Quarta-feira, 9 de Setembro de 2015

A esquerda portuguesa a nu e sem pudor e inteligência

Devo andar com pesadelos. Vi a Ana Gomes nua a barafustar com tudo e todos na Baixa Lisboeta, mas ninguém lhe passava cartão, julgo que por tresandar a suor, gordura e insuficiência naquilo que afirma.

De vez em quando ouvia indivíduos de raça negra gritarem-lhe: vai incendiar ódios para outro lado. Não afundaste os submarinos, queres afundar um país que não precisa de desestabilizadores!

Mais à frente vi outra que fazia sexo no meio da rua perante o olhar espantado de um garoto de sete anos que chamou um polícia porque estava um homem em cima de uma mulher e ela fazia caras esquisitas.

Já me perguntava se tinha entrado na casa dos horrores quando vejo numa revista uma raparigota nua com um mostrengo por trás e barriga deformada.

Distraído fui contra um idiota que me disse com má cara: “ó amigo, você não vê onde põe os butes?”

- Desculpe, devo estar doido. Não está a ver o que eu vejo?

“ Você é de onde? Desceu de outro planeta? Isto é o último grito socialista! Não sabe que nas eleições vale tudo!?”

O homem voltou-me as costas, irritado com a minha ignorância e pisadela.

Confuso encontrei-me em Paris no “Folies Bergère”. Lá estavam o Maurice Chevalier, a Mistinguett e a Josephine Baker. Que loucura, que suavidade, que graça as piadas do Chevalier e que pernas as de Josephine e as de Mistinguett!

Comecei a ter suores. Mistinguett não me saía do sonho e fui parar ao Moulin Rouge onde ela, provocante, cantava e encantava.

Atrevidote, lancei-lhe a mão, bati na mesinha de cabeceira e acordei mal disposto, desapontado e molhado. Abanei a cabeça, meti-me no banho, meio a dormir. Culpei-me dos sonhos, fruto de pensamentos que me preocupavam seriamente e em que o teatro de revista entrava no miolo e punha tudo a nu.

O tempo não é sério, pensei. Cada um faz o que quer, sem entender por que o faz. Animalidade irracional sem limites.

Os ares sopram da França libertina, percorrem todos os continentes.

A elegante e apetitosa Carla Bruni, mulher do Sarkozy, declara sem qualquer constrangimento que teve relações com trinta homens e capeia na Internet, completamente nua.

Mas é elegante! É bela e apetitosa! E as socialistas são desconjuntadas, sem graça, sem sentido político nem pedigree! Gritei! E ainda estaria a sonhar se a água da banheira não transbordasse e me acordasse.

C.S

publicado por regalias às 05:15
link | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Agosto 2022

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9

16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


.posts recentes

. Trabalho, calma e colocaç...

. Os loucos têm o freio nos...

. Português - Russo, 87

. O fogo e as Colónias Agrí...

. Salazar, o único, ou dos ...

. Ideias ultra-conservadora...

. Português - Russo, 86

. O Borboleta, as palavras ...

. Português - Russo, 85

. América e China, o beijo ...

.arquivos

. Agosto 2022

. Julho 2022

. Junho 2022

. Maio 2022

. Abril 2022

. Março 2022

. Fevereiro 2022

. Janeiro 2022

. Dezembro 2021

. Novembro 2021

. Outubro 2021

. Setembro 2021

. Agosto 2021

. Julho 2021

. Junho 2021

. Maio 2021

. Abril 2021

. Março 2021

. Fevereiro 2021

. Janeiro 2021

. Dezembro 2020

. Novembro 2020

. Outubro 2020

. Setembro 2020

. Agosto 2020

. Julho 2020

. Junho 2020

. Maio 2020

. Abril 2020

. Março 2020

. Fevereiro 2020

. Janeiro 2020

. Dezembro 2019

. Novembro 2019

. Outubro 2019

. Setembro 2019

. Agosto 2019

. Julho 2019

. Junho 2019

. Maio 2019

. Abril 2019

. Março 2019

. Fevereiro 2019

. Janeiro 2019

. Dezembro 2018

. Novembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Agosto 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

blogs SAPO

.subscrever feeds

Em destaque no SAPO Blogs
pub