Domingo, 31 de Dezembro de 2017

A sobrevivência do mundo está no entendimento

A Natureza tem enviado sinais desesperados.

A quantidade de catástrofes tem-se multiplicado a um ritmo alucinante.

Terramotos, cheias, glaciares que se deslocam com o tamanho de países, fogos que devoram as pessoas; ventos e ondas gigantes que engolem barcos e aviões sem deixar rasto, tudo acontece apesar do homem ter todos os instrumentos para evitar essas tragédias.

O homem que se afirma democrático, e por esse motivo tem de respeitar o outro homem através da liberdade e do entendimento, nega constantemente esses direitos e ataca ferozmente os mais fracos, matando e destruindo em vez de os compreender e ajudar.

Os hediondos massacres no Iraque, na Líbia e na Síria, para só citar as monstruosidades mais conhecidas, faz que a Natureza, enojada e revoltada com o comportamento humano, mostre com a sua força, que pode fazer o mesmo e de maneira muito mais rápida e cruel para com aqueles que, sistematicamente, infringem as leis naturais.

O ano de 2018 tem de ser o ano da reconciliação universal.

O ser humano que, quase atingiu os poderes do Deus desconhecido e criador, já ultrapassou o impossível e pode atingir o máximo de riqueza e de sucesso em todos os países do mundo.

Mas o homem tem-se portado como o maior predador do planeta. Teima em destruir selvática, democrática e paradoxalmente, em contradição com os seus nobres e apregoados projetos humanitários.

O ser humano tem de se entender consigo próprio e com a Natureza.

Chamem aquecimento global ou estupidez natural ao cataclismo que se avizinha, o homem ou acaba com as guerras de ensino e punição que mais não passam de esbulho, dor, morte e destruição, ou todos, fortes e fracos desaparecerão no meio de dores inenarráveis.

Se o homem não fizer entendimentos de paz e sabedoria utilizando Monitores interativos que a Internet alimenta e que permitem as conversas diretas, frontais, de olhos nos olhos, o homem vai ter um fim trágico a curto prazo e não a milhões de anos de vista.

É tempo de acabar com a miséria, a fome, o egoísmo, a pobreza e a guerra em todo o mundo.

Os EUA, a China e a Rússia têm a palavra e a solução.

 

Anterior “Fome e doenças podem exasperar a Venezuela”

C.S

publicado por regalias às 06:41
link do post | favorito
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9


21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


.posts recentes

. Incompetência ou falta de...

. Isto não é um mundo de ge...

. Esplendor de Portugal atr...

. Catalunha é mais poderosa...

. No País dos loucos salvem...

. Profissionalismo, a admir...

. O ser humano comete erros...

. Não deixem morrer a exper...

. Direita e Esquerda domina...

. Aproveitem a ocasião: ins...

.arquivos

. Outubro 2019

. Setembro 2019

. Agosto 2019

. Julho 2019

. Junho 2019

. Maio 2019

. Abril 2019

. Março 2019

. Fevereiro 2019

. Janeiro 2019

. Dezembro 2018

. Novembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Agosto 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

blogs SAPO

.subscrever feeds