Segunda-feira, 17 de Janeiro de 2011

Alegres conversas de soalheiro

Devia antes dizer: alegres e disparatadas conversas de soalheiro, ou ficaria melhor afirmar: alegres ignorâncias e disparates de soalheiro espalhados ao vento?

Qualquer destes títulos serviria para quem da função que cabe ao Presidente da República aos costumes disse nada.

E passa este alegre semanas e semanas a perorar sobre o pé de Cavaco, as mãos de Cavaco, a nódoa nas calças de Cavaco, a agricultura de Cavaco, povo de onde Cavaco saiu. Falar das funções Presidenciais, seus deveres e obrigações é que ele não fala porque não sabe. É por isso que alegre desce ao chinelo apesar de sua excelência ter pergaminhos nobres, daqueles, do tipo que D. João I produziu para compensar a nobreza que se bandeou com Espanha. Este nobre, e esta nobreza é de penico. O homem não sobe e não sabe. É um cábula que vive de expedientes e mentiras, misturadas com um átomo de verdade.

A magistratura alegre seria a mesma de um ex-comunista, mas muito mais atrapalhada e perigosa porque não tem a noção do que diz e por isso não prevê as consequências dos erros. Viu-se isso perfeitamente no debate televisivo com Cavaco. O arrogante não conseguiu responder coerentemente fosse ao que fosse e contra atacar com lógica.

Alegre só é grande e gordo de corpo, ideias só aquelas que alguma amiga, encantada com a voz, toma o papagaio a sério. Sopra-lhe aos ouvidos e ele, com alguma dificuldade, decora e debita com a voz que lhe masturba o pensamento, o encanta e o desnorteia.

A voz é o único valor aceitável que ele tem, mas que, tal como Narciso, ao perder-se por causa da sua figura, assim a este lhe sucederá o mesmo. Voz sem verdade e inteligência é tiro de pólvora seca.

Alegre é um cábula que aprendeu a misturar um quilo de mentiras com um grama de verdade. Isso chega-lhe para palrar e fazer perder tempo aos inocentes que vão nas cantigas do demagogo.

Por estes motivos já não há tempo nem paciência para ouvir tanta asneira e tanto foguetório pago à custa do erário público e do suor do povo português.

C.S

publicado por regalias às 09:15
link | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Janeiro 2023

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
13


24
25
26
27
28

29
30
31


.posts recentes

. Portugal, País de marinhe...

. Acredito na inteligência ...

. Todos mandam, ninguém se ...

. “Liga” perde combate na c...

. Em 146 a.C destruíram Car...

. O fim da guerra com estro...

. Estupidez criminosa alime...

. Tanto quis ser pobre, que...

. Português -Russo, 145

. Português -Russo. 144

.arquivos

. Janeiro 2023

. Dezembro 2022

. Novembro 2022

. Outubro 2022

. Setembro 2022

. Agosto 2022

. Julho 2022

. Junho 2022

. Maio 2022

. Abril 2022

. Março 2022

. Fevereiro 2022

. Janeiro 2022

. Dezembro 2021

. Novembro 2021

. Outubro 2021

. Setembro 2021

. Agosto 2021

. Julho 2021

. Junho 2021

. Maio 2021

. Abril 2021

. Março 2021

. Fevereiro 2021

. Janeiro 2021

. Dezembro 2020

. Novembro 2020

. Outubro 2020

. Setembro 2020

. Agosto 2020

. Julho 2020

. Junho 2020

. Maio 2020

. Abril 2020

. Março 2020

. Fevereiro 2020

. Janeiro 2020

. Dezembro 2019

. Novembro 2019

. Outubro 2019

. Setembro 2019

. Agosto 2019

. Julho 2019

. Junho 2019

. Maio 2019

. Abril 2019

. Março 2019

. Fevereiro 2019

. Janeiro 2019

. Dezembro 2018

. Novembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Agosto 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

blogs SAPO

.subscrever feeds

Em destaque no SAPO Blogs
pub