Terça-feira, 21 de Junho de 2016

A derrota do homem é a morte. Por ódio faz a guerra

Este ser ambíguo que é o homem mata-se fazendo guerras por não poder vencer a morte a que está destinado ao nascer.

Por egoísmo ou por estupidez o homem é um semi falhado, triste e desorientado. Salvam-se as elites que através do estudo, que lhes aguçou a inteligência, a paciência e a crença num Espírito Superior que tudo desenhou para sublimar o ser humano e daqui, a uns irrisórios milhões de anos, os planetas sejam habitados só por seres generosos, os outros, destinados à morte e à podridão ou desaparecem de vez ou se transformam em cascalho.

Embora a minha grande preocupação seja Portugal, não consigo mais do que meter a cabeça na areia para não ser mais um a gritar contra aquilo que parece leviano.

O saber multidisciplinar é fundamental para compreender as diferentes vertentes políticas que, desde o económico, o financeiro e o social requerem especialização e conhecimento nas suas variadas perspetivas que hoje, para maior dificuldade, têm os cordéis em Bruxelas e dão aso a jogos de ilusionismo durante meses e a muitas deceções quando a verdade vem ao cimo.

Por este motivo desfaço o coração entre o ódio, o sofrimento e a morte que Bush, Obama, Cameron, Sarkozy semearam no Médio Oriente e no Norte de África.

As desculpas dos EUA para todas as canalhices que cometem são suportadas pelas elites de fancaria europeias. A falta de dignidade permite-lhes condenar uns e desculpar os outros por crimes semelhantes ou muitas vezes mais gravosos.

O Iraque depois da investida do George W. Bush tem sido uma terra mártir onde os loucos se juntaram aos loucos e os EUA, não sabendo o que vai gerar esta embrulhada, que desencadearam, vão aqui e ali em ajuda sem perceber bem o que estão a fazer.

Fallujah é uma cidade mártir do Iraque que, mesmo reconquistada aos homúnculos do Daesh, continua a sofrer com falta de água, comida, medicamentos.

Tudo isto provocado pela imbecilidade dos homens e a bestialidade do Estado Islâmico que, mais uma vez, queimaram vivas e dentro de jaulas, em Mossul, 16 mulheres Yazidi que recusaram ter sexo com os monstros deste califado de mentecaptos.

O Ocidente tem muita culpa no que sucede. Não pode vencer a morte que o aterroriza desde o nascimento, mas pode evitar a infâmia que o desumaniza.

 

Anterior “Pide. O medo e o respeito guardavam a vinha”

C.S

publicado por regalias às 06:22
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9

17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


.posts recentes

. No País dos loucos salvem...

. Profissionalismo, a admir...

. O ser humano comete erros...

. Não deixem morrer a exper...

. Direita e Esquerda domina...

. Aproveitem a ocasião: ins...

. Portugal, políticos, poli...

. Portugal nas mãos de Cost...

. Cavaco e os pindéricos co...

. Legislativas foram uma de...

.arquivos

. Outubro 2019

. Setembro 2019

. Agosto 2019

. Julho 2019

. Junho 2019

. Maio 2019

. Abril 2019

. Março 2019

. Fevereiro 2019

. Janeiro 2019

. Dezembro 2018

. Novembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Agosto 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

blogs SAPO

.subscrever feeds