Segunda-feira, 10 de Maio de 2010

Pão, circo e água benta

Com os três canais a vomitar futebol tive de me refugiar no apêndice RTP 2, coisa que já não fazia desde que se dedicaram a filmes com invertidos que geram os pedófilos. Tinha-lhe colocado uma cruz sem lhe rezar pela alma.

Como a festa não acabava, acabei eu por ver "Apocalipse" na RTP 2. Bom trabalho. A manipulação humana e a sua bestialidade são mostradas no campo da verdade e com toda a crueza dos factos. Mas o ser humano não aprende, vive de foguetes e de ilusões no carrossel da ignorância.

Não é o futebol que me preocupa, é o exagero, a estultícia espalhada pelos comentadores de rua que a Comunicação Social atiça porque os seus conhecimentos de psicologia de multidões a ensinar são muito rasteiros. O povo segue os papagaios como os alemães seguiram Hitler. Vai tudo ao fundo.

Em Portugal é isso que está a acontecer. Bem pode o Presidente da República incitar ao trabalho, ao esforço, à criatividade que os demagogos dos Sindicatos, do Bloco e os Comunistas gritarão à greve e à exigência absurda onde o tacho pouco ou nada já tem para rapar. A vilania é tão asquerosa que eles: sindicatos, bloquistas e comunas estão sempre do lado em que podem melhor incendiar a confusão. Fazem greves, sem qualquer sentido, paralisam o País, prejudicam milhões de portugueses, mas se o Governo, e um Sócrates de grandes olheiras e cabelos brancos, antes do tempo, dá tolerância de ponto, imediatamente são contra porque o País necessita é de trabalho.

O "SAPO", há dias fez a pergunta a favor ou contra a tolerância do dia 13, quando vi a estatística, 70% eram contra. E, contra as greves, quantos são?

Portugal que gastou em dois anos, 1974 e 1975, tudo quanto tinha acumulado nos anos anteriores, nunca mais encontrou o rumo. A fome e a miséria estão estampadas no rosto de mais de dois milhões de Portugueses. Dizem-lhes que são livres. Que infâmia! O pão da Liberdade tem um rosto diferente. Esta é a Liberdade da mentira e do engano gerados pelos comunistas e sindicalistas que tudo destruíram sem qualquer necessidade de o fazer. Esta é uma liberdade cadavérica.

O Governo já não sabe para onde se há-de virar e enquanto espera o milagre ou uma ideia salvadora vai encanando a perna à rã e dando aquilo que não tem, mas que é necessário para manter a paz social; incrementa o circo e em desespero de causa inunda Portugal de água benta com a visita do bentinho, sem convite, que vem buscar os juros das onças de ouro que D. Afonso Henriques prometeu ao antecessor.

Ingovernável, o País? Nem pensar. Portugal quase sempre viveu de pão, circo e água benta. Morrer todos morrem. Uns mais fartos, outros mais escanzelados. Para quê preocupações se a Virgem reza por nós?

C.S

 

publicado por regalias às 08:38
link | favorito
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Abril 2021

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


.posts recentes

. Os mais vulneráveis não e...

. Recuperar o tempo perdido...

. O vírus e os os micróbios...

. Antes de se deitar dê uma...

. Um país inteiro envergonh...

. Vivemos num mundo de palh...

. A 9 de Abril de 1918 morr...

. Anarquia ou Democracia fo...

. Oiça o Portugalex e deixe...

. Cangalheiros continuam a ...

.arquivos

. Abril 2021

. Março 2021

. Fevereiro 2021

. Janeiro 2021

. Dezembro 2020

. Novembro 2020

. Outubro 2020

. Setembro 2020

. Agosto 2020

. Julho 2020

. Junho 2020

. Maio 2020

. Abril 2020

. Março 2020

. Fevereiro 2020

. Janeiro 2020

. Dezembro 2019

. Novembro 2019

. Outubro 2019

. Setembro 2019

. Agosto 2019

. Julho 2019

. Junho 2019

. Maio 2019

. Abril 2019

. Março 2019

. Fevereiro 2019

. Janeiro 2019

. Dezembro 2018

. Novembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Agosto 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

blogs SAPO

.subscrever feeds

Em destaque no SAPO Blogs
pub