Sábado, 14 de Março de 2020

Cunhal e Obama foram muito piores que o Corona

Ao ouvir na Antena1 os “Números sem Espinhas” continuo a pensar que vale tudo para ganhar dinheiro fácil em crónicas de meia tigela que têm de ser comentadas para melhorarem ou acabarem. As vítimas são os néscios que ali debicam.

Os vírus Cunhal e Obama destruíram povos.

O Partido comunista, que a mais jovem das comentadoras diz ter um papel importante, fala do entulho (expressão minha e de desprezo) sacrificado e a sua admiração pelas pessoas que o compunham. Fala mais com o coração do que de ciência certa.

Fui a países comunistas. Gostei pela organização, pelo respeito e pela limpeza. O medo era geral. Aquela ordem tinha sido conquistada pelo abate de mais de cinquenta milhões de pessoas. Quando o trabalho tinha sido feito e a obra parecia acabada e dali para a frente tudo seria leite e mel. O muro caiu, o comunismo ruiu.

Em Portugal, o canalha Cunhal só não destruiu Portugal porque felizmente era um cobarde. Na Assembleia da República, disse.lhe em Plenário, cara a cara que a diferença entre ele e Al Capone não era nenhuma.

O desgraçado era um frustrado arrogante que foi aplaudido por videirinhos e gente ignara.

Analise-se o Vírus Barreirinhas Cunhal desde que entrou em Portugal. Quem ama o País verificará, sem dificuldade, tudo o que este monstro fez pelo País que o viu nascer.

Primeiro espalha a ofensa, o caos e a libertinagem, a seguir ocupa o poder, colocando em Primeiro Ministro o Comunista Vasco Gonçalves, a seguir começa uma destruição metódica, bajulando militares, destruindo o tecido industrial, ocupando mais de um milhão de terras, incendiando a Embaixada de Espanha, fazendo ocupação de casas, cercando comícios e até o Parlamento.

O sujeito escondia sempre a mão, que apontava os desaforos, até que o 25 de Novembro o desmascarou, mas não eliminou. Portugal, que era um País próspero e com uma das moedas mais fortes do mundo esteve várias vezes na bancarrota.

Costa e Centeno resolveram por fim a este Vírus centenário; apareceu o Corona para complicar a tarefa, mas já antes tinha aparecido o Obama. E só aparece aqui porque ainda não compreendi como é que este animal continua a ser louvado pela inteligência e não repudiado pela sua malvadez.

Obama destruiu uma Líbia próspera e feliz sem qualquer razão. Este infame abriu as portas aos milhões de vírus que já invadiram a Europa. Quase outros tantos estão na Turquia à espera de ordem para avançar.

Cunhal e Obama não têm perdão.

 

Anterior “O jovem e competente Ministro da Educação”

C.S

publicado por regalias às 09:38
link | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Abril 2021

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


.posts recentes

. Os mais vulneráveis não e...

. Recuperar o tempo perdido...

. O vírus e os os micróbios...

. Antes de se deitar dê uma...

. Um país inteiro envergonh...

. Vivemos num mundo de palh...

. A 9 de Abril de 1918 morr...

. Anarquia ou Democracia fo...

. Oiça o Portugalex e deixe...

. Cangalheiros continuam a ...

.arquivos

. Abril 2021

. Março 2021

. Fevereiro 2021

. Janeiro 2021

. Dezembro 2020

. Novembro 2020

. Outubro 2020

. Setembro 2020

. Agosto 2020

. Julho 2020

. Junho 2020

. Maio 2020

. Abril 2020

. Março 2020

. Fevereiro 2020

. Janeiro 2020

. Dezembro 2019

. Novembro 2019

. Outubro 2019

. Setembro 2019

. Agosto 2019

. Julho 2019

. Junho 2019

. Maio 2019

. Abril 2019

. Março 2019

. Fevereiro 2019

. Janeiro 2019

. Dezembro 2018

. Novembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Agosto 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

blogs SAPO

.subscrever feeds

Em destaque no SAPO Blogs
pub