Quinta-feira, 5 de Julho de 2018

Antena1 pode ajudar Portugal repetindo programas

A Comunicação Social podia ser, e nem sempre tem sido a inteligência, o norte e a força deste País.

Quem seguiu desde o 25 de Abril de 1974 tudo o que foi acontecendo ao longo destes 44 anos de loucura, inquietação, demagogia e alguns, poucos, momentos de lucidez e sensatez dos poderes públicos, admira-se como Portugal ainda continua a navegar.

A explicação está na força da história que guindou Portugal ao cume do mundo com a descoberta de dois terços do mundo desconhecido e o relacionamento, sempre paritário, com outros povos de etnias diferentes, algo que raramente ou nunca aconteceu com outros países da Europa.

Cunhal bem se esforçou por apagar a memória e a glória dos portugueses, classificando os antepassados de fascistas. D. Henrique era fascista, os navegadores eram fascistas, Camões era fascista. Só que mais forte que a estupidez e a maldade está a verdade da história.

Esta força e a pesada herança que suportou as delapidações de Vasco Gonçalves e a leviandade de Mário Soares, Otelo e outros inconscientes fizeram a vergonhosa e inacreditável Descolonização exemplar que semeou a morte nos países descolonizados de Angola, Moçambique e Guiné; só não arrasou Portugal porque a União Europeia lhe deitou a mão.

A descoberta das novas tecnologias e o avanço Global do mundo permitiu que este país avançasse, melhorasse condições de vida, mas não tem evitado que dois milhões e seiscentos mil pobres rastejem por não terem canais que os alertem para as possibilidades que têm à sua disposição para se saberem defender.

Como o Governo não aproveita todas as janelas para ensinar o povo e não incita os Órgãos de Comunicação Social a fazê-lo, a Antena1 pode dar uma ajuda. A Antena1 tem programas muito bons cuja repetição se aconselha para espevitar o interesse, a vontade e o estudo de quem os ouve.

Assim e durante as férias, os programas, para citar só os mais apelativos: “Ponto de Partida”, “90 segundos de Ciência”, “Vou ali já venho”, devem voltar a ser passados e publicitados para o ouvinte saber que é do seu interesse.

É certo que, segundo dizem, eles ficam na Internet; alguns ficam, mas outros, é tão difícil encontrá-los, que duvido lá terem sido colocados.

Apesar de aborrecido com tudo o que de desagradável tem acontecido a Portugal, o meu dever, esteja quem estiver no Governo, é dar o meu melhor para esse Governo ser excecional. Os beneficiários são sempre os mesmos: Portugal e o Povo Português.

 

Anterior “Médicos portugueses a caminho da Venezuela”

C.S

publicado por regalias às 06:34
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Novembro 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

14

20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


.posts recentes

. Paleio, só paleio, nada m...

. Touradas à portuguesa e t...

. Portugueses no Mundo, ama...

. Dois milhões e seiscentos...

. Portugal, país de atrasad...

. LGBT nas escolas e prosti...

. Lésbicas e lésbicos têm d...

. Sociais-fascistas do BE e...

. Exércitos perdidos no tem...

. Auditem-se Forças Armadas...

.arquivos

. Novembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Agosto 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

blogs SAPO

.subscrever feeds