Domingo, 30 de Maio de 2010

Manifestação de masoquistas

O surreal desta desgraçada vida portuguesa é que ainda há gente com pulmões e pernas para gritar o que lhe ordenam que grite depois de 36 de enganos, desilusões e miséria.

Os desgraçados são verdadeiros masoquistas ao insistirem em acreditar nos enganos, nas promessas fictícias de quem nunca as pode cumprir, mas que para garantir a gamela não se escusa de envenenar o pensamento de 200, 300 mil ou mais. O número de ignorantes continua em crescendo. Se com a barriga cheia recusavam o estudo, a aprendizagem, a ponderação, agora com a fome a bater-lhes nas costas, pensar, deixou de existir. Pensam, por eles, os pastores que conduzem estes borregos como bem entendem.

Foi o Partido Comunista e a sua central sindical que desde 1974 desgraçou o País.

Já o disse e irei repeti-lo até à exaustão: 99 por cento de portugueses aceitou naturalmente o Movimento dos capitães que mais não queriam que promoções asseguradas e dinheiro no bolso. Depois mudaram o desígnio para outro mais rentável: e o movimento foi para acabar com a Guerra Colonial que eles faziam, enfim, o rol é longo e já está explicado em várias publicações. O certo é que todos aceitaram a mudança que tinha tido a bênção de Marcello Caetano. Ele opôs-se firmemente a que a "Revolução" fosse jugulada.

Contrariamente ao que era suposto, ou seja, uma continuação de Governo sensato que recebia como herança 847 toneladas de ouro, cem milhões de contos em cofre, finanças fortes, economia em bom ritmo de desenvolvimento, orçamento equilibrado e contas em dia, os disparatados, insensatos e confusos "revolucionários" deixaram-se imediatamente enredar pelas manobras do sinistro Cunhal e por esta Central Sindical. Em poucos meses foi a destruição quase total da indústria, do comércio e da agricultura em nome de uma liberdade surrealista. Em 1976 já o país se encontrava à beira da bancarrota, em 1978 e 1983 idem. Agora estamos com um pé dentro e outro meio fora.

Os Governantes tiveram culpas? Tiveram, sem dúvida. Foram cobardes. Não travaram o disparate que ainda pode redundar em tragédia, mesmo estando espaldados pela União Europeia.

Os Governantes ainda não compreenderam que Democracia é uma coisa e que anarquia é outra bem diferente. Todos aceitaram a Democracia esperando que os Governos governassem a bem de todos. Isso não aconteceu por causa...dos comunas infiltrados em ministérios, escolas, sindicatos, grupos culturais e tudo onde possam destabilizar e impedir a governação. Eles sabem que só assim conseguirão sobreviver com os bons ordenados e os lugares de poleiro, mas de pouca visibilidade.

A manifestação de masoquistas, a que os sindicatos colocam os números que lhes vêm à cabeça, continuará por mais algum tempo. Mas que isto termina mal ninguém tem dúvidas. Os grandes culpados nem são os infelizes sindicalizados: os borregos das manifestações. O grande culpado é o Partidos Comunista e a sua correia de transmissão, que desde o 26 de Abril de 1974 até hoje não têm descansado na destruição de um País próspero e unido, num país onde a miséria e o desalento são a imagem do desencanto de uma "Revolução" que tudo destruiu e a ninguém beneficiou.

C.S

publicado por regalias às 10:27
link | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Abril 2021

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


.posts recentes

. Os mais vulneráveis não e...

. Recuperar o tempo perdido...

. O vírus e os os micróbios...

. Antes de se deitar dê uma...

. Um país inteiro envergonh...

. Vivemos num mundo de palh...

. A 9 de Abril de 1918 morr...

. Anarquia ou Democracia fo...

. Oiça o Portugalex e deixe...

. Cangalheiros continuam a ...

.arquivos

. Abril 2021

. Março 2021

. Fevereiro 2021

. Janeiro 2021

. Dezembro 2020

. Novembro 2020

. Outubro 2020

. Setembro 2020

. Agosto 2020

. Julho 2020

. Junho 2020

. Maio 2020

. Abril 2020

. Março 2020

. Fevereiro 2020

. Janeiro 2020

. Dezembro 2019

. Novembro 2019

. Outubro 2019

. Setembro 2019

. Agosto 2019

. Julho 2019

. Junho 2019

. Maio 2019

. Abril 2019

. Março 2019

. Fevereiro 2019

. Janeiro 2019

. Dezembro 2018

. Novembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Agosto 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

blogs SAPO

.subscrever feeds

Em destaque no SAPO Blogs
pub