Sábado, 29 de Maio de 2010

O multi-reaccionário Louçã

Este antinatural primário dá-se ao desplante de atacar, de modo insensato, o Presidente da República, por se saber inimputável.

Como o P.R. não responde à infâmia, vamos iniciar hoje, o descamisar deste multi-reaccionário e de outros seres semelhantes que levam ao engano milhares de inocentes que entendem de futebol e de jogos de cartas, mas que são empalmados nos jogos dos "políticos" oportunistas.

O cachopo, de quem falamos, encontrou na política um modo de vida fácil e de protecção garantida. Se calhar até é filho de algum serventuário do antigo regime e por isso o quer esconder porque o vento mudou.

Se o Louçã quisesse defender os trabalhadores nunca lutaria para que Portugal saísse da União Europeia.

Explicando: caso Portugal saísse da União Europeia, a vida dos trabalhadores seria dramática e a dos membros do Governo trágica. Basta recordar a Primeira República com os assassinatos diários, fome e miséria num país onde os caminhos eram carreiros de cabras, propícios a assaltos violentos.

A Primeira República Democrática atinge o auge da loucura com o assassinato de um Presidente da República e de um Primeiro-ministro, além de outros que tinham proclamado a República em 1910.

Segundo, este Louçã, multi-reaccionário à verdade e ao bem-estar do povo, fingidor democrático, hiper-fingidor dos mais desprotegidos, não desgruda do seu salário de nababo e não propõe, no Parlamento, que os deputados passem a ganhar um quarto do muito que esbulham ao povo, tendo em conta o trabalho que produzem.

Um quarto é muito mais do que ganha um trabalhador qualificado em qualquer empresa. Mas prescindir da usura é que ele não prescinde. Insulta Cavaco, insulta Sócrates, insulta Teixeira para que a coberto do manto do insulto ninguém lhe pergunte porque não abdica de parte do seu sumptuoso salário e assim dar um verdadeiro exemplo de amor ao povo que começa a rapar fome e a dizer mal da vida.

Este Louçã, multi-reaccionário, só consegue convencer os infelizes ignorantes que acreditam nas patacoadas destes e de outros Louçãs do mesmo calibre e que, por esse motivo, vão sofrer, e muito, por causa da sua ingenuidade.

C.S

publicado por regalias às 16:54
link | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Abril 2021

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


.posts recentes

. Os mais vulneráveis não e...

. Recuperar o tempo perdido...

. O vírus e os os micróbios...

. Antes de se deitar dê uma...

. Um país inteiro envergonh...

. Vivemos num mundo de palh...

. A 9 de Abril de 1918 morr...

. Anarquia ou Democracia fo...

. Oiça o Portugalex e deixe...

. Cangalheiros continuam a ...

.arquivos

. Abril 2021

. Março 2021

. Fevereiro 2021

. Janeiro 2021

. Dezembro 2020

. Novembro 2020

. Outubro 2020

. Setembro 2020

. Agosto 2020

. Julho 2020

. Junho 2020

. Maio 2020

. Abril 2020

. Março 2020

. Fevereiro 2020

. Janeiro 2020

. Dezembro 2019

. Novembro 2019

. Outubro 2019

. Setembro 2019

. Agosto 2019

. Julho 2019

. Junho 2019

. Maio 2019

. Abril 2019

. Março 2019

. Fevereiro 2019

. Janeiro 2019

. Dezembro 2018

. Novembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Agosto 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

blogs SAPO

.subscrever feeds

Em destaque no SAPO Blogs
pub