Terça-feira, 12 de Outubro de 2021

Aproveite as oportunidades

O meu saudoso amigo Manuel da Silva Magalhães foi estudar para a Universidade de Coimbra com 20 escudos no bolso (10 cêntimos) e formou-se em Filologia Românica.

O Manuel insistia que os pobres são pobres porque não aproveitam as oportunidades.

Passados anos voltávamo-nos a encontrar, ele como professor na Escola Comercial e Industrial  Jácome Ratton e eu no Liceu Nacional de Tomar.

Passados sete ou oito meses mudou-se para trabalhar no Hotel dos Templários, onde o ordenado era maior.

O Manuel continuou sempre a privilegiar as oportunidades.

O ser humano ao nascer traz consigo uma fonte de riqueza na sua cabeça, com milhões de pensamentos e ideias que nunca o deveriam deixar cair na pobreza. Como?

Escrevendo.

Escrevendo por exemplo boas canções, não a zurrapa que agora aparece constantemente nas rádios e que as pessoas ouvem uma vez e não caiem na asneira de ouvir segunda.

E como se podem escrever boas canções? Primeiro, ouvindo as canções que imediatamente ficam no ouvido e depois, com um bom tema, fazer algo semelhante, mas diferente para ir sempre acertando à medida que ganha mais conhecimentos e saber.

O que gastou? Duas folhas de papel e pouca tinta de uma esferográfica ou então, umas horas à frente de um computador, para treinar e apresentar a obra aos amigos, ouvir opiniões (nunca discuta. Oiça, pense e decida) até chegar aos cantores ou aos editores e receber uma percentagem pelo seu trabalho.

Caso prefiram patrão e um trabalho braçal, há que procurar.

Com os livros de história, romances, obras cientificas, passa-se o mesmo. A nossa cabeça tem material infinito e rentável. Temos sempre histórias para contar, umas vividas, outras que outros viveram e outras que nós inventamos.

Jovens ou velhos têm de estar ocupados até à hora da morte para nunca entrarem em depressão, ficarem patetas e recusarem sempre  

a pobreza.

Coloque a máscara. Acredite em si. Nunca diga que não é capaz.

O Costa e o Marcelo têm mais um ano e três meses para mostrarem o que valem. Depois. os Reformados que ganhem menos de 500 Euros começam a sua campanha, sem nunca recorrerem às greves. Vão utilizar a cabeça e o saber.

Não Acreditam? Esperem para ver.

 

Anterior “O Mundo não é sonho, é realidade”

C.S

publicado por regalias às 08:04
link | comentar | favorito
1 comentário:
De Talamasca a 12 de Outubro de 2021 às 15:58
O incentivo é bom, mas nem toda a gente tem vocação para cantar.
Haver trabalho há o problema é que muitos dos empregos pagam mal e exploram as pessoas e muita gente não quer esses trabalhos.
O Governo só tinha uma coisa para baixar os desempregados, é os centros de desemprego mandarem as propostas para as pessoas, não querem, cortava-se logo os rendimentos.
E para enganar os reformando, toma-la um rebuçado de 10 euros. É como se diz no ditado "filhos de burro não podem ser doutores". O Costa não pode prometer exageradamente para não desiludir o povo


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Janeiro 2022

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9


23
24
25
26
27
28
29

30
31


.posts recentes

. Os portugueses e o que in...

. A fome e o frio metem a l...

. Ingovernável, Anarca e se...

. Depois das Eleições, o tr...

. O que nos interessa saber...

. A infâmia humana é superi...

. O bem público

. Dois galos na mesma capoe...

. Os mares estão doentes e ...

. "Visita Guiada" - CUF - A...

.arquivos

. Janeiro 2022

. Dezembro 2021

. Novembro 2021

. Outubro 2021

. Setembro 2021

. Agosto 2021

. Julho 2021

. Junho 2021

. Maio 2021

. Abril 2021

. Março 2021

. Fevereiro 2021

. Janeiro 2021

. Dezembro 2020

. Novembro 2020

. Outubro 2020

. Setembro 2020

. Agosto 2020

. Julho 2020

. Junho 2020

. Maio 2020

. Abril 2020

. Março 2020

. Fevereiro 2020

. Janeiro 2020

. Dezembro 2019

. Novembro 2019

. Outubro 2019

. Setembro 2019

. Agosto 2019

. Julho 2019

. Junho 2019

. Maio 2019

. Abril 2019

. Março 2019

. Fevereiro 2019

. Janeiro 2019

. Dezembro 2018

. Novembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Agosto 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

blogs SAPO

.subscrever feeds

Em destaque no SAPO Blogs
pub