Sexta-feira, 27 de Novembro de 2015

Depois de 41 anos de boa-vida é tempo de trabalhar

António Costa, homem de sorte e de maneirismos complicados, tem todas as possibilidades de revolucionar o país e tirá-lo do atoleiro apático e mental em que se encontra.

Quarenta e um anos de boa-vida, cheia de sobressaltos, é o tempo suficiente para todos compreenderem que sem trabalho não há milagres.

Portugal tem todos os requisitos para atrair as sedes das grandes companhias mundiais que, num país seguro, com um clima temperado quente, uma comida e vinhos capazes de seduzir os mais exigentes gastrónomos, aqui encontrarão o lugar ideal para através das tecnologias de informação comunicarem com o mundo inteiro.

Saber aproveitar o que sempre tem sido só aflorado pela rama é uma das muitas mais-valias que o Costa tem à sua disposição.

Os outros aspetos que têm de ser recuperados e desenvolvidos vão desde Campos de ensino para estudantes estrangeiros de todas as nacionalidades e que também encontram aqui as condições supra mencionadas e podem ser o alfobre, juntamente com os estudantes portugueses, para garantir às indústrias aqui instaladas a mão-de-obra e o conhecimento de que necessitam.

É também fundamental rentabilizar os campos agrícolas, muitos de pousio há décadas e que são fundamentais para evitar importações que envergonham o mais preguiçoso e inconsciente. Chegámos ao ponto de importar alhos da China! Ninguém acredita. Eu próprio vi a sua origem e é fácil confirmar a veracidade da afirmação.

O mar deixou também de ser lavrado. Deixou de produzir e importamos pescado quando o peixe foge para as nossas costas onde se sente mais seguro e os nossos pescadores o deixam livre de cuidados.

O Costa tem o campo aberto para conseguir ser o salvador da Pátria já que, com mestria, graça e inteligência conseguiu transformar uma derrota numa vitória. Quem conseguiu esse feito pode atingir as metas do impossível.

Ao falar de metas, os nossos atletas são outro múnus a explorar. Os grandes futebolistas, os grandes treinadores, os grandes canoístas, os maiores no atletismo mundial podem aqui continuar a ser formados e rentabilizar Portugal em orgulho e no campo financeiro.

Tem ainda o Costa os escritores, os poetas e os cantores. Incite-os a ser os melhores e verá que Portugal passará rapidamente de um país triste e apagado, a um País desejado e apoiado por todo o mundo.

 

Anterior “A Europa é governada por frouxos invertebrados”

C.S

publicado por regalias às 06:37
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9

15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


.posts recentes

. O ser humano comete erros...

. Não deixem morrer a exper...

. Direita e Esquerda domina...

. Aproveitem a ocasião: ins...

. Portugal, políticos, poli...

. Portugal nas mãos de Cost...

. Cavaco e os pindéricos co...

. Legislativas foram uma de...

. Diarreia mental de batráq...

. Votação, Câmaras, competê...

.arquivos

. Outubro 2019

. Setembro 2019

. Agosto 2019

. Julho 2019

. Junho 2019

. Maio 2019

. Abril 2019

. Março 2019

. Fevereiro 2019

. Janeiro 2019

. Dezembro 2018

. Novembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Agosto 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

blogs SAPO

.subscrever feeds