Terça-feira, 15 de Junho de 2010

Salazar, cultura e pontapé

Bem tento resistir a não ser desagradável, mas como o posso fazer, se amo tanto Portugal e o vejo esboroar-se em cada dia que passa e em quase todos os quadrantes.

Da rádio e das televisões só oiço e vejo os noticiários além das peças que destilam sumo.

Preparei-me para ouvir o noticiário das 18 horas da Antena Um. Abri a Rádio às 18 menos sete minutos. Azar. O entrevistado era um futebolista que terminava os desabafos com um elogio a si próprio, mas que acrescentava: "eu já tenho ouvisto" etc. Logo para mais azar apareceu um locutor de segunda ordem, que está sempre pronto ao trabalho, mas que é um verdadeiro desastre. O homem deve ter muitas qualidades. Estar à frente ou perto dos micros é que é um perigo. Gosta de falar demasiado, a voz não ajuda, é confuso. Não tenho nada contra o senhor. Fujo dele a sete pés. Vi que o noticiário não aparecia. Tudo girava à volta da bola. O homem não desgrudava. Desgrudei eu. Pergunto, porque é que este "locutor" salta de umas horas para as outras? Porque não o reformam ou lhe arranjam um lugar como deputado? Posso garantir que ele é trabalhador e que tem vontade de dar o seu melhor. Infelizmente não tem queda.

A que propósito vem Salazar? Salazar recuperou todo o País, do caos em que a Primeira República o deixou, fomentando a cultura e levando as escolas aos mais recônditos lugarejos. Para obrigar os mais velhos a aprender a ler e a escrever aplicou vários métodos. Àqueles que queriam ser futebolistas, em clubes profissionalizados, só podiam jogar se prometessem estudar e tirar o exame da quarta classe.

O jovem futebolista que ouvi hoje pode aproveitar as Novas Oportunidades para tirar o nono e o décimo segundo ano. Vai fazê-lo com facilidade porque aí só tem de provar que é bom naquilo que faz, que é jogar à bola. Quanto a aprender a falar melhor e entender o prazer da escrita, pode ser que não adiante muito, mas vai, de certeza melhorar bastante e evitará assim andar ao pontapé nas palavras.

A culpa do que está a acontecer não é destes jovens. O Ministério da Educação andou anos aos baldões. Um dos Secretários de Estado teve o arrojo, de em plena Democracia, mandar queimar os livros da Colecção Educativa da Direcção-Geral do Ensino Primário. Um verdadeiro bárbaro! Um assassino da cultura! Foi o nosso holocausto.

Porque é que não digo o nome do jogador? Porque faço censura. Censuro a divulgação. Quem estiver interessado em saber vai ao Portal da "Antena Um". Penso que encontrará o que hoje se disse durante todo o dia. A censura, para o bem dos menos cultos é isto: não alimenta a coscuvilhice e a maledicência, nem amesquinha os visados.

C.S

 

publicado por regalias às 18:51
link | comentar | favorito
1 comentário:
De spielenschach1 a 12 de Agosto de 2010 às 14:58
Tenho "ouvisto".
Muita bem acertada CS. O homem não tem culpa. A culpa é do sistema.
Salazar transformou o caos da primeira República num oásis de paz e prosperidade. Pena é que não tivesse os trunfos que vieram depois. Tendo demonstrado ser um dos melhores estadistas de todos os tempos, estaríamos então a um nível de uma Suécia ou coisa assim.
Mas revoluções são revoluções. É claro que os republicanos eram necessários para fazer oposição e "atear a chama ao rabo" do governo para os fazer andar. só para isso. Porque depois foi o que se viu. Um retrocesso assinalável pago pelos desgraçados dos contribuintes que tinham deixar de comer para pagar impostos. Mas adiante, A revolução chamada dos "cravos", foi uma pseudo, mas não ficou atrás no que respeita a desorganização e marasmo.
E é a razão porque esse senhor vocacionado em dar pontapés à bola, por inércia, dá também pontapés na gramática.
Coitado, não tem culpa...


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Janeiro 2023

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
13


24
25
26
27
28

29
30
31


.posts recentes

. Portugal, País de marinhe...

. Acredito na inteligência ...

. Todos mandam, ninguém se ...

. “Liga” perde combate na c...

. Em 146 a.C destruíram Car...

. O fim da guerra com estro...

. Estupidez criminosa alime...

. Tanto quis ser pobre, que...

. Português -Russo, 145

. Português -Russo. 144

.arquivos

. Janeiro 2023

. Dezembro 2022

. Novembro 2022

. Outubro 2022

. Setembro 2022

. Agosto 2022

. Julho 2022

. Junho 2022

. Maio 2022

. Abril 2022

. Março 2022

. Fevereiro 2022

. Janeiro 2022

. Dezembro 2021

. Novembro 2021

. Outubro 2021

. Setembro 2021

. Agosto 2021

. Julho 2021

. Junho 2021

. Maio 2021

. Abril 2021

. Março 2021

. Fevereiro 2021

. Janeiro 2021

. Dezembro 2020

. Novembro 2020

. Outubro 2020

. Setembro 2020

. Agosto 2020

. Julho 2020

. Junho 2020

. Maio 2020

. Abril 2020

. Março 2020

. Fevereiro 2020

. Janeiro 2020

. Dezembro 2019

. Novembro 2019

. Outubro 2019

. Setembro 2019

. Agosto 2019

. Julho 2019

. Junho 2019

. Maio 2019

. Abril 2019

. Março 2019

. Fevereiro 2019

. Janeiro 2019

. Dezembro 2018

. Novembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Agosto 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

blogs SAPO

.subscrever feeds

Em destaque no SAPO Blogs
pub