Quinta-feira, 21 de Abril de 2016

Altos salários dos trabalhadores portugueses e a UE

Habituados a ganhar num dia o que os trabalhadores portugueses ganham num mês, os inefáveis plutocratas que vivem amesendados em Bruxelas ainda não perceberam que não podem matar um povo por inação.

O preço dos alimentos em Portugal é semelhante ou maior do que em Bruxelas ou Estrasburgo, mas os ordenados têm diferenças abissais.

Portugal sempre entrou em todos os Organismos Europeus. Quanto à entrada na CEE, Salazar e Caetano não se mostraram interessados por várias razões, mas principalmente por saber das graves consequências que poderiam advir para o país, a seguir à festa, aos foguetes e ao dinheiro oferecido, mas que seria pago com língua de palmo, como está a acontecer com imposições inaceitáveis como esta de diminuir salários quando eles já são tão baixos que não dão para viver.

Os da CEE, agora UE, utilizam a mesma prepotência tal como “Franklin D. Roosevelt usou com a Carta do Atlântico em 1941, como precondição para que os EUA apoiassem a guerra na Europa contra o Fascismo.” E “a promessa formal que todas as ex-colónias europeias teriam o direito à autodeterminação depois da 2ª Guerra Mundial”.

A entrada na CEE, apressada e mal negociada pelo Soares foi o corolário de duas bancarrotas mal curadas.

Desde então Portugal ficou com o pé no pescoço e, por mais que se espaneje, os da UE encontram sempre pó.

Diminuir o que já de si é diminuto, o salário mínimo, revela bem os braços onde o artista Mário Soares e todos os outros comparsas meteram o país.

Se não fosse dramático, eu que sou um saudosista do tempo simples, feliz livre e de progresso, estaria radiante por ouvir os galos cantar depois das cinco e meia da manhã e, por quase todos os quintais junto das casas, em vez de flores ver as alfaces, as cebolas, as ervilhas, favas e outros vegetais crescerem sombreados pelas laranjeiras.

Mas é com estas pequenas ajudas que os trabalhadores, com o alto salário mínimo, conseguem sobreviver.

Se a inteligência de Bruxelas não acredita, aproveite as férias de Verão para gozar em Portugal os ares do país, a afabilidade das pessoas, os banhos em praias de água amena, areia finíssima e vinho de estalo.

Se a UE quer ter o paraíso na parte mais ocidental da Europa não mate a galinha dos ovos de oiro.

 

Anterior “A ONU e a Oposição síria formada por criminosos”

C.S

publicado por regalias às 05:46
link | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Janeiro 2023

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
13


24
25
26
27
28

29
30
31


.posts recentes

. Portugal, País de marinhe...

. Acredito na inteligência ...

. Todos mandam, ninguém se ...

. “Liga” perde combate na c...

. Em 146 a.C destruíram Car...

. O fim da guerra com estro...

. Estupidez criminosa alime...

. Tanto quis ser pobre, que...

. Português -Russo, 145

. Português -Russo. 144

.arquivos

. Janeiro 2023

. Dezembro 2022

. Novembro 2022

. Outubro 2022

. Setembro 2022

. Agosto 2022

. Julho 2022

. Junho 2022

. Maio 2022

. Abril 2022

. Março 2022

. Fevereiro 2022

. Janeiro 2022

. Dezembro 2021

. Novembro 2021

. Outubro 2021

. Setembro 2021

. Agosto 2021

. Julho 2021

. Junho 2021

. Maio 2021

. Abril 2021

. Março 2021

. Fevereiro 2021

. Janeiro 2021

. Dezembro 2020

. Novembro 2020

. Outubro 2020

. Setembro 2020

. Agosto 2020

. Julho 2020

. Junho 2020

. Maio 2020

. Abril 2020

. Março 2020

. Fevereiro 2020

. Janeiro 2020

. Dezembro 2019

. Novembro 2019

. Outubro 2019

. Setembro 2019

. Agosto 2019

. Julho 2019

. Junho 2019

. Maio 2019

. Abril 2019

. Março 2019

. Fevereiro 2019

. Janeiro 2019

. Dezembro 2018

. Novembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Agosto 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

blogs SAPO

.subscrever feeds

Em destaque no SAPO Blogs
pub