei é uma regra que todos os portugueses, os cidadãos, são obrigados a seguir para que o País funcione bem, de forma ordeira, organizada e todos os cidadãos beneficiem da mesma maneira, em tudo o que for decidido pela Assembleia da República e pelo Governo segundo a Constituição, que é onde todas as Leis ficam escritas para que ninguém as  subverta ou possa fugir ao seu cumprimento.

Para que não hajam dúvidas que estas Leis são para o bem de todos, o Governo adotou o Sistema Democrático para toda a gente saber que é um Governo do povo e para o povo.

É o poder do povo, que vai ser garantido nestas eleições do dia 30 de Janeiro de 2022.

A Democracia garante que acima de todos os interesses particulares está o interesse público.

Então, porque é que isso não aconteceu nestes últimos 47 anos e quase 80% dos portugueses vivem mal podendo viver bem?

Quando perguntaram a Salazar porque tinha falhado, vergonhosamente, a Democracia da Primeira República, 1910-1926, tão elogiada pela oposição, respondeu: 

“Uma Democracia não pode subsistir quando concede privilégios a uma classe em detrimento das outras. A isso chama-se Demagogia e a demagogia é incompatível com a história, com a política e com a razão humana”

Salazar também usou a Democracia porque na verdade é um sistema equilibrado desde que consiga integrar toda a sociedade. Ele ao apresentar a Constituição de 1933 fê lo segundo as regras Democráticas, mas de tipo Orgânico, ou seja uniu patrões e empregados e levou a cabo uma política de salvação nacional que 90% do povo acatou. Reergueu Portugal da escabrosa miséria que vinha da Primeira República. Portugal progrediu imenso e os cofres ficaram cheios de toneladas de ouro porque começou a faltar gente para a obra de Fomento e a sua doença e morte, quase de repente, impediram que o Governante seguinte, mais sensível à Democracia de fachada, deixasse que a oposição dos interesses, fosse ganhando terreno perante o bem público.

 

Coloque a máscara. Mantenha a distância.

Enquanto espero respostas, até ao dia 30 de Janeiro, sobre o interesse da aprendizagem do Inglês, vamos conversando sobre assuntos que interessam a todos.

Anterior “A fome e o frio metem a lebre ao caminho”

C.S

publicado por regalias às 09:14
link | comentar | favorito
Sexta-feira, 21 de Janeiro de 2022

A fome e o frio metem a lebre ao caminho

Ou o Governo saído das Eleições Legislativas no dia 30 governa a favor de todos os portugueses ou nós fazemos que ele o faça.

Como?

Ensinando Inglês e esvaziando o País.

Como? Escolhendo 11 países da União Europeia para trabalhar, viver com dignidade e ganhar dinheiro. Limitam-se a vir passar férias em Portugal e  gozar aqui a Reforma.

Quem fica em Portugal? Os Reformados com 300 Euros e todos os que tiverem mais ou muito mais de três mil euros por mês.

O Governo não acredita?

Vamos ver o que acontece.

Portugal não é um País pobre. Tem sido mal Governado desde os II, III, IV e V Governos comunistas, de 1974-1975 até aos dias de hoje.

Houve pequenas exceções.

Neste momento Portugal passou de  92.212 Km para 4.423.147.

O povo não aguenta muito mais a vida de miséria, mas nem quer fazer Revoluções nem Greves.

O que faço?

Acabo rápido o ensino do Chinês e em Fevereiro ou Março, o mais tardar, começo o Inglês diariamente, desde que haja mais 50   interessados do que no Chinês.

Tenho só de saber quem prefere Fevereiro ou quem escolhe Março.

Se não houver interesse, continuo com o plano que tinha até final de 2022.

O Inglês torna-se simples por causa do alfabeto. É bom para esta época de confinamento, para se entender em todo o mundo e para no fim do primeiro mês servir para discutir com os filhos. com os netos ou com os amigos. 

Ao fim de três meses, garanto que entendem e escrevem Inglês se estudarem meia hora por dia.

Quanto pagam? Zero, nada.

O meu pagamento é a felicidade que sinto em fazer felizes os outros.

Note:

Quem tira uma Licenciatura de três anos, tem entrada em outros países fora da União Europeia, como é o caso de Inglaterra. Em Portugal, só não se emprega,quem está à espera que o carreguem às costas depois dos cursos. Os cursos,para os bons alunos, até são subsidiados entre os 600 e 700 Euros.

Coloque a máscara, respeite as distâncias, siga as regras de limpeza.

Não se esqueça de me responder. Basta uma destas palavras: Fevereiro ou Março.

Anterior “Ingovernável. Anarca e sem emenda”

C.S

publicado por regalias às 09:09
link | comentar | ver comentários (1) | favorito
Quinta-feira, 20 de Janeiro de 2022

Ingovernável, Anarca e sem emenda

Portugal tem todos os sintomas de ser um país ingovernável, anarca e sem rei nem roque. Não tem emenda.

Aquilo que aconteceu com os eleitores em isolamento e a falta dos Serviços do Governo e da Procuradoria (PGR) mostra bem as causas da nossa ingovernabilidade e da anarquia, depois do 25 de Abril, com o maldito PREC dos comunistas Vasco Gonçalves e Cunhal. Os outros que os seguiram não são mais do que lacaios dos dois inconscientes que lançaram trabalhadores públicos e privados na miséria. Os que se salvaram, umas centenas, aproveitaram a ocasião para se infiltrarem em jornais, Instituições do Estado e Associações para angariarem outros ingénuos como eles.

O descaramento é tanto, que, ontem, os esclarecimentos só começaram quando suas Excelências entenderam.

O povo come toda a palha que lhe deitam, dizia o Primeiro Secretário Geral do PCP, Carlos, Rates, que mais tarde se desvinculou daquela maneira de iludir o povo e se filiou na União Nacional de Salazar.

Salazar mostrou, sem qualquer violência, que o povo é trabalhador, gosta da ordem e de quem imponha regras gerais que tratem toda a gente de igual modo para se atingir um objetivo: “a prosperidade do País”.  Como Marcello Caetano afirmava, ao dizer que Portugal seria uma outra Suíça.

A verificação de que isto é assim está na maneira como em todo o mundo, os portugueses são os mais trabalhadores e os mais competentes  em qualquer serviço, depois de nele serem integrados.

O povo só é ingovernável quando ps Governantes não prestam. E os Presidentes são uns bananas, que querendo agradar a todos, prejudicam Portugal inteiro.

 

Coloque a máscara. Vamos ver o que vai sair das eleições do dia 30.

Sejam quais forem os resultados, só a pandemia pode travar os Portugueses de saírem de Portugal. A menos que o Governo faça investimento acelerado e todas as classes sociais passem a ganhar salários dignos de uma Europa evoluída.

Anterior “Depois das Eleições, o trabalho e a fortuna”

C.S

publicado por regalias às 08:56
link | comentar | ver comentários (2) | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Novembro 2022

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9



29
30


.posts recentes

. Salada: notícias falsas e...

. Português - Russo,130 - D...

. 25 de Novembro acabou com...

. Assassínio em massa. Nenh...

. Português - Russo, 129 - ...

. Patrocinadores do Terrori...

. Português -Russo,128. Rec...

. António Guterres tem de a...

. Português - Russo, 127

. Polícias, jornalistas e p...

.arquivos

. Novembro 2022

. Outubro 2022

. Setembro 2022

. Agosto 2022

. Julho 2022

. Junho 2022

. Maio 2022

. Abril 2022

. Março 2022

. Fevereiro 2022

. Janeiro 2022

. Dezembro 2021

. Novembro 2021

. Outubro 2021

. Setembro 2021

. Agosto 2021

. Julho 2021

. Junho 2021

. Maio 2021

. Abril 2021

. Março 2021

. Fevereiro 2021

. Janeiro 2021

. Dezembro 2020

. Novembro 2020

. Outubro 2020

. Setembro 2020

. Agosto 2020

. Julho 2020

. Junho 2020

. Maio 2020

. Abril 2020

. Março 2020

. Fevereiro 2020

. Janeiro 2020

. Dezembro 2019

. Novembro 2019

. Outubro 2019

. Setembro 2019

. Agosto 2019

. Julho 2019

. Junho 2019

. Maio 2019

. Abril 2019

. Março 2019

. Fevereiro 2019

. Janeiro 2019

. Dezembro 2018

. Novembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Agosto 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

blogs SAPO

.subscrever feeds

Em destaque no SAPO Blogs
pub