Domingo, 28 de Novembro de 2010

O rancho e as sobras de comida

É incompreensível que nos finais de 2010 Portugal viva na miséria, quando em 1974 o país vivia um confortável desafogo e haviam sido resolvidos todos os problemas que a Primeira República tinha deixado. 

É tanto mais incompreensível quanto o mundo evoluiu de maneira excepcional a partir da década de 70 e a chamada Revolução de 74 tenha encontrado os cofres cheios, contas em dia no País e no estrangeiro, 847 toneladas de ouro e Portugal em franco progresso.

Aquilo que aconteceu só pode ser explicado por estupidez, destruição insensata dos meios produtivos e medo de governar com receio de ofender os autores dos desvios da sensatez. As palavras que usavam e abusavam era: "fascismo", "ditadura" e mais recentemente, "não é democrático". Com, o não é democrático, governantes e empresas ficam aterrados. Por causa desta paralisia mental chegamos ao estado em que o país se encontra. Está enterrado, até ao pescoço, na miséria que cresce, todos os dias, a um ritmo preocupante.

Desde a revolução dos militares que o país vive acima das suas possibilidades e do razoável. Tinha de dar mau resultado. Estamos no fundo.

Salazar encontrou Portugal muitíssimo pior e levantou-o com muito menores recursos do que temos hoje.

As novas tecnologias ultrapassam a imaginação. Usadas com saber e inteligência rapidamente criarão riqueza. Em vez de chorarmos sobre o leite derramado há que, cada um, tirar do pensamento as soluções em vez de esperar que o Estado resolva o que nós próprios podemos fazer. Julgo que o papel das Universidades pode ser relevante. É preciso não cruzar os braços e actuar imediatamente, antes que a agitação social, motivada pelas grandes carências, no topo das quais vem a fome, não comece a devastar aqueles que nada precisam e os roubos e outras delapidações não aconteçam.

A "Associação de Restaurantes, Hotelaria e Similares" vai lançar uma campanha, no próximo dia 10 de Dezembro, de molde a aproveitar as Sobras de Comida dos Restaurantes e Cantinas e outros lugares onde as sobras possam ser aproveitadas. A iniciativa é de apoiar.

Salazar não só aproveitou as cantinas existententes (sopa dos pobres), como criou as cantinas nas escolas. Em todos os Regimentos e Companhias militares passou a ser distribuído o "Rancho". Desta maneira abrandou a contestação popular e incentivou o povo a trabalhar e a tirar partido de todo o bocado de terra, que antes ficava inculto porque a fome arrasta consigo a incapacidade para o trabalho.

Em 2010, Portugal só se encontra nesta situação porque foram cometidos erros gravíssimos por malvadez, leviandade e ingratidão para com o passado recente.

Esqueçamos o mau com o muito de bom que também foi alcançado. Temos de transformar o que nos sobra no espevitar da inteligência. É nela que está toda a nossa riqueza. Concentremo-nos na contenção dos gastos que tenham repercussão nas contas pagas ao estrangeiro, trabalhemos em conjunto e mostremos a nós próprios e ao mundo que Portugal alberga, dentro de si, o melhor que existe no ser humano.

C.S

publicado por regalias às 10:41
link | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Janeiro 2023

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
13


24
25
26
27
28

29
30
31


.posts recentes

. Portugal, País de marinhe...

. Acredito na inteligência ...

. Todos mandam, ninguém se ...

. “Liga” perde combate na c...

. Em 146 a.C destruíram Car...

. O fim da guerra com estro...

. Estupidez criminosa alime...

. Tanto quis ser pobre, que...

. Português -Russo, 145

. Português -Russo. 144

.arquivos

. Janeiro 2023

. Dezembro 2022

. Novembro 2022

. Outubro 2022

. Setembro 2022

. Agosto 2022

. Julho 2022

. Junho 2022

. Maio 2022

. Abril 2022

. Março 2022

. Fevereiro 2022

. Janeiro 2022

. Dezembro 2021

. Novembro 2021

. Outubro 2021

. Setembro 2021

. Agosto 2021

. Julho 2021

. Junho 2021

. Maio 2021

. Abril 2021

. Março 2021

. Fevereiro 2021

. Janeiro 2021

. Dezembro 2020

. Novembro 2020

. Outubro 2020

. Setembro 2020

. Agosto 2020

. Julho 2020

. Junho 2020

. Maio 2020

. Abril 2020

. Março 2020

. Fevereiro 2020

. Janeiro 2020

. Dezembro 2019

. Novembro 2019

. Outubro 2019

. Setembro 2019

. Agosto 2019

. Julho 2019

. Junho 2019

. Maio 2019

. Abril 2019

. Março 2019

. Fevereiro 2019

. Janeiro 2019

. Dezembro 2018

. Novembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Agosto 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

blogs SAPO

.subscrever feeds

Em destaque no SAPO Blogs
pub