Quarta-feira, 26 de Junho de 2019

Carlos César desmascara Comunistas e Bloquistas

Frontalmente e com uma serenidade notável, Carlos César, tem vindo a conquistar as simpatias dos portugueses.

Ao princípio, olhado com desconfiança pela maneira inteligente e um pouco cáustica como enfrentava os problemas que o Governo tentava adoçar, Carlos César sempre viu que o caminho não podia ser o das facilidades.

Os parceiros esquerdistas do Partido Comunista, o pindérico PEV e o Bloco de Esquerda foram-se assenhorando do trabalho do Partido Socialista.

Com tal eficácia que as meninas do Bloco conseguiram passar por virgens puras e inocentes ao pescarem na casa governamental.

O Centeno não ligou muito ao assunto e continuou a fazer o seu trabalho. É o Costa que tem de saber dirigir a nau e, se ela for ao fundo, qual a maneira dele se descartar de um país com algumas centenas de funâmbulos que o enrolam com ameaças, e tomando como seus os poucos êxitos, mas são alguns, alcançados pelo Partido Socialista e a fuga ao descrédito Nacional e Internacional.

Pelo meio, de vez em quando o Carlos César dava um safanão. As sabidas raparigas e o Jerónimo baixavam os decibéis, faziam que não tinham ouvido. Com o César nem a dialética de umas, nem a defesa dos trabalhadores, sempre prejudicados pelos caminhos da extrema-esquerda, com a promessa que um dia é que é, se atreviam a enfrentar César. Este não se inibe, tal como agora fez, de os desnudar de alto-a-baixo.

Carlos César tem direito a pertencer ao próximo Governo. Ele oferece confiança e segurança num país onde ainda não se definiu uma estratégia para Governar.

Quando sabemos o que aconteceu no PREC e conhecemos todos os erros e crimes cometidos, ninguém acredita em ninguém e bem podem vir elogios do estrangeiro que passam em branco.

É certo que ficamos contentes com Michell Bachelet, a Alta Comissária da ONU para os Direitos Humanos, que elogia a maneira como Portugal recebe e trata os refugiados, mas isso só é feito porque o Governo tem o suporte de Bruxelas e espaço para os receber.

Abriu-se mais uma janela de esperança com Carlos César.

No meu espírito vou juntando aqueles que ainda podem salvar Portugal:

António Costa, Centeno, Carlos César e Marcelo. Espero que nenhum deles saia furado.

 

Anterior “Ciganos são os únicos seres livres em todo o mundo”

C.S

publicado por regalias às 06:17
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9


21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


.posts recentes

. Incompetência ou falta de...

. Isto não é um mundo de ge...

. Esplendor de Portugal atr...

. Catalunha é mais poderosa...

. No País dos loucos salvem...

. Profissionalismo, a admir...

. O ser humano comete erros...

. Não deixem morrer a exper...

. Direita e Esquerda domina...

. Aproveitem a ocasião: ins...

.arquivos

. Outubro 2019

. Setembro 2019

. Agosto 2019

. Julho 2019

. Junho 2019

. Maio 2019

. Abril 2019

. Março 2019

. Fevereiro 2019

. Janeiro 2019

. Dezembro 2018

. Novembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Agosto 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

blogs SAPO

.subscrever feeds