Terça-feira, 23 de Maio de 2017

Barbas do vizinho a arder. As nossas estão de molho?

A liberdade, que sempre existiu durante o Estado Novo, acabou. Insistir no contrário quando os factos estão à vista de toda a gente é querer manter o erro e considerar burros, todos os que acreditam nas pantominas inventadas pelos comunistas-sociais fascistas, que durante o PREC quase destruíram Portugal.

Só há liberdade quando existe segurança. A prova está nos atentados, como este no Manchester Arena que vitimou 22 jovens e 59 estão feridos com gravidade.

Em vez de ficarem gratos às forças de segurança, PIDE, GNR, PSP, PJ, que lhes garantiram a paz, muitos portugueses incitados pela seita comunista, enxovalhou estas autoridades para que a autoridade soçobrasse e desse origem a tudo de mal quanto aconteceu.

No entanto, os comunistas continuam a tentar lançar as falhas para cima dos Governos, tal como fizeram há dois ou três dias quando falaram sobre a diminuição de passageiros no Metro. Só que esconderam que foram eles com as greves continuadas que fizeram que os passageiros procurassem alternativas.

A praga Comunista continua a viver no berço da estupidez, do engano e da ameaça, sem perceber que o fim da era dos acéfalos está a dar as últimas, eleição após eleição.

E poderia continuar a demonstrar todas as calamidades cometidas pelos energúmenos arregimentados ao vagão comunista se a ideia não fosse chamar a atenção para o terrorismo que mata a juventude, a sociedade e a liberdade.

Apesar de nada fazer prever um ataque destes em Portugal, todos temos de estar de sobreaviso, nunca facilitar e estar sempre prontos a colaborar com as autoridades, o que é complicado, mas tem que ser.

Os portugueses nunca foram bufos. A denúncia não lhe está nos genes, mas no momento terrível que a Europa está a viver, em parte por culpa dela própria por apoiar os ataques no Iraque, na Líbia e na Síria. Todos os povos europeus acabarão por lhes sofrer as consequências.

Portugal, como os outros países está sujeito a que um louco, seja influenciado pelos fanáticos e tente morrer como elogio à sua própria estupidez.

Ficar sem uma perna, um braço, cego ou morrer em louvor de uma qualquer religião não pode estar nos nossos propósitos.

Concordemos ou não uns com os outros, todos temos de estar unidos.

 

Anterior “Obesidade mental de comunistas desgraçou Portugal”

C.S

publicado por regalias às 12:00
link | favorito
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Março 2021

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


.posts recentes

. Centenário da maldição so...

. Gestão, desperdício e sof...

. Aeroportos sem aviões

. Venezuela e os benemérito...

. Nova vida em novo mundo

. Solidariedade ainda pode ...

. Passados dois mil anos, P...

. Aproveite o confinamento ...

. Emergência nas infraestru...

. Gato escaldado natalício ...

.arquivos

. Março 2021

. Fevereiro 2021

. Janeiro 2021

. Dezembro 2020

. Novembro 2020

. Outubro 2020

. Setembro 2020

. Agosto 2020

. Julho 2020

. Junho 2020

. Maio 2020

. Abril 2020

. Março 2020

. Fevereiro 2020

. Janeiro 2020

. Dezembro 2019

. Novembro 2019

. Outubro 2019

. Setembro 2019

. Agosto 2019

. Julho 2019

. Junho 2019

. Maio 2019

. Abril 2019

. Março 2019

. Fevereiro 2019

. Janeiro 2019

. Dezembro 2018

. Novembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Agosto 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

blogs SAPO

.subscrever feeds

Em destaque no SAPO Blogs
pub